Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Ilhavenses desafiados a tricotar «Entrelinhas» de memórias da «faina maior»

O objectivo é a construção de um dóri em crochet, que será apresentado como instalação artística no Museu Marítimo de Ílhavo a 6 de agosto, pelo aniversário do museu. Um projecto de comunidade que homenageia as mulheres que ficavam em terra durante as ausências dos maridos pescadores.

Gares marítimas do Porto de Lisboa seleccionadas pelo World Monuments Fund

APL garante painéis de Almada Negreiros na lista dos 25 monumentos icónicos mundiais

As Gares Marítimas de Alcântara e Rocha do Conde d’Óbidos foram seleccionadas pelo programa Watch 2022, do World Monuments Fund (WMF), como um dos 25 lugares com importância cultural extraordinária, que enfrentam desafios globais e requerem uma preservação urgente e vital para as comunidades locais. A selecção do projecto português, apresentado pelo Porto de Lisboa, atesta o alcance mundial do seu valor histórico e artístico.

Faro recebe o Scianema: festival de cinema dedicado aos Oceanos e sua protecção

O cinema ao serviço dos oceanos. A Scianema, ONG portuguesa de conservação marinha, acredita que sensibilizar é meio caminho para a protecção. E não baixar os braços também. O festival decorre até 5 de março, em Faro.

2022

O concurso das sardinhas está de volta, para celebrar as Festas de Lisboa e o Parque Mayer

Já estão abertas as candidaturas para a 12.ª edição do concurso que premeia as melhores sardinhas das Festas de Lisboa. Podem participar portugueses e estrangeiros, individualmente ou em co-autoria, de todas as idades, até ao dia 4 de Abril — há 1500 euros para os vencedores.

VIAJANDO PELA HISTÓRIA

23 de Fevereiro de 1987 - Morte de Zeca Afonso

A 23 de Fevereiro de 1987 faleceu José Afonso, cantor e compositor que incluiu, com belas canções, o mar no seu reportório. Assinalamos a efeméride com a difusão desta newsletter temática.

MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO - ATÉ 31 DE DEZEMBRO

Exposição «Cândido Teles: uma vida em Viagem»

A exposição biográfica marca o centenário do nascimento do artista ilhavense Cândido Teles. Percorrendo momentos da sua vida e obra, permite-nos desvendar como as viagens, impostas pela vida profissional, o influenciaram na definição do seu estilo próprio, num percurso de auto-conhecimento que o traz de regresso às suas origens, em Ílhavo.

MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO - ATÉ 31 DE DEZEMBRO

Exposição «Mar de Portugal», de Nuno Vasco Rodrigues

Através de 12 imagens da autoria do fotógrafo e biólogo marinho Nuno Vasco Rodrigues, o Museu apresenta o “Mar de Portugal” uma exposição que pretende desvendar a subtileza dos habitats marinhos e a beleza da diversidade biológica do mar que nos rodeia. Esta exposição marca a abertura do Espaço Oceanos, que será o local de eleição para celebrar os oceanos e promover debates em torno das crescentes ameaças que enfrentam atualmente.

NO MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO

Exposição de fotografia «Atlântico», de Hélder Luís

“Atlântico” é trabalho de fotografia documental da autoria de Hélder Luís, que "aborda o mar como espaço para a exploração, a descoberta e a transformação pessoal e, finalmente, como um lugar para a interação humana a bordo de um barco: um pedaço de espaço flutuante, um lugar sem lugar, que existe por si só, que está fechado sobre si próprio, mas que ao mesmo tempo é abandonado à infinitude, ao longo de duas viagens com o Oceano Atlântico como pano de fundo".

