Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




PINHAIS LANÇA EDIÇÃO ESPECIAL DE CONSERVAS EM HOMENAGEM AO DIA NACIONAL DO PESCADOR

Fruto da sua relação histórica com o mar e como homenagem aos pescadores, imagem icónica das suas latas de conservas, a Pinhais, centenária conserveira de Matosinhos lançou uma edição especial de conservas de sardinhas artesanais, em azeite, para assinalar o Dia Nacional do Pescador. A ilustração é do designer gráfico Marcos Porto, que materializa a ideia através da litografia de uma edição limitada de 200 latas, à venda no Museu-Vivo “Conservas Pinhais Factory Tour” e loja online da Pinhais.

ESTA QUINTA-FEIRA, 9 DE JUNHO

Comunidades piscatórias e o mar dão mote a seminário promovido pela CIM Alto Minho

“Comunidades Piscatórias e o Mar – Uma relação para além das pescas” é o tema do seminário que a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) promove esta quinta-feira, dia 9, em Viana do Castelo, com o apoio dos municípios do Alto Minho, no âmbito do projeto de cooperação inter-regional CHERISH.

A CIM-Alto Minho dá nota de que “este seminário, a ter lugar na Biblioteca Municipal de Viana do Castelo, a partir das 14h30, está integrado no programa do cruzeiro inaugural do Caminho Marítimo de Santiago, que passa esta semana por Viana do Castelo. Terá como tema central as comunidades piscatórias e, sobretudo, o potencial do recurso natural associado ao Mar”.

Docapesca investe 350 mil euros na segurança do porto de pesca de Matosinhos

A Docapesca lançou um concurso público para a empreitada de reabilitação de 350 mil euros para reforçar a segurança no porto de pesca de Matosinhos, no distrito do Porto, divulgou o Ministério da Agricultura e Alimentação.

A obra “prevê a melhoria das condições de acostagem e estacionamento das embarcações”, incluindo “a substituição das defensas existentes da ponte-cais 1 do porto de pesca de Matosinhos, bem como a renovação do acesso ao cais, através da substituição integral das escadas”.

DGRM publica períodos de defeso para pesca com ganchorra em 2022

A DRGM — Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos acaba de definir os períodos de defeso no ano de 2022 para a pesca com ganchorra.

Explica aquela Direcção que no seu Despacho n.º 20/DG/2022, de 28 de Abril, que a Portaria n.º 66/ 2017, de 13 de Fevereiro, que procedeu à décima segunda alteração do Regulamento da Pesca por Arte de Arrasto, aprovado pela Portaria n.º 1102-E/2000, de 22 de Novembro, estabeleceu que o período de interdição de captura com ganchorra aplicável, por motivos biológicos, a todas as espécies de moluscos bivalves para todas as zonas de operação, pode ser alterado em relação ao período fixado no n.º 1 do artigo 21º do referido Regulamento, por despacho do dirigente máximo da Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, ouvida a Comissão de Acompanhamento da Pesca com Ganchorra.

DGRM recebe Ministra da Agricultura e Secretária de Estado das Pescas

A Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) recebeu esta quarta-feira a visita da Ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, e da Secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho.

Nesta visita, José Carlos Simão apresentou as várias áreas de competência da DGRM, dando a conhecer os vários projetos que estão em curso, incluindo as componentes de transição energética e digital no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência.

Portugal pode capturar até 29.400 toneladas

Pesca da sardinha reabre esta segunda-feira

A DGRM – Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos informa que a pesca da sardinha reabre esta segunda-feira, dia 2 de Maio, segundo o despacho n.º 5126-A/2022 publicado no dia 29 de Abril de 2022. Portugal e Espanha decidiram adoptar um limite de capturas para 2022 de 44.262 toneladas, das quais cerca de 29.400 toneladas para Portugal (66,5 %).

