Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




NO PORTO DE PESCA DE QUARTEIRA

Docapesca abre concurso para sinalização do estado da barra e avisos de temporal

A Docapesca abriu um concurso para a sinalização visual do estado da barra e avisos de temporal no porto de pesca de Quarteira, com o preço base de 31 mil euros, no âmbito do apoio às operações da estação salva vidas da Autoridade Marítima Nacional que foi inaugurada oficialmente a 8 de setembro.

Docapesca lança concurso para iluminação Led do Porto de Pesca de Olhão

A Docapesca lançou um concurso para melhoria da eficiência energética do porto de pesca de Olhão, com o preço base de 39.500 euros, que contempla a substituição das 24 colunas e luminárias das três pontes cais.
As novas colunas metálicas têm uma altura de cinco metros e as luminárias passam a ser LED, estando ainda prevista a montagem em todas as luminárias de elemento de proteção contra aves composto por espigões em aço inox.

DOCAPESCA INVESTE 40 MIL EUROS EM EMPILHADORES PARA AS LOTAS DE AVEIRO E DA FIGUEIRA DA FOZ

A Docapesca adquiriu dois empilhadores elétricos de 1.300 kg, por um valor próximo dos 40 mil euros, para a melhoria da eficiência das operações de movimentação de pescado nas lotas de Aveiro e da Figueira da Foz.
Os empilhadores são de garfo, para carregamento frontal, e destinam-se a movimentar paletes com pilhas de caixas de pescado ou outras cargas diversas.
 

DOCAPESCA ADJUDICA EMPREITADA DO PARQUE DE APOIO AOS ARMADORES DO PORTO DE PESCA DE LAGOS

A Docapesca adjudicou a empreitada do parque de apoio aos armadores do porto de pesca de Lagos, por cerca de 215 mil euros, para responder às necessidades inerentes às operações de recolha, reparação e acondicionamento de redes e apetrechos de pesca dos armadores e acondicionamento e armazenamento de “isco”.

O parque será implantado num terreno no interior do porto de pesca de Lagos, com 2.753 metros quadrados, delimitado a sul pela água (porto), a oeste pelo acesso ao edifício da lota, a norte e a este por estrada de acesso aos ancoradouros.

Porto de Pesca de Vila Real de Santo António

DOCAPESCA LANÇA CONCURSO PARA SUBSTITUIÇÃO DE ESCADAS E DEFENSAS

A Docapesca lançou um concurso para empreitada de substituição das escadas e defensas do cais de descarga de pescado do porto de pesca de Vila Real de Santo António com o preço base de 28.535 euros.
As novas escadas são em aço inox, que tem maior durabilidade, e o seu comprimento é aumentado, garantindo que os degraus se encontrem, no mínimo, um metro abaixo do nível da baixa-mar.

DOCAPESCA REABILITA RAMPA VARADOURO DO PORTO DE PESCA DE QUARTEIRA

A Docapesca acaba de lançar concurso para uma empreitada de reabilitação da rampa varadouro do porto de pesca de Quarteira, com o preço base de 51.200 euros e um prazo de execução de 50 dias.
A empreitada visa reparar as juntas das lajetas e das lajes da rampa varadouro, que é utilizada para as operações de alagem a bota-abaixo das embarcações, e será realizada por setores para permitir a continuidade das operações pelos seus utilizadores.

NOVA FÁBRICA DE GELO NA AZENHA DO MAR

A Docapesca abriu um procedimento concursal para a instalação de uma nova fábrica de gelo, com capacidade de produção de 450 quilogramas por dia, no posto de venda de pescado da Azenha do Mar, vila piscatória no concelho de Odemira, Beja.
A nova instalação será constituída por gerador de gelo de escama, condensador, compressor e respetiva tubagem e acessórios essenciais ao seu funcionamento.

Semana da Ostra 2020 arranca esta sexta-feira em Setúbal

A ostra vai estar em destaque nas ementas de perto de trinta restaurantes, entre os dias 4 e 13 de Setembro, num evento inserido na estratégia de promoção gastronómica e turística desenvolvida pela Câmara Municipal de Setúbal.

Durante dez dias, os restaurantes do concelho que participam na Semana da Ostra dão a provar receitas, umas tradicionais, outras inovadoras, produzidas com ostras do Sado.

DOCAPESCA INVESTE 252 MIL EUROS NA REABILITAÇÃO DA LOTA DA NAZARÉ

A Docapesca iniciou a primeira fase da reabilitação da lota da Nazaré, no valor de 180 mil euros, e concluiu recentemente a renovação das instalações sanitárias e balneários desta lota, no montante de 72 mil euros, intervenções que, em conjunto, representam um investimento de 252 mil euros.
Estas obras são fundamentais para a certificação do sistema de gestão da segurança alimentar da lota segundo o referencial ISO 22000, que será concretizada até ao final do ano.
 

Pavilhão para pescadores de Rabo de Peixe prepararem aparelhos de pesca concluído em Outubro

O secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia dos Açores considera que é com o “objectivo muito concreto” de garantir melhores condições de trabalho aos pescadores de Rabo de Peixe que está a ser construído um pavilhão que lhes vai permitir “preparar as artes de pesca com outras condições de conforto e segurança”.

Gui Menezes salienta que se trata de um compromisso assumido pelo presidente do Governo Regional quando visitou, em Fevereiro, este porto de pesca de São Miguel, “que está agora a ser cumprido”, acrescentando que o pavilhão estará concluído em Outubro e representa um investimento de cerca de 170 mil euros.

Governo da Madeira investe 11 mil euros na inspecção e controlo das pescas

A Secretaria Regional de Mar e Pescas da Madeira autorizou um investimento de cerca de 11 mil euros para a aquisição de vários equipamentos, peças de vestuário e materiais destinados à Direcção dos Serviços de Inspecção e Controlo da Direcção Regional de Pescas.

