Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




COVID-19

Ministério do Mar presta contas nos apoios à pesca

O Ministério do Mar, através da Secretaria de Estado das Pescas, tem acompanhado a situação da pesca, em contacto com as associações do sector, tendo em vista minimizar os impactos económicos na pesca e aquicultura, assim como das condições de segurança dos pescadores, decorrentes da situação epidemiológica do coronavírus COVID-19.

APSS reforça competitividade e segurança no Porto de Pesca em Sesimbra

A APSS está a realizar a obra de construção da Ponte Cais nº4, em Sesimbra, com o objetivo de melhorar o ordenamento do porto de pesca e aumentar a área acostável reforçando a competitividade e segurança para o exercício desta atividade.

A Ponte Cais nº4 abrange uma área de implantação de 900m2 e estará equipada com escadas, argolões, cabeços de amarração, defensas, tomadas de água e iluminação pública.

DOCAPESCA ADJUDICA REABILITAÇÃO DA LOTA DA NAZARÉ

A Docapesca adjudicou a empreitada de reabilitação da lota da Nazaré (primeira fase), que terá a duração de 90 dias e representa um investimento de 179.445 euros.

A obra contempla espaços públicos (acessos, instalações sanitárias, bancada de compradores) e das operações com pescado (acessos, áreas para escolha, acondicionamento, pesagem, primeira venda e expedição), assim como a área de apoio administrativo e a sala de convívio dos trabalhadores.

DOCAPESCA MELHORA SEGURANÇA DO PORTO DE PESCA DA FIGUEIRA DA FOZ

A Docapesca lançou um concurso para a implantação de portaria e de vedação no Porto de Pesca da Figueira da Foz com o preço base de 80 mil euros.
Esta empreitada visa um efetivo controlo de acessos e a salvaguarda da área concessionada à Docapesca, onde se inclui a lota, os armazéns de comerciantes, a fábrica de gelo, o posto de combustível e os cais de estacionamento de embarcações.

Açores prolongam isenção de taxas cobradas pela Lotaçor até Setembro

O secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia anunciou, na Horta, que o Governo dos Açores decidiu prorrogar por mais três meses, até Setembro, a isenção das taxas cobradas pela Lotaçor aos produtores, compradores de pescado e conserveiras, o que se traduz num apoio ao sector que poderá corresponder, no total, a cerca de 1,2 milhões de euros.

Nos Açores, existem 266 compradores e 495 armadores a beneficiar da isenção das taxas de lota, 23 beneficiários da isenção das taxas dos entrepostos frigoríficos e 331 beneficiários da isenção das taxas de gelo.

Conselho Internacional para a Exploração dos Mares: populações de peixes de profundidade na UE estão esgotadas

O parecer científico publicado pelo Conselho Internacional para a Exploração dos Mares (CIEM) “confirma que a maioria das populações de peixes de profundidade permanece em condições preocupantes e sem dados suficientes para uma avaliação adequada”.

Em resposta a isso, um grupo de Organizações Não Governamentais de Ambiente (ONGA) pede aos decisores políticos europeus que estabeleçam limites de pesca para essas populações que “não excedam os pareceres científicos, adoptem a abordagem precaucionária e minimizem os impactos negativos da pesca nestes ecossistemas. A grande vulnerabilidade das espécies e habitats do mar profundo tornam este um passo atrasado, mas muito necessário, em direcção a uma ainda mais urgente sustentabilidade”.

SAGRES

DOCAPESCA VAI REABILITAR A PONTE CAIS SUL DO PORTO DE PESCA DA BALEEIRA

A Docapesca lançou um concurso público para a reabilitação da ponte cais sul do porto de pesca da Baleeira, localizado em Sagres, com um preço base que ronda 1,1 milhões de euros. Esta intervenção irá repor todas as condições de segurança dos profissionais da pesca e embarcações que operam neste porto.

DOCAPESCA LANÇA PROCEDIMENTO PARA PINTURA DE ARMAZÉNS DO PORTO DE PESCA DE SESIMBRA

A Docapesca lançou um procedimento concursal para a pintura dos armazéns de comerciantes (banda 2) do porto de pesca de Sesimbra, com um preço base de 30 mil euros.

Lançado concurso para parque de apoio à pesca no Porto de Lagos

A Docapesca lançou um novo concurso público para a empreitada do parque de apoio aos armadores do porto de pesca de Lagos, com um preço-base revisto de 215 mil euros, para responder às necessidades inerentes às operações de recolha, reparação e acondicionamento de redes e apetrechos de pesca dos armadores e acondicionamento e armazenamento de “isco”.

NAZARÉ

Terceira fase de testes a pescadores este sábado

A terceira colheita de amostras para testes à diagnóstico da covid-19 à comunidade piscatória da Nazaré decorre este sábado no porto, abrangendo mais de 150 pescadores inscritos na Capitania.

O diagnóstico, que resulta de uma parceria entre o município da Nazaré e várias entidades, é de participação livre e não tem quaisquer custos associados para os testados.