O despacho determina que as 29.400 toneladas de descargas de sardinha capturada com a arte de cerco pela frota portuguesa, para o ano de 2022, devem ser repartidas entre o grupo de embarcações cujos armadores ou proprietários são membros de Organizações de Produtores (OP) reconhecidas para a sardinha e o grupo de embarcações cujos armadores ou proprietários não são membros de OPs reconhecidas para a sardinha, correspondendo a cada um dos grupos, respectivamente, 28.959 toneladas e 441 toneladas.

Novo regime excepcional e temporário de compensação para profissionais da pesca

DGRM recebe candidaturas no BMAR

A DGRM-Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos informa que foi criado um regime excecional e temporário de compensação, destinado aos profissionais da pesca, pelo acréscimo de custos de produção provocado pelo conflito armado na Ucrânia.

Este regime, publicado pelo Decreto-Lei 30-C/2022, destina-se aos profissionais com direito de exploração de uma embarcação de pesca, registada no território continental e licenciada para o exercício da atividade em 2022.

Bruxelas aprova ajudas de emergência para sector das pescas

Os custos adicionais da energia podem ser cobertos pela compensação se estiverem relacionados com a perturbação do mercado provocada pela agressão militar da Rússia contra a Ucrânia.

DGRM efectua venda antecipada de Alabote congelado apreendido

A Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos vai promover uma venda antecipada de 743 kg de Alabote, apreendido num processo de inspeção a pescado congelado, uma vez que este constitui um bem perecível.

Para participar da venda, cujo valor mínimo é de 2.125,00 €, pressupõe-se a prévia aceitação das condições estipuladas e envio de proposta até ao dia 13 de maio de 2022.

Campanha Rastreio de Sardinha (2.ª Fase)

Prossegue a bom ritmo na costa ocidental portuguesa a segunda parte da campanha de rasteio acústico da sardinha e biqueirão - PELAGO22.

A PELAGO é uma campanha que se realiza anualmente na primavera, na plataforma continental portuguesa e no Golfo de Cádis, para determinar a abundância e distribuição espacial dos peixes pelágicos costeiros com vista à avaliação do seu estado e análise de fatores ambientais que afetam a sua sobrevivência.

Novas medidas de emergência aprovadas em Conselho de Ministros

DGRM operacionaliza apoio financeiro do Governo para as pescas

O último Conselho de Ministros aprovou um conjunto de diplomas que estabelecem novas medidas de emergência direcionadas à contenção do aumento dos preços energéticos e agroalimentares decorrente da situação de guerra que se vive na Ucrânia.

No que se refere à pesca foi aprovado um Decreto-Lei que cria um regime excecional e temporário de compensação, destinado aos profissionais que exploram as embarcações, pelo acréscimo de custos de produção provocada pelo conflito armado na Ucrânia.

Pescado descarregado nas lotas da Madeira aumenta 19% nos 2 primeiros meses de 2022

O volume de pescado descarregado nas lotas da Região Autónoma da madeira, entre 1 de Janeiro e 28 de Fevereiro de 2022, revela um crescimento de 19,46% quando comparado com os mesmos meses de 2021.

De acordo com os valores apurados pela Secretaria Regional de Mar e Pescas, através dos serviços de Lotas e Entrepostos Frigoríficos da Região, a cavala foi a espécie com o maior aumento de descargas, com mais 993,35% do que em igual período de 2021, seguido do peixe-agulha, com mais 40,80% e do peixe-espada preto, com mais 37,25% do que em Janeiro e Fevereiro de 2021.

UE activa medidas de crise para apoiar pesca e aquacultura devido à guerra na Ucrânia

A Comissão Europeia decidiu activar novas medidas de crise para apoiar os sectores da pesca e da aquacultura no contexto da invasão da Ucrânia pela Rússia.

O mecanismo de crise do Fundo Europeu Marítimo, das Pescas e da Aquicultura (EMFAF) “trará alívio imediato aos operadores dos sectores da pesca, da aquacultura e da transformação do marisco” através de uma compensação financeira pelas suas perdas económicas e custos adicionais, diz uma nota de imprensa da Comissão.