Depois de ter reforçado os serviços de Inspecção e Controlo das Pescas com quatro novos inspectores, que estão ao serviço desde 1 de Agosto, a Secretaria liderada por Teófilo Cunha prossegue com a reorganização deste departamento governamental ao assegurar a compra dos equipamentos de que precisam os novos inspectores para um cabal desempenho das suas funções.

TAVIRA

DOCAPESCA beneficia posto de venda de pescado em Santa Luzia

A Docapesca lançou um procedimento concursal para beneficiação do posto de venda de pescado de Santa Luzia, no concelho de Tavira, com um preço base de 28 mil euros e um prazo de execução de 50 dias.
A intervenção contempla, entre outros trabalhos, a remoção da cobertura em fibrocimento (que contém amianto) e a sua substituição por naturocimento e abrange ainda a pintura do edifício e a substituição dos portões, portas, vidros, redes mosquiteiras, caixilharia fixa, calhas de correr, perfis, aduelas, guarnições e ferragens.

A sardinha é rainha da costa nacional, o bacalhau vem de outros mares...

A sardinha é rainha da costa nacional, o bacalhau vem de outros mares. Uma e outro dominam a gastronomia e trazem consigo muita história que ajuda a explicar quem somos.
Qual dos dois representa melhor o sentimento de portugalidade? Chefs e outras figuras públicas dizem de sua justiça.
E escolheram um vencedor, claro.

Docapesca adjudica trabalhos de limpeza dos fundos do Porto de Pesca de Sines

A Docapesca adjudicou os trabalhos de limpeza e remoção de resíduos na bacia do porto de pesca de Sines, a realizar por equipa de mergulhadores.

Esta intervenção tem como objetivo a melhoria das condições ambientais na área molhada concessionada à Docapesca, no seguimento de uma inspeção subaquática realizada no passado mês de março, onde foi identificada a necessidade de realização desta operação de limpeza.

Governo lança novo subsídio para apoiar pequena pesca artesanal e costeira

Foi publicado em Diário da República o decreto-lei que estabelece as condições para atribuição, ainda este ano, de um subsídio de apoio às atividades de pequena pesca artesanal e costeira. O objetivo é a redução do preço final da gasolina consumida por embarcação.

“Atentas as dificuldades enfrentadas pelo setor, agravadas pela conjuntura atual que o país enfrenta devido à emergência de saúde pública ocasionada pelo vírus SARS-CoV-2, responsável pela doença Covid-19, torna-se necessário adotar, no mais curto espaço de tempo, as medidas apropriadas e proporcionais neste setor específico”, lê-se no documento.

Docapesca reforça segurança dos portos de pesca de Quarteira e Olhão

A Docapesca lançou dois concursos públicos que visam o reforço das condições de segurança dos portos de pesca de Quarteira e de Olhão, com preços base que totalizam 58 mil euros.

O concurso para o porto de pesca de Quarteira, com o preço base de 31 mil euros, prevê o fornecimento e montagem no molhe interior de oito colunas com luminárias LED e a expansão do atual sistema de videovigilância (CCTV) com a instalação de mais seis câmaras (3 fixas e 3 móveis).

NO «POEMA DO MAR»

Ricardo Serrão Santos acompanhou campanha da sardinha no alto mar

O ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, embarcou no navio Poema do Mar, em Quarteira, no Algarve, para poder conhecer presencialmente como está a decorrer a campanha da sardinha este ano. O governante esteve no alto mar um dia antes da publicação, em Diário da República do despacho que prolonga a pesca da sardinha a partir de 1 de Agosto até ao limite de 6.405 toneladas.

DOCAPESCA REABILITOU OS FAROLINS DO PORTO DE VILA PRAIA DE ÂNCORA

A Docapesca concluiu a reabilitação dos farolins de assinalamento marítimo do porto de Vila Praia de Âncora existentes nos molhes Este (verde) e Oeste (vermelho), que representou um investimento de 42.100 euros.

A intervenção incluiu os trabalhos de limpeza e preparação das superfícies metálicas, incluindo decapagem e remoção de tintas soldas, e o tratamento anticorrosivo e pintura geral da estrutura metálica de ambos os farolins.

Sabe quais os sectores de actividades compatíveis com a aquacultura na Ria Formosa?

A aquacultura continua em desenvolvimento em Portugal, com regras ambientais apertadas. Mas é uma actividade que é compatível com outros sectores de actividade, como a apanha, a extracção de sal, o turismo, a educação ambiental e a investigação.

Para ajudar os empresários a investirem de forma sustentável, o projecto Aqua&Ambi, que tem como beneficiário principal o IPMA – Instituto Português do Mar e da Atmosfera, publicou os resultados da “Actividade 1 – Criação de sistema de informação geográfica (SIG) para as áreas húmidas e de produção aquícola na zona costeira do Alentejo, Algarve e Andaluzia”.

Lota digital lançada em Peniche vai ser alargada aos portos nacionais

Uma empresa nacional de base tecnológica apresentou quarta-feira o projeto ‘lota digital’ junto de 30 embarcações de pesca do Porto de Peniche, no distrito de Leiria, e vai alargá-lo a outros portos nacionais para valorizar o pescado.

Segundo Pedro Manuel, presidente executivo da Bitcliq, ‘startup’ de Caldas da Rainha, a ‘lota digital’ é um projeto iniciado há ano e meio no Porto de Peniche, juntando 30 embarcações de pesca, e tem como principal inovação a venda de pescado através da plataforma ‘online’ logo a partir das embarcações, sem que estas necessitem de descarregar as capturas na lota.

Total: 466
[1] 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24