DOCAPESCA:

Esclarecimento sobre supostas irregularidades na lota de Quarteira

Na sequência da divulgação nas redes sociais de um mapa de vendas em lota, dando conta da venda de 600 kg de sardinha ao preço de 0,07/kg e de supostas irregularidades cometidas na lota de Quarteira, a Docapesca – Portos e Lotas, S.A. acaba de divulgar nota informativa que reproduzimos.

Valor do pescado descarregado no Porto Santo até Maio foi cinco vezes superior ao mesmo período de 2019

O valor do pescado descarregado na Lota do Porto Santo nos primeiros cinco meses de 2020 foi cinco vezes superior ao mesmo período de 2019. Os valores foram dados a conhecer por Teófilo Cunha, na primeira visita que realiza ao Porto Santo como titular da Secretaria Regional de Mar e Pescas.

AVEIRO

Activado o novo cais de pescadores de São Jacinto

O Presidente da Câmara Municipal de Aveiro (CMA), José Ribau Esteves, entregou em São Jacinto e em ambiente informal, os alvarás da licença dos lugares de atracagem e dos armazéns de apresto aos pescadores profissionais a quem foram atribuídos na Hasta Pública de 23 de maio, para uso privativo do novo Cais dos Pescadores de São Jacinto.
 

Ó freguês, há sardinha e há carapau lindo! Olhó carapau manteiga!

Os santos populares rimam com sardinha, mas os stocks desta espécie inspiram alguns cuidados. Uma forma inteligente de ajudarmos a recuperá-los é comendo mais carapau. É abundante, variado, barato e dá para muita receita saborosa. Conhece o misterioso carapau manteiga?

200 armadores dos Açores já receberam mais de 730 mil euros no âmbito do Regime de Compensação dos Custos Suplementares para os Produtos da Pesca

O secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia adiantou que já foram pagos aos armadores açorianos 732 mil euros no âmbito do Regime de Compensação dos Custos Suplementares para os Produtos da Pesca dos Açores, vulgarmente denominado POSEI-Pescas.

Gui Menezes salientou que este apoio, relativo a 2019, abrangeu 214 armadores, estando previsto novo pagamento durante o mês de Junho no valor de mais de dois milhões de euros, e que vai abranger 332 armadores.

FIGUEIRA DA FOZ

Pesca de imagens da faina da sardinha

O fotojornalista Pedro Agostinho Cruz embarcou no “Atleta” para trazer do mar um cabaz de imagens que ilustram a pesca da sardinha. E constatou que, na faina, os pescadores não têm rotinas.
Nunca sabem ao certo se o mar que encontraram na partida será o mesmo que vão encontrar à chegada e durante a viagem entre os dois pontos.

Ministro do Mar acompanha a primeira saída para a pesca da sardinha

O Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, acompanhou no Porto de Pesca de Matosinhos os preparativos e a saída das embarcações do cerco para o mar, na abertura da pesca da sardinha.

O governante falou com os pescadores e subiu a bordo de uma embarcação que voltou a poder capturar sardinha, após vários meses de pausa. A partir de dia 1 de Junho e até 31 de Julho, o limite de capturas é de 6 mil e 300 toneladas repartidas entre os grupos de embarcações de organizações de produtores, com limites diários e semanais.

Sardinha boa e mais barata à procura de consumidores

Os pescadores saíram esta segunda-feira para a pesca da sardinha, depois de uma paragem de sete meses. E, tal como previam, as redes vieram cheias e com bom peixe, o que deu para abastecer as lotas nacionais. Até 31 de julho vão poder pescar 6 300 toneladas deste peixe.

COVID-19

Realizados mais de 1.300 testes a profissionais da pesca

O Governo anunciou terem sido realizados 1.320 testes de despiste à covid-19 a profissionais do setor da pesca, estando ainda agendados mais 1.670 nos portos de pesca do continente.

“Foram realizados 1.320 testes até ao dia 29/05 (hoje)”, anunciou o Ministério do Mar. De acordo com os dados avançados pelo executivo, do total, a Apropesca (organização de produtores da pesca artesanal), na Póvoa de Varzim, no distrito do Porto, realizou 100 testes, a Propeixe (cooperativa de produtores de peixe do Norte), em Matosinhos/Póvoa do Varzim, 520 testes, em colaboração com a Associação Pró-Maior Segurança dos Homens do Mar, pela cooperativa dos Armadores de Pesca Artesanal, em Peniche, distrito de Leiria, 500, e pela Organização de Produtores Centro/Peniche mais 200.

DOCAPESCA LANÇA CAMPANHA DE PROMOÇÃO DO PESCADO FRESCO PORTUGUÊS

A Docapesca lança, a partir de 1 de junho, uma campanha de promoção do pescado fresco português através da etiqueta CCL – Comprovativo de Compra em Lota.
Com esta etiqueta, é possível identificar o pescado fresco transacionado nas lotas do continente português nas bancas de pescado dos mercados municipais e grandes superfícies comerciais. O consumidor tem assim a garantia de que está a adquirir pescado capturado por embarcações nacionais na costa portuguesa.

Total: 442
[1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23