Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Sines como hub para a logística global no webinar «Portugal - Singapura Business Forum»

O CEO da aicep Global Parques, Filipe Costa, integrou o painel subordinado ao tema Spotlight on Digital Solutions for Port & Trade Logistics no webinar "Portugal - Singapura Business Forum", que marcou os 40 anos de relações diplomáticas entre os dois países.

A aicep Global Parques, gestora da ZILS – Zona Industrial e Logística de Sines, apresentou as características e valências do Porto de Sines e da ZAL Sines - Zona de Atividades Logísticas da ZILS, como hub global para carga marítima contentorizada e de granéis sólidos.

2ª Reunião de Seguimento da XXXI Cimeira Luso-Espanhola sobre Ligações Transfronteiriças Ferroviárias

O Secretário de Estado das Infraestruturas de Portugal, Jorge Moreno Delgado, e o Secretário de Estado dos Transportes Mobilidade e Agenda Urbana de Espanha, Pedro Saura Garcia reuniram por videoconferência na quarta-feira, dia 17 de fevereiro, para fazer um ponto de situação das ligações ferroviárias entre os dois países e coordenar as ações para o seu desenvolvimento.

Este é o segundo encontro bilateral que mantêm para dar seguimento aos acordos adotados na XXXI Cimeira Luso-Espanhola, ocorrida na Guarda em outubro de 2020. A primeira reunião, que teve lugar no dia 20 de Janeiro, centrou-se no transporte e infraestruturas rodoviárias.

Navegação no Douro retomada em determinados troços da via fluvial

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), após a verificação de melhorias hidrológicas e dos níveis dos caudais, restabeleceu a navegação nos seguintes troços da via fluvial do Douro: estuário desde o quilómetro 0 até à Ponte D. Luís I; albufeiras de Carrapatelo, da Régua, da Valeira e do Pocinho.

Lars Jansen (Sea Intelligence) analisa Shipping contentorizado:

«Mercado está desequilibrado»

Em declarações ao jornal espanhol ‘La Vanguardia‘, Lars Jansen, especialista da área do Shipping de contentores e integrante da consultora marítima Sea Intelligence, vincou que, actualmente, o mercado prossegue «desequilibrado». Haverá fim à vista para a crise? Por agora, nem por isso.

Projecto Space2Waves lança programa de internacionalização para PMEs Europeias

O Programa de Internacionalização do Space2Waves apoiará 30 PMEs europeias que utilizam tecnologias inovadoras de observação da Terra para o desenvolvimento de soluções aplicáveis à área do Mar, em setores como Pesca, Aquacultura, Vigilância, Alterações Climáticas, Infraestruturas Portuárias ou Transporte Marítimo.

PORTO DE SETÚBAL

Cais 3 recebe Centro de Vacinação Covid19

O Porto de Setúbal associa-se ao Município, no âmbito do Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil, e cede o Cais 3 para a instalação de um Centro de Vacinação Covid19, que funcionará durante um ano, dando resposta ao Plano Nacional de Vacinação junto da população da região.

A iniciativa, levada a cabo em parceria com a Câmara Municipal de Setúbal, representa importante reforço na resposta de apoio à pandemia e vem na continuidade das ações já realizadas com o objetivo de ajudar a controlar a atual situação causada pela COVID 19.

A 23 DE FEVEREIRO

Workshop - BLUE CROWDFUNDING

O projecto BLUE CROWDFUNDING, financiado no âmbito do programa de Cooperação Territorial INTERREG MED, surge da consciência de que a inovação da economia azul na área do mediterrâneo pode ser significativamente melhorada caso haja disponibilidade de mais fundos de investimento, considerando como uma das possíveis soluções o crowdfunding.
Neste contexto vai ter lugar, no 23 de fevereiro de 2021, um workshop subordinado ao tema “Crowdfunding - Recursos, ferramentas e boas práticas". O evento decorrerá online via plataforma Zoom.