Quota individual da pesca de espadarte com acréscimos este ano

A quota individual da pesca de espadarte no Atlântico Norte vai sofrer acréscimos este ano, após três embarcações não terem sido licenciadas até março e uma ter sido abatida, informa a DGRM.
Num despacho divulgado no dia 5, a Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) anunciou que as quotas individuais vão ser ajustadas, "uma vez que as embarcações Alma Lusa, Carolina Teixeira e Pedro Teixeira não foram licenciadas até 31 de março e, adicionalmente, a embarcação António Maria foi abatida à frota nacional".
 

Docapesca investe 100.000 euros nos armazéns de aprestos do porto de pesca de Sines

A Docapesca lançou um concurso para a impermeabilização da cobertura dos armazéns de aprestos no porto de pesca de Sines no valor de 100 mil euros.
Esta empreitada, que visa a melhoria das condições de trabalho dos operadores, contempla várias intervenções, nomeadamente a preparação da base para novo enchimento com betonilha, o fornecimento e aplicação de camada de betonilha tradicional e de emulsão betuminosa não iónica com massa volúmica, fornecimento e aplicação sobre o terraço e montagem de escada vertical de emergência.

AÇORES

Encerramento da quota de goraz

A Secretaria Regional do Mar e das Pescas determinou o encerramento da pesca do goraz nos mares dos Açores, com efeitos a partir das 00h00 do dia 10 de Março e até 31 de Março.

“Conscientes do transtorno causado pelo encerramento precoce da quota atribuída ao primeiro trimestre, que se deve às condições meteorológicas excepcionais que se têm verificado, considera-se essencial manter a repartição trimestral prevista no anexo II do Despacho nº 2944/2021 de 21 de Dezembro de 2021 para garantir o rendimento de todo o sector ao longo de todo o ano, alocando um maior volume das possibilidades de pesca no segundo semestre, altura em que comprovadamente o preço de primeira venda desta espécie quase que duplica”, refere uma nota de imprensa do Executivo açoriano.

COM VÍDEO

Ministro do Mar admite que estão a «discutir soluções» para fazer face aos impactos da guerra na Ucrânia

O Ministro do Mar, Ricardo Serrão, admitiu esta quarta-feira que estão a "discutir soluções" para o setor das conservas de modo a fazer face aos impactos da guerra na Ucrânia, declarações feitas à margem de uma visita ao norte, a uma fábrica de conservar em Matosinhos.

Além disso, Ricardo Serrão referiu que esta visita é também uma forma de homenagear Manuel Ramirez, dono da fábrica de conservas Ramirez, "um homem que foi um inovador e que levou a indústria das conservar a outro patamar superior".

Ministro do Mar inaugura embarcação construída em Peniche

O Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, presidiu à cerimónia de bota-a-baixo da nova embarcação “Oceano Fresco I”, construída nos estaleiros da Penimar - Reparação e Construção Naval, Lda. em Peniche.

Docapesca investe 36.000 euros no porto de pesca da Figueira da Foz

A Docapesca lançou um concurso para a beneficiação de captação de água salgada no porto de pesca da Figueira da Foz.

A empreitada representa um investimento de 36 mil euros e intervém ao nível da estrutura de betão armado, incluindo a reabilitação dos maciços nas bases da captação, assim como o melhoramento dos revestimentos exteriores.

Docapesca investe 52.500 euros no porto de pesca da Póvoa de Varzim

A Docapesca lançou um concurso para a reabilitação do sistema de defensas do cais de descarga e de atracação no porto de pesca da Póvoa de Varzim. Anuncia-se ainda a conclusão das reabilitações na infraestrutura de alagem de embarcações e na casa das máquinas dos Estaleiros Navais da Azurara.

Total: 680