Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




O que fazer se capturar ​acidentalmente uma ave marinha

Se capturar uma ave marinha viva, deve tentar libertá-la com cuidado de volta ao mar. Se tiver um anzol ou linha presa, estes devem ser cortados ou retirados.

MAR2020 está a apoiar a redução das capturas acidentais de aves marinhas em artes de pesca

O Projeto MedAves Pesca, coordenado pela Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) e realizado em parceria com a Adepe (Associação para o Desenvolvimento de Peniche), pretende desenvolver formas de reduzir o número de aves marinhas que morrem capturadas acidentalmente na pesca.
Com o apoio do Mar 2020, na Medida de Proteção e Restauração da Biodiversidade e dos Ecossistemas Marinho, estão a ser testados métodos e a desenvolver medidas para a redução das capturas acidentais de aves marinhas em artes de pesca. As medidas são testadas em 4 embarcações, envolvendo os mestres de pesca e os seus tripulantes, aspecto fundamental para avaliar a sua eficácia e operacionalidade.

Preço médio do pescado foi 3,60 euros/kg em Janeiro de 2020. Aumento de 33,3%

O preço médio do pescado descarregado em Janeiro de 2020, variável não resultante das capturas nominais mas sim da valorização das quantidades descarregadas vendidas em lota, foi 3,60 euros/kg, ou seja, um aumento de 33,3% (-26,0% em Dezembro).

Segundo o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Março de 2020, do Instituto Nacional de Estatística (INE), o preço médio dos peixes marinhos (3,23 euros/kg) apresentou igualmente um aumento de 53,0%, devido à subida de preço de espécies como o biqueirão, cavala, atuns e carapau.

Capturas de pescado em Portugal diminuem 36% em Janeiro de 2020

O volume de capturas de pescado em Portugal, em Janeiro de 2020, diminuiu 36,0% (+13,5% em Dezembro), justificado pela menor captura de peixes marinhos (nomeadamente de biqueirão mas também cavala, carapau e atuns) e de moluscos.

Segundo o Boletim Mensal da Agricultura e Pescas – Março de 2020, do Instituto Nacional de Estatística (INE), às 5.086 toneladas de pescado correspondeu uma receita de 18.977 mil euros, valor que representou um decréscimo de 15,6% (-15,3% em Dezembro).

COVID-19

Docapesca disponibiliza acesso gratuito ao sistema de leilão online

A Docapesca — Portos e Lotas informa que disponibiliza o acesso gratuito ao sistema de leilão online durante o actual período de pandemia da Covid-19. Pode assim comprar pescado à distância em cinco lotas do País.

“Evite a presença em permanência na bancada de compradores, através do sistema de leilão online, um canal alternativo à tradicional compra em lota, que oferece as seguintes vantagens: permite ao comprador ter acesso a cinco das principais lotas – Matosinhos, Figueira da Foz, Peniche, Sesimbra e Portimão; simples e intuitivo, basta premir uma tecla no computador para comprar; pode visualizar o pescado em venda, através de um sistema de câmaras de vídeo instaladas na lota; o painel de venda online é exactamente igual ao instalado nas lotas; pode visualizar no ecrã e comprar em duas lotas em simultâneo”, realça a Docapesca.

Embarcações de pesca açorianas apenas podem acostar ou descarregar na ilha do seu porto de armamento

O Governo dos Açores, através da Secretaria Regional do Mar, Ciência e Tecnologia, procedeu à definição da localização dos portos de descarga obrigatória do pescado capturado na Região das embarcações registadas nos portos açorianos que exerçam pesca profissional.

Esta medida foi adotada tendo em conta a situação na Região Autónoma dos Açores relativa à pandemia de COVID-19, tendo sido ouvidos os órgãos locais competentes da Autoridade Marítima Nacional, bem como a Federação das Pescas dos Açores, que se pronunciou favoravelmente, refere nota do executivo regional.

São 33 os concelhos com portos de pesca, locais de desembarque, lotas e abrigos melhorados com o apoio do Mar 2020

Com o apoio do Mar 2020, 112 projetos estão em execução em todo o território nacional. São 33 os concelhos com intervenções em curso, num total de investimento de 69 milhões de euros.

Os principais promotores são a Docapesca Portos e Lotas, S.A., as Secretarias Regionais dos Açores e da Madeira, os Municípios e algumas organizações de produtores da pesca.

IPMA já iniciou estudo sobre stock de sardinha

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera anuncia a realização de uma campanha para verificar os stocks de sardinha. Esta campanha científica, designada “PELAGO20”, arrancou a 4 de Março para avaliar biomassa da sardinha e do biqueirão.

Trata-se da habitual campanha acústica de Primavera, sob direção científica do IPMA, para estimativa da abundância dos pequenos pelágicos na costa continental portuguesa, designadamente a sardinha e o biqueirão.

Mar 2020 apoia a produção aquícola

O projeto da empresa Rota Grega, Lda. financiado pelo Mar 2020 constitui um projeto pioneiro no sector, com a produção de sargo. Neste projeto que consiste na criação de uma unidade de produção aquícola, em Olhão, num investimento de mais de 5 milhões de euros, a concluir até final deste ano, a produção eleva-se a 3 mil toneladas em ano cruzeiro, prevendo-se a criação de 50 postos de trabalho.

PROGRAMA MAR 2020

Apresentados 21 novos projectos de PME do sector da transformação dos produtos da pesca e da aquicultura

Foram apresentados 21 novos projectos de PME do sector da transformação dos produtos da pesca e da aquicultura, que envolvem um total de investimento de 30 milhões de euros, ao abrigo do aviso do regime de apoio​ que encerrou dia 28 (Programa MAR 2020).

FIGUEIRA DA FOZ

Ministro foi ao mar com os pescadores

O ministro Ricardo Serrão Santos cumpriu, dia 29, uma promessa feita ao presidente da direção da Cooperativa de Produtores de Peixe Centro Litoral, António Miguel Lé, e foi ao mar com pescadores, tendo como anfitrião, justamente, o dirigente daquela organização de armadores de pesca de cerco com sede na Figueira da Foz.

Bruxelas pede o fim das capturas acidentais de golfinhos

O comissário europeu Virginijus Sinkevicius observa que, em toda a UE, “os níveis de capturas acidentais são inaceitáveis”, podendo levar à “extinção de populações locais de espécies protegidas”.

O comissário alude a relatos feitos por autoridades locais para exemplificar que, entre dezembro de 2018 e março do ano passado, foram avistados 1.200 golfinhos mortos, provavelmente em redes de pesca, nas praias do Golfo da Biscaia, números que podem já ser mais elevados.

MAR 2020

Empresas de transformação de produtos de pesca e da aquacultura podem pedir apoio até 29 de Fevereiro

A entidade gestora do Mar 2020 informa que, de modo a promover o reforço da competitividade das empresas de transformação dos produtos da pesca e da aquacultura, em particular das pequenas e médias empresas (PME), está aberto aviso para a apresentação de candidaturas até final de Fevereiro.

Os apoios dirigem-se ao aumento da eficiência energética; à inovação e valorização dos produtos e à melhoria dos processos produtivos.

Estação Costeira Porto de Abrigo prestou 5.086 atendimentos em 2019

A Estação Costeira Porto de Abrigo prestou, em 2019, um total de 5.086 atendimentos de apoio à pesca e às atividades marítimas. De acordo com comunicado da Porto de Abrigo, 4.818 atendimentos foram na área da pesca, 200 na náutica de recreio, 15 no segmento do comércio e 53 de entidades públicas.

GUI MENEZES:

Novo quadro legal da pesca açoriana reforça competências da Região

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia afirmou, na Assembleia Legislativa, na Horta, que o novo quadro legal da pesca açoriana “salvaguarda a Autonomia e reforça as competências da Região em matérias de gestão dos recursos e a pesca nos Açores”.

“É por essa razão que temos um quadro legal próprio para a pesca”, frisou Gui Menezes, durante o debate sobre uma proposta de alteração ao regime jurídico da pesca nos Açores, que foi aprovada em plenário.

Apoios ao desenvolvimento das zonas costeiras de Mafra e Cascais. Candidaturas abertas até 28 de Fevereiro

A A2S — Associação para o Desenvolvimento Sustentável da Região Saloia relembra que, até 28 de Fevereiro, está aberto o período para a apresentação de candidaturas para o desenvolvimento das zonas costeiras de Mafra e Cascais, em particular nas freguesias de Ericeira, Santo Isidoro, Encarnação e Estoril Cascais.

Através do Grupo de Acção Local Ericeira-Cascais, de que a A2S é entidade gestora, serão colocados a concurso apoios financeiros a fundo perdido para apoiar pequenos projectos de investimento, enquadrados na Estratégia de Desenvolvimento Local da região e que visem a comercialização de pescado, a criação de cadeias curtas, a inovação, a qualificação profissional e a promoção de produtos locais.

Albatrozes equipados com detector de radar vigiam pesca ilegal no oceano Índico

As características das aves tornam-nas ideais para o programa Ocean Sentinel, das universidades de La Rochelle e Liverpool, uma vez que passam a maior parte da vida em voo sobre o mar, cobrem grandes distâncias e são atraídas por barcos de pesca.

Cerca de 170 albatrozes foram "equipados" durante seis meses com o sistema Argos de recolha de dados ambientais, um dispositivo de localização GPS e um detetor miniaturizado de radar e permitiram à equipa vigiar ao todo mais de 47 milhões de quilómetros quadrados.

PORTO DE AVEIRO

Docapesca assegura obra de modernização de equipamentos no cais da Lota

A Docapesca abriu um concurso público para a substituição de estruturas de proteção e acesso à ponte cais nº 1 e cais de abastecimento e de descarga do porto de pesca de Aveiro, na Gafanha da Nazaré.

O concurso, com o preço base de 216 mil euros, contempla a substituição de 33 escadas, 39 defensas, tampas de caleiras e 10 postes de iluminação.

Governo dos Açores promove estudo sobre as pescas

O Governo dos Açores está a desenvolver um estudo social e económico do setor das pescas no arquipélago para conhecer com rigor a realidade e dimensão da comunidade piscatória e da frota regional.

Pesca do biqueirão reabre segunda-feira, limitada a três dias por semana

A portaria que regula a reabertura, a partir de segunda-feira, da pesca do biqueirão foi hoje publicada em Diário da República, limitando a captura a três dias por semana até um limite de descarga de 600 toneladas.

Nos termos da portaria n.º 19/2020 - assinada pelo secretário de Estado das Pescas, José Apolinário, e que entra em vigor na segunda-feira -- "a pesca dirigida ao biqueirão é autorizada durante três dias, [à escolha] entre as 00:00 horas de segunda-feira e as 24:00 horas de quinta-feira, até ser atingido o total de descargas de 600 toneladas".

Total: 396
[1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20