Sherpa do Mar disponibiliza benchmarking de inovação personalizado a empresas da área do Mar

As PME da Eurorregião Galiza - Norte de Portugal, cuja atividade seja de âmbito marinho-marítimo, podem solicitar um diagnóstico de benchmarking personalizado através do website do projeto Sherpa do Mar até ao dia 19 de fevereiro. O diagnóstico permitirá conhecer níveis de competitividade, potenciais de melhoria e necessidades de inovação.

O projeto Sherpa do Mar é cofinanciado pelo Programa POCTEP.

Novo sistema antecipará avarias na ponte móvel de Leixões

A ponte móvel de Leixões, que liga Leça da Palmeira a Matosinhos, vai ter sensores que permitirão antecipar avarias e planear intervenções de manutenção. O sistema de monitorização está a ser desenvolvido pelo INEGI, que coordena o grupo de trabalho criado para identificar e estudar também as principais causas das anomalias prematuras entretanto ocorridas.

Jovens desempregados de Quarteira aprendem carpintaria náutica

Consciente da crescente importância do mar e das dinâmicas económicas a ele associadas, e atenta ao aumento do desemprego juvenil, a Fundação António Aleixo possui desde outubro de 2020 o Projeto Inovação Social Oficina Marvivo (OMaVi).

Este é um projeto financiado pelo Fundo de Inovação Social Portugal 2020 (com duração de 26 meses), que visa implementar uma experiência piloto no combate à problemática do desemprego jovem na freguesia de Quarteira, através de um conjunto de ações de capacitação social, tendo como veículo de integração a carpintaria náutica no Porto de Pescas de Quarteira.

PORTUGAL

Líder de exportação da Estremadura com portos de Sines e de Setúbal cada vez mais na equação

A ligação comercial entre a Estremadura e o território português é, cada vez mais, um laço consolidado de mutualismo e interdependência: as trocas comerciais são, actualmente, uma realidade sólida sustentada nos números – a proeminência das exportações agro-alimentares da Estremadura e o papel de charneira que Portugal tem tido nesse (crescente) contexto, seja em termos de importação como de exportação. Sendo mercado líder na exportação estremenha, Portugal terá, na materialização de maior conectividade férrea (e logística), uma oportunidade de avolumar esse peso e de adensar a quota de movimentação portuária de infra-estruturas como Sines, Setúbal ou Lisboa.

Porto de Aveiro apoia operadores afectados pela pandemia

O Porto de Aveiro decidiu apoiar os operadores que enfrentam dificuldades devido ao impacto na economia global da pandemia de Covid-19.

As medidas anunciadas “têm presente que as administrações portuárias são um importante fator de desenvolvimento da economia local, regional e nacional”.

NUNO ARAÚJO:

Queremos colocar Viana na rede principal dos portos europeus

O porto de mar de Viana do Castelo vai ganhar um novo fôlego com a conclusão dos novos acessos rodoviários e com os investimentos nos estaleiros que permitirão a chegada de navios de maior porte. O presidente da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) afirmou que há objetivos ambiciosos para o porto de Viana, nomeadamente, colocá-lo no mapa dos maiores portos europeus. A aposta na indústria naval e em energias renováveis são dois pilares para o desenvolvimento do porto.

Mercado grego tem vindo a manifestar interesse crescente pela bandeira portuguesa

O mercado grego tem vindo a manifestar um «interesse crescente» pela bandeira Portuguesa, relatou, à Revista Cargo, a EISAP – European International Shipowners Association of Portugal após ter anunciado a entrada de dois novos associados internacionais: a Langh Ship Oy Ab (armador de origem Finlandesa) e da Blue Planet Shipping (companhia gestora de origem Grega).

A entrada destes associados é um «marco importante» que espelha o «crescente interesse» de índole internacional que tem vindo a ser manifestado pela bandeira Portuguesa, declarou Nuno Mendão (na foto), Secretário-Geral da associação – que representa os interesses dos armadores nacionais e internacionais com navios a arvorar a bandeira lusa, designadamente aqueles que estão registados no MAR – ao reagir a este desenvolvimento.

