Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




O Dia da Marinha desembarca este ano na casa dos portugueses

O Dia da Marinha celebra-se a 20 de maio, assinalando a data em que Vasco da Gama chegou a Calecute, na Índia, em 1498. Este ano, devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, as comemorações planeadas para a cidade de Faro foram canceladas e adiadas para 2021. ​​​​​​​​​​​​ Contudo, o dia será assinalado através de algumas iniciativas, nomeada​mente a abertura gratuita ao público dos órgãos de natureza cultural como são o Aquário Vasco da Gama, o Museu de Marinha e a fragata D. Fernando II e Glória.

Morreu Manuel Luís dos Santos, o comandante do Lusitânia Expresso

Morreu Manuel Luís dos Santos, o comandante do navio Lusitânia Expresso, que, em 1992, ajudou a colocar a causa de Timor-Leste no mapa das noticias globais. O comandante tinha 75 anos.

Em março de 1992, depois de atravessar o mundo com o pequeno ferry boat Lusitânia Expresso, partiu de Darwin, rumo às aguas territoriais de Timor, território ocupado pela Indonésia. A bordo, levava timorenses, jornalistas, ativistas da causa de Timor - como à época diretor da revista Fórum Estudante, Rui Marques - e o antigo Presidente da República Ramalho Eanes.

TRAGÉDIA HISTÓRICA

Como foram recuperados os corpos do naufrágio do Titanic?

Mackay-Bennett, o navio mortuário do Titanic, foi responsável pela sombria operação. Rapidamente, marinheiros do porto de Halifax, capital da Nova Escócia, equiparam o navio para cumprir o papel de “necrotério” dos cadáveres.

Cerca de 100 caixões de madeira, 100 toneladasde gelo e 12 toneladas de barras de ferro para pesar os corpos foram carregados pelo Mackay-Bennett. Eles chegaram ao local da tragédia na noite do dia 19 de abril, mas foram surpreendidos com o número de pessoas flutuando, mortas, na água.

Para além de notícias recentes, recuperamos, nesta newsletter temática, alguns dos artigos publicados no portal da APP aquando do centenário do terrível naufrágio

Estas fotos mostram o que aconteceu logo após o naufrágio do Titanic

Mais de 2200 pessoas estavam a bordo, mas apenas cerca de 700 sobreviveram. Conseguiram escapar do navio em botes salva-vidas, e horas depois foram resgatadas por outra embarcação, a Carpathia, que tinha recebido o pedido de socorro do capitão do Titanic.

Veja algumas fotografias que mostram personagens e acontecimentos que se sucederam ao desastre marítimo.

Archibald Gracie IV, o herói pouco lembrado do naufrágio do Titanic

Havia mulheres na multidão bem como homens e estes pareciam ser passageiros da terceira classe que tinham acabado de subir dos decks inferiores. Mesmo entre essas pessoas, não havia choro histérico, nenhuma evidência de pânico. Oh, que agonia”, relatou Gracie posteriormente.

Para além de notícias recentes, recuperamos, nesta newsletter temática, alguns dos artigos publicados no portal da APP aquando do centenário do terrível naufrágio

Tragédia anunciada? Escritor que previu o naufrágio do Titanic morreu na catástrofe

Após escrever um livro mais de duas décadas antes do desastre, Stead embarcou no Titanic — onde faleceu a 15 de abril de 1912.

Às 23h40, o navio atingiu o iceberg. Ciente do ocorrido, Stead então resolveu ajudar várias mulheres e crianças a entrarem em botes para salvarem suas vidas. Decidiu, por fim, dar seu colete salva-vidas para outro passageiro. Sem proteção, acabou morrendo na água congelante. Um pouco após a sua morte, seu cadáver foi avistado pelo sobrevivente Philip Mock.

ESTA QUARTA-FEIRA

National Geographic exibe especial dos 108 anos do naufrágio do Titanic

O National Geographic exibe esta quarta-feira, 15 de abril, um especial que assinala os 108 anos do naufrágio do Titanic. Serão transmitidos quatro programas especiais que darão a conhecer melhor a história desta tragédia.

No dia 15 de abril de 1912, naufragava o navio dito inafundável, o Titanic. