Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




PAULA SOBRAL:

Todo o plástico retirado do mar será sempre uma gota de água no oceano

O plástico que está à superfície – ou seja, aquele que vemos e tanto nos impressiona – representa 1% de todo plástico nos oceanos. Apenas 1%. A esmagadora maioria, 94%, está no fundo e 5%, nas praias.
Continuamos a ter uma imagem demasiado ingénua do que se passa no mar e, para o resolver, só existe uma solução: consumir menos. “Tudo o resto não vai funcionar”, explica à VISÃO a presidente da Associação Portuguesa do Lixo Marinho, investigadora no MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente, e professora na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova.

Resultados do Dia Internacional de Limpeza Costeira 2020

Durante a Semana Internacional de Limpeza Costeira, na qual o Programa Bandeira Azul organizou duas limpezas de praia, foram registadas um total de 177 ações, tendo sido realizadas 160 ACÇÕES DE LIMPEZA em praias, zonas costeiras, margens de rios, ribeiras, lagoas e no fundo do mar, em todo o país, incluindo Açores e Madeira.

Ao longo destas ações participaram 3457 voluntários, contabilizando um total de 376 horas dedicadas à limpeza e recolha de lixo marinho

ÁREA DE ESTUDO NA FIGUEIRA DA FOZ

Projecto liderado pela Universidade de Coimbra garante eficácia de drones low-cost no combate ao lixo marinho

Os primeiros resultados do projecto de investigação “UAS4Litter” indicam que os drones podem ser muito úteis no combate ao lixo marinho, um grave problema ambiental que afecta os oceanos e ecossistemas de todo o planeta.

Financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), o projecto teve início em 2018 e é liderado por investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC), através do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores de Coimbra (INESC Coimbra) e do Centro de Ciências do Mar e do Ambiente (MARE-UC).

Docapesca conclui limpeza da bacia do Porto de Pesca de Sines

A Docapesca concluiu os trabalhos de limpeza e remoção de resíduos dos fundos da bacia do porto de pesca de Sines, tendo sido recolhidos 70 metros cúbicos, na sua maioria artes de pesca e pneus utilizados como defensas em embarcações.

Esta intervenção, com recurso a mergulhadores profissionais, teve como objetivo a melhoria das condições ambientais na área molhada concessionada à Docapesca, na sequência de uma inspeção subaquática.

Retirados 400 quilos de lixo da Baía de Sines e Praia Vasco da Gama

No âmbito do Dia Internacional de Limpeza Costeira e também o World Cleanup Day, decorreu uma acção de limpeza na baía de Sines e praia Vasco da Gama. Segundo a organização, foram recolhidos 300 kg de lixo subaquático e 97 kg de lixo na praia Vasco da Gama.

Os mergulhadores retiraram do fundo mar, extintores, pneus, artes de pesca, sacos de plástico, cordas, garrafas de vidro, sapatos, baldes de plástico e máscaras.

Novo projecto quer ajudar as áreas marinhas protegidas de Portugal

Baptizado de BiodivAMP – Desenvolvimento de Ferramentas para a Monitorização e Proteção de Biodiversidade em Áreas Marinhas Protegidas ao longo da Costa Portuguesa, o novo projecto é financiado pelo Fundo Azul, tutelado pelo Ministério do Mar. O objectivo é criar mais ferramentas para que as áreas marinhas protegidas cumpram o papel para que foram criadas, disse à Wilder o coordenador, Gonçalo Silva, que trabalha como investigador no MARE – ISPA.

ICNF-RNES celebra 40 anos de actividade com baptismo de Golfinhos Roazes

O Porto de Setúbal felicita o ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas/RNES - Reserva Natural do Estuário do Sado que celebrou 40 anos a 1 de Outubro. E saúda a iniciativa de assinalar a data promovendo uma visita à Escola Básica nº 5, em Setúbal, com o objectivo do baptismo das quatro crias de golfinhos roazes corvineiros nascidas no estuário do Sado entre dezembro de 2019 e setembro de 2020.

Os oceanos estão mais estáveis, mas isso não é bom para as alterações climáticas

É um círculo vicioso: o aumento da temperatura da atmosfera está a aquecer a superfície dos oceanos; por sua vez, águas mais quentes agravam o problema das alterações climáticas, conclui estudo sino-americano.

O estudo publicado na revista Nature analisou as águas dos oceanos ao longo da última metade deste século e os resultados pareciam, à partida, promissores. As conclusões indicavam que a estratificação dos oceanos, isto é, o fenómeno de formação de camadas horizontais de água com diferentes densidades, estáveis e ordenadas, que permite que as menos densas flutuem sobre as mais densas, está a aumentar significativamente. Isto quer dizer que os oceanos se tornaram mais estáveis, com menos oscilações.

Portugal Blue pesca 50 milhões para a economia azul

Novo fundo de capital de risco, financiado por dinheiro europeu e nacional, vai investir em projetos da economia do mar através de outros fundos. Mas não interessa apenas o sucesso financeiro: as metas de sustentabilidade também entram na equação.

Portugal e Holanda selam aliança para o hidrogénio verde, com Alemanha na mira

Fulcrais para esta parceria vão ser precisamente os portos marítimos de Sines e Roterdão, como ponto de partida e de chegada, respetivamente, do hidrogénio produzido em território português e exportado para a Holanda, de onde depois será distribuído pelo norte da Europa. “Não iremos a lado nenhum se desenvolvermos o hidrogénio sozinhos e temos consciência disso, por isso temos falado com outros países, participado em fóruns internacionais. No hidrogénio, o compromisso político e a colaboração entre diferentes stakeholders é tão ou mais importante que o desenvolvimento das tecnologias de produção”, afirmou João Galamba.