Navio hidrográfico Almirante Gago Coutinho regressou a Lisboa

Após mês e meio empenhado na Iniciativa Mar Aberto, o navio hidro-oceanográfico regressou este sábado à Base Naval de Lisboa.

Durante a missão, o navio desenvolveu um conjunto de atividades com Cabo Verde, especial enfoque nas capacidades científicas do navio, nomeadamente, o lançamento de boias derivantes em cooperação com o Global Drifter Program-NOAA, a colheita de amostras de água para análise de microplásticos no âmbito do projeto “Volta ao Mundo Sagres 2020-FA”. Realizou, ainda, levantamentos hidrográficos em diversos pontos de interesse do arquipélago, tendo em vista a atualização do fólio cartográfico daquela área, e a recolha de material científico para diversos estudos no âmbito da hidrografia.

Navio-tanque Amazonite deixou o Porto de Aveiro rumo aos estaleiros de Viana do Castelo

Após duas semanas em cais para avaliação do seu estado, o navio-tanque Amazonite saiu, às 6:30 horas da manhã de Domingo (dia 7 de Fevereiro), do Porto de Aveiro, com destino aos Estaleiros de Viana do Castelo. A saída decorreu com toda a segurança e contou com a intervenção dos serviços de pilotagem, da APA,S.A., dos rebocadores da Tinita e da Polícia Marítima.

MINISTÉRIO DO MAR:

Portugal não pesca em águas do Reino Unido pelo que não há lugar a compensação por perdas

O mecanismo de compensação dos efeitos do Brexit proposto pela Comissão Europeia prevê apoiar o sector português das pescas com 3 euros em 2021, avançou o Jornal de Negócios. Mas uma nota informativa do Ministério do Mar garante que “Portugal não pesca em águas do Reino Unido pelo que não há lugar a compensação por perdas”.

COM ÁUDIO

Parque eólico flutuante ao largo de Viana atinge produção 45% acima do esperado

Ao fim de seis meses de atividade, o parque eólico flutuante, instalado no mar, ao largo de Viana do Castelo, está em plena produção e preparado para produzir por ano o equivalente a abastecer com energia limpa 60 mil casas.

Até agora as três turbinas do Windfloat Atlantic, localizadas a cerca de 20 km da costa, "já produziram cerca de 40GWh de energia limpa, que foi injetada na rede nacional". Fonte oficial da Windplus, o consórcio de que fazem parte a EDP Renováveis, a Engie, a Repsol e a Principle Power, informou que o parque "produz em média 7,5 GWh por mês e que em vários meses, no último meio ano, chegou mesmo a atingir uma taxa de produção de 45%, acima das expetativas para aquela tecnologia implementada em alto mar".

No Terminal de Contentores de Alcântara

Yilport completou implementação do N4 TOS da Navis

A Yilport anunciou ter concretizado novo progresso importante na implementação do software Terminal Operating System (TOS), da Navis, nas suas operações na Península Ibérica: a operadora turca revelou que sua operação no Terminal de Contentores de Alcântara, no Porto de Lisboa, passa agora a funcionar com recurso ao software da Navis. «A Yilport Liscont [gestora da infra-estrutura] tornou-se o segundo terminal em Portugal e o quarto na Península Ibérica a implementar o N4 TOS», reportou a holding, que detém forte presença em Portugal.

Interdição de Navegação no Douro devido às condições meteorológicas

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo suspende a navegação, motorizada ou não motorizada, em toda a extensão da Via Navegável do Douro e apela ao reforço das amarrações das embarcações/navios. As medidas implementadas decorrem das condições meteorológicas registadas e dos elevados caudais do rio que potenciam a movimentação de material flutuante ao longo do curso fluvial.

A APDL reforça ainda que a Capitania do Douro colocou toda a extensão do rio em aviso laranja, prevendo um agravamento da situação nos próximos dias.

Total: 5165
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 [19] 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259