ESTA SEXTA-FEIRA, DIA 26, NO MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO

Terra Nova, de Artur Ribeiro

Terra Nova é baseado na obra "O Lugre", de Bernardo Santareno, e conta a história do lugre bacalhoeiro Terra Nova, quando num mau ano de pesca, o capitão decide arriscar numa rota nunca antes navegada até à Gronelândia.
No centenário do nascimento de Bernardo Santareno, que se celebra este ano, a proposta deste filme é trazer para o grande ecrã o que poderá ser considerada a última epopeia trágico-marítima de Portugal. Todavia, este não é um documentário sobre a pesca do bacalhau: é um drama humano.
 

ESTA SEXTA-FEIRA, DIA 15

Porto de Lisboa apoia ciclo de palestras sobre Almada Negreiros

Esta sexta-feira, dia 15 de outubro, realiza-se a quarta de um ciclo de nove palestras mensais dedicadas à vida artística e obras de pintura mural de Almada Negreiros, uma iniciativa que será transmitida gratuitamente pela Internet e conta com o apoio da Administração do Porto de Lisboa (APL).

Um ciclo sobre a vida e obra de Almada inclui seis palestras a realizar em 2021 e três palestras em 2022 (6+3), sempre às 17h00 (GMT), via ZOOM, que decorrem no âmbito do Projeto “ALMADA NEGREIROS - O desvendar da Arte da Pintura Mural de Almada Negreiros (1938-1956)”.

MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO | 25 DE SETEMBRO

Visita: Cândido Teles - a Costa Nova como (quase) nunca a viste

Ver a Costa Nova como (quase) nunca a viste - é este o desafio da próxima visita "Sentidos de Mar", um percurso pedestre pela praia ilhavense, com o pensamento na obra do pintor e escultor Cândido Teles. O passeio leva-nos a cenários tão díspares, desde o palheiro mais antigo da Costa Nova até ao recente Cais Criativo, passando tanto pelas famosas casas de riscas, usadas como habitação de férias, como pela zona de residência de pescadores, mais a sul.

Bauhaus do Mar chega a Veneza para pôr a Europa a bordo de uma ideia

Depois de lançar a ideia em Portugal, o Bauhaus do Mar estende-se a Itália para entrar em velocidade de cruzeiro. No início de 2021, a Comissão Europeia lançou o Novo Bauhaus Europeu, um movimento para aliar a transição climática à cultural. Logo surgiu em Portugal um grupo de trabalho que quer adaptar essa ideia ao mar, tomando as artes como ponto de partida. Este projecto teve o seu primeiro momento numa conferência no Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia, em Lisboa, em Maio. Veneza subiu a bordo e segunda-feira começou uma conferência que é organizada pela universidade e pelo município da cidade italiana e que conta com académicos e responsáveis políticos locais, portugueses e europeus.

ESTA SEGUNDA-FEIRA, NO COLISEU DO PORTO

Os Músicos do Tejo e Eduardo Paniagua | «500 anos da viagem de Magalhães»

Esta segunda-feira, às 21 horas, o Coliseu Porto Ageas recebe o concerto comemorativo dos 500 anos da primeira viagem de circum-navegação. Um concerto que junta em palco os portugueses Os Músicos do Tejo e os espanhóis Música Antigua numa aventura musical, com a direção musical d’ Os Músicos do Tejo e de Eduardo Paniagua, músico e mestre em música antiga medieval. Este concerto conta ainda com a participação do fadista Marco Oliveira.

Porto de Lisboa apoia ciclo de palestras sobre Almada Negreiros

Sexta-feira, dia 17 de setembro, realiza-se a terceira de um ciclo de nove palestras mensais dedicadas à vida artística e obras de pintura mural de Almada Negreiros, uma iniciativa que será transmitida gratuitamente pela Internet e conta com o apoio da Administração do Porto de Lisboa (APL).

PRAZO TERMINA A 31 DE AGOSTO DE 2021

Ílhavo | Inscrições para o 6.º Concurso de Modelismo Náutico

A Câmara Municipal de Ílhavo informa que o Concurso de Modelismo Náutico tem candidaturas abertas até 31 de Agosto de 2021, com entrega dos trabalhos entre 1 a 5 de Novembro de 2022. A sexta edição do concurso bienal tem como tema “Navios Bacalhoeiros de Arrasto de Poupa”.

Promovido pela Câmara Municipal de Ílhavo, através do Museu Marítimo de Ílhavo, este prémio tem um valor monetário de 3.500 euros, passando a obra galardoada a constituir propriedade da Câmara Municipal de Ílhavo e integrada no espólio do Museu Marítimo. O vencedor será anunciado a 19 de Novembro de 2022.

NO MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO

Exposição do projecto «O Homem Tranquilo», de Alexandre Sampaio

Projecto fotográfico de Alexandre Sampaio, “O Homem Tranquilo” dialoga com a obra do pintor e escultor Cândido Teles, no acervo da representação da Costa Nova do Prado, integrante na doação de João Teles ao Museu Marítimo de Ílhavo, em 2020. “O Homem Tranquilo”, designação pela qual o artista foi conhecido, é também um apontador para a sua identidade e relação da obra com este território, onde inicia o percurso artístico, hoje tão iconográfico, autorrepresentado e morfologicamente distinto. Após uma pré-apresentação online em 2020, o Museu Marítimo de Ílhavo disponibiliza a exposição desta no âmbito do centenário do artista Cândido Teles.

NO MUSEU MARÍTIMO DE ÍLHAVO

Exposição «Transparências da Ria e do Mar»

Em 2020 a exposição “Transparências da Ria e do Mar", de Cândido Teles, resultou da doação, pela família, de 121 obras do primeiro período pictórico do artista ilhavense. Um conjunto de obras que revelam a beleza de todo e qualquer recanto da Ria de Aveiro: moliceiros, marinhas, a praia da Costa Nova e os barcos da arte xávega surgem esplendorosos nas suas obras, onde os retrata com suavidade, fazendo sobressair da paleta cromática os tons de azul em contraste com tonalidades mais quentes, quase aguareladas, como se de transparências se tratassem. Regressa em 2021 à sala de exposições temporárias do Museu, depois da curta abertura do ano transacto.

JEM CRESSWELL

«Ter uma baleia a olhar-te nos olhos deixa-te mais humilde»

Jem Cresswell mergulhou no Pacífico e sentiu-se pequeno. A jornada de seis anos resultou num livro, Giants, onde o fotógrafo compilou mais de 100 retratos íntimos de baleias-de-bossas.

Mergulhar no oceano é como "entrar noutro mundo". "Nunca sabes o que vais ver ou experienciar." E ter uma "curiosa criatura de 16 metros a nadar à tua volta e a olhar-te nos olhos" deixa qualquer um "mais humilde": "Sentes-te tão pequeno e insignificante mas, ao mesmo tempo, cheio de admiração." Jem Cresswell viveu-o na primeira pessoa.

Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior visita Gare Marítima de Alcântara

O Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, visitou o Porto de Lisboa, acompanhado pela Reitora da Universidade Évora, Ana Costa Freitas, Vice-Reitores António Candeias e Ausenda de Cáceres Balbino e pelos Membros da Direção do Laboratório HERCULES, José Mirão, Cristina Dias e Patrícia Moita, sendo recebidos na Gare Marítima de Alcântara por Ricardo Medeiros, do Conselho de Administração do Porto de Lisboa.

Docapesca lança o «mARTE», um Concurso de Expressão Artística

A Docapesca – Portos e Lotas, S.A lançou o concurso de expressão artística "mARTE" com o objetivo de sensibilizar para a problemática da poluição marinha.
O concurso encontra-se aberto a toda a população, sendo que os concorrentes apenas poderão submeter uma proposta. As obras a concurso, terão de ter na sua constituição mais de 80% de lixo marinho proveniente de Portos de Pesca. Serão premiadas três obras, cada uma no valor de 1.000 euros e cada obra vencedora ficará exposta num dos portos de pesca sob a gestão da Docapesca.

Total: 357
[1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18