Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




FLAMINGO VERDE

Projecto de hidrogénio em Sines avaliado em €3.500 milhões

A estratégia multinacional encabeçada por Portugal e pelos Países Baixos para a produção de hidrogénio verde em Sines e exportação para o Norte da Europa já tem nome: Green Flamingo, ou Flamingo Verde na tradução para português. E propõe-se gerar mais de 5.000 empregos, com o projeto a ser avaliado em €3.500 milhões em termos de investimento.

Relatório da reavaliação do meio marinho dos Açores em consulta pública até 10 de fevereiro

A Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia, através da Direção Regional dos Assuntos do Mar, concluiu recentemente a reavaliação do estado ambiental das águas marinhas dos Açores, da qual resultou um conjunto de novas metas ambientais, com o objetivo de garantir o bom estado ambiental do meio marinho.

Os resultados do relatório da reavaliação do estado ambiental do meio marinho do arquipélago encontram-se em consulta pública até 10 de fevereiro na página da Direção Regional dos Assuntos do Mar na Internet.

Esclarecimento do Porto de Setúbal

Face às notícias transmitidas recentemente, relativas à morte de 4 golfinhos no Estuário do Sado, vem a APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, SA esclarecer que segundo informação recebida por parte do ICNF:

1. Foi registado o arrojamento de 4 golfinhos oceânicos comuns, entre o Carvalhal e a Comporta, no final do mês de dezembro, sendo que a morte destes mamíferos se prende com as condições climatéricas extremas que se verificavam à época (...)

Aquecimento dos oceanos: é como se explodissem cinco bombas atómicas por segundo

Em 2019, as temperaturas dos oceanos foram as mais elevadas de sempre, revela estudo. Esta é mais uma prova do aquecimento global, alertam os cientistas. "É fundamental entender a rapidez com que as coisas estão a mudar", destaca um dos autores da investigação.

Ria de Aveiro é a zona húmida portuguesa «mais importante a Norte do rio Tejo»

Está oficialmente aberta e termina a 5 de Fevereiro a Consulta Pública da segunda versão do Plano para a Aquicultura em Águas de Transição. A Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos assume que a ria de Aveiro tem “potencial elevado” nesta área de produção.

Robalo, Dourada, Pregado, Linguado, Enguia, Macroalgas, Microalgas, Equinodermes, Amêijoa-boa, Amêijoa-macha, Berbigão, Ostra-japonesa/gigante, Mexilhão, Ostra-portuguesa e Ostra-plana são espécies autorizadas.

Litoral aveirense na lista de investimentos de defesa da costa

O litoral aveirense vai contar com investimento na protecção da costa nos planos de investimento para 2020.

A Agência Portuguesa do Ambiente anuncia o investimento de cerca de 27 milhões de euros em 11 intervenções de proteção do litoral a realizar nas cinco regiões hidrográficas ao abrigo do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

Limpeza de praias e zonas ribeirinhas: Jovens recolhem 16,5 toneladas de lixo

Desafiados pela Fundação Oceano Azul e pelo Oceanário de Lisboa, voluntários do Corpo Nacional de Escutas (CNE) e da Associação de Guias de Portugal (AGP) recolheram 16,5 toneladas de lixo marinho durante o mês de Novembro. Esta mega operação contou com mais de 3.650 participantes, de 100 agrupamentos e companhias diferentes, em 105 acções por todo o País.

Relatório: purificadores têm impacto limitado na qualidade da água

Os navios que usam scrubbers exercem um impacto pequeno na qualidade da água nos portos, quando comparados aos futuros padrões da UE, de acordo com um novo estudo realizado pela CE Delft, com o apoio da Deltares.

Uma das migrações mais espectaculares da natureza

A vida de uma tartaruga Caretta caretta até chegar aos Açores é repleta de improbabilidades estatísticas.

Desde o momento da postura na Florida até à sua chegada aos Açores com escassos meses de vida e cerca de 10 centímetros de comprimento, a estatística determina o seu futuro. Calcula-se que, na debandada para o mar, das centenas de ovos eclodidos, apenas uma tartaruga sobreviva até à idade adulta. Dez a quinze anos mais tarde, elas regressam à costa americana.

PORTO DE AVEIRO

Projecto Traseafood apresentado no ECOMARE

O Ecomare recebeu o Seminário de apresentação de um projecto sobre Rastreabilidade da Origem Geográfica como uma 'Via de Valorização Inteligente dos Recursos Marinhos Endógenos'.