Porto de Sines integra o maior evento ibérico de Gás Natural

O Porto de Sines participa no “Green Gas Mobility Online Event”, um congresso que se realiza de 22 a 24 de setembro, e que tem como objetivo debater temáticas relacionas com gás natural e gases renováveis, procurando encontrar respostas para os atuais desafios do setor dos transportes.

Tendo em conta o atual contexto de pandemia, todo o evento decorre online, tanto as conferências temáticas como a exposição virtual onde se pode “navegar” e conhecer a oferta das empresas participantes. O certame é organizado pela GASNAM, a associação que promove o gás natural e renovável como combustível para o transporte terrestre e marítimo em Espanha e em Portugal, que conta já hoje com os principais players ibéricos do setor.

Arranca a 1.ª fase da Ciclovia do Mondego, em terrenos do Porto da Figueira da Foz

Em celebração da Semana Europeia da Mobilidade, foi inaugurada terça-feira, 22 de setembro, a 1.ª fase da futura “Ciclovia do Mondego” entre a Figueira da Foz e a Fontela (zona norte do terminal comercial), na presença da Ministra da Coesão, Ana Abrunhosa. Este troço de ciclovia ligará no futuro, a Figueira da Foz a Coimbra.

OCEANBIRD

O navio movido a energia eólica que vai revolucionar a indústria da navegação

A transportadora Oceanbird deverá transportar 7 mil carros e será movido a energia eólica, e por isso deverá tornar o processo de deslocação de veículos mais sustentável.

De acordo com um relatório do The Driven, um consórcio sueco apresentou um navio transportador de carros com capacidade para 6 mil a 7 mil veículos e para atravessar todo o Oceano Atlântico, ao mesmo tempo que reduz 90% das emissões de dióxido de carbono.

Fundo do mar conta a história do clima com 66 milhões de anos

Estudo analisou registos de sedimentos marinhos. Investigadores alertam que, se as emissões de CO2 não baixarem até 2100, a temperatura média do planeta pode aumentar entre os cinco e os dez graus Celsius.

Passadiço vai ligar a praia da Barra à da Costa Nova

Até ao final deste ano, as praias da Barra e da Costa Nova vão ficar ligadas por um passadiço de madeira, que vai recuperar algumas das estruturas já existentes e construir outras de raiz.

Estudo de Impacte Ambiental dá luz verde ao novo terminal de contentores em Leixões

O estudo de impacte ambiental referente ao novo terminal de contentores do Porto de Leixões mostrou-se favorável à prossecução do projecto. O relatório refere que a «maioria dos impactes negativos» são «pouco significativos» e estão ligados «à fase de construção». Já na fase de exploração, analisa, «os aspectos negativos são de natureza paisagística». A notícia foi recebida com agrado pelo presidente da APDL, Nuno Araújo.

DRAGAGENS NA ZALI DO PORTO DE AVEIRO

Agência Portuguesa do Ambiente adjudica campanha de monitorização com recurso a traçadores fluorescentes

A Agência Portuguesa do Ambiente adjudicou à Universidade de Aveiro a campanha de monitorização com recurso a traçadores da execução da “Empreitada de Dragagem dos Fundos Adjacentes e Remoção dos Inertes da ZALI-Zona de Atividades Logísticas e Industriais do Porto de Aveiro”, por 86 mil euros.

Em comunicado, a Agência Portuguesa do Ambiente salienta que a campanha de monitorização, cuja coordenação do acompanhamento técnico/científico é realizada pela Universidade de Aveiro/Centro de Estudos do Ambiente e do Mar (CESAM) e unidade de investigação RISCO, inclui diversas componentes de monitorização entre as quais se destaca a utilização de traçadores fluorescentes, componente pioneira em Portugal.

Sintra aprova projecto para criação de Área Marinha Protegida

A Câmara Municipal de Sintra aprovou, em reunião de executivo, o desenvolvimento de um projeto para a criação de uma Área Marinha Protegida em Sintra. O projecto de cariz ambiental pretende preservar o meio marinho, assim como os recursos naturais do concelho, indo ao encontro da Estratégia da União Europeia para a Biodiversidade traçada até 2030.

Ministra da Agricultura colocada a par do projecto do Baixo Vouga Lagunar

A Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA) está “a terminar” o projecto de execução do chamado sistema de defesa primário do Baixo Vouga Lagunar, executando também já o Estudo de Impacto Mmbiental (EIA).

Informações prestadas pelo presidente da CIRA, Ribau Esteves, à Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, durante uma visita que fez à Região de Aveiro “para se inteirar do Projeto de Desenvolvimento Agrícola do Vouga – Bloco do Baixo Vouga Lagunar”.

PROGRAMA NACIONAL DE VIGILÂNCIA DA BANDEIRA AZUL

O PNVBA é apoiado pela Fundação Vodafone Portugal, como parte do Projeto Praia Saudável, cujo protocolo foi renovado em 2018 até setembro de 2022.
Através do Programa Nacional de Vigilância Bandeira Azul, a Coordenação Nacional está representada nas praias e marinas galardoadas e, dessa forma, procura assegurar que são cumpridos os critérios do Programa Bandeira Azul ao longo da época balnear. No âmbito deste programa, os coordenadores regionais e/ou os jovens vigilantes, acompanhados por uma check list, visitam as praias galardoadas uma vez por semana e reportam qualquer situação que necessite de intervenção.

Total: 606