Evento realizado no Laboratório para a Inovação e Sustentabilidade dos Recursos Biológicos Marinhos da Universidade de Aveiro (ECOMARE), localizado junto às instalações da DocaPesca, no Porto de Aveiro, Gafanha da Nazaré.

Transporte marítimo incluído no «Green Deal» europeu para o combate às emissões poluentes

A Comissão Europeia anunciou dia 11 a inclusão do transporte marítimo no chamado Green Deal europeu, sob o qual várias iniciativas políticas visam colocar a Europa no caminho certo para alcançar emissões zero de aquecimento global até 2050.

Alterações climáticas nos novos desafios da barra do Porto de Aveiro

O Porto de Aveiro vai iniciar em maio de 2020 os trabalhos de reposição na orla costeira dos inertes retirados da embocadura Barra em sucessivas ações de desassoreamento de modo a devolver o equilíbrio ambiental naquela zona exposta a fortes efeitos da erosão.

A garantia foi reafirmada pela Presidente do Conselho de Administração dos Portos de Aveiro e Figueira da Foz, Fátima Alves, durante a II Conferência do Movimento de Amigos da Ria de Aveiro, que decorreu no fim-de-semana no auditório da FNAC, em Aveiro.

Projecto «A pesca por um mar sem lixo» arranca no Porto de Sines

O projecto “A pesca por um mar sem lixo” arrancou dia 4 no Porto de Sines, com o objectivo de reduzir os resíduos no mar, através do apoio à adopção de boas práticas ambientais por parte dos pescadores, promovendo a valorização e reciclagem desses resíduos.

ESTA TERÇA-FEIRA

Greta Thunberg esperada no Porto de Lisboa

O Porto de Lisboa recebe a ativista sueca, Greta Thunberg, esta terça-feira, dia 3 de dezembro, entre as 8h00 e as 9h00 da manhã. A jovem defensora das causas ambientais, que se desloca no veleiro ecológico “La Vagabonde”, desembarca na doca de Santo Amaro, onde está previsto prestar declarações pelas 10h00.

Raquel Gaspar

Um projecto local com impacto global

Uma bióloga marinha que se envolve em causas sociais, a co-fundadora da cooperativa Ocean Alive trabalha para um mundo sustentável, tanto do ponto de vista ecológico, como do ponto de vista humano.

Plástico no mar não tem solução?

Tecnologia de recolha na «Ilha do Lixo» testada com sucesso

Depois de um teste que durou um ano, a The Ocean Cleanup afirma que a tecnologia está finalmente a recolher plástico de forma eficiente, inclusive detritos de 1 mm.

Alexandra Cousteau:

Resolver o problema do plástico é só o primeiro passo para salvar os oceanos

Tirar o plástico do mar não chega: é preciso restaurar a abundância de espécies. A activista pelos oceanos acredita que conseguimos fazê-lo até 2050, mas para isso é preciso aplicar quotas de pesca, reduzir a captura e restaurar florestas marinhas.

Porto de Lisboa já tem novo combustível amigo do ambiente

O Porto de Lisboa recebeu o M/V Antonia para efetuar bancas ao largo e este navio foi o primeiro a receber o novo combustível marítimo menos poluente, com apenas 0,5% de enxofre, já de acordo com as regras estipuladas pela IMO (International Maritime Organization), para combater as emissões poluentes do transporte marítimo.

Este novo combustível, considerado um VLSFO (Very-low Sulphur Fuel Oil), foi distribuído pela Galp no fundeadouro do quadro central, situado na zona entre Alcântara e Belém, a partir da Estação de Assistência Naval do Porto de Lisboa (EANPL).

Material de pesca representa mais de 85% do lixo de plástico no mar

Segundo um relatório publicado pela Greenpeace, o plástico dos chamados “equipamentos-fantasma” deixados no oceano pela indústria de pesca estão a dizimar a fauna marinha no Atlântico Sul.

O relatório da Greenpeace contraria um outro relatório publicado há 10 anos, no qual o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO) calculavam em 10% a quantidade de plástico proveniente da atividade pesqueira que poluía os oceanos, noticiou a agência Lusa.

O problema ambiental que todos temos de conhecer

Fundadora e atual presidente da APLM – Associação Portuguesa do Lixo Marinho – e professora na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, Paula Sobral é especialista em microplásticos e uma voz de liderança no apelo à sensibilização da temática do lixo nos oceanos. É também investigadora do MARE – Centro de Ciências do Mar e do Ambiente. A professora universitária desenvolve atividades de divulgação, de modo a alertar para a mudança de comportamentos da sociedade na emergência dos problemas causados pelo lixo marinho e microplásticos.

Total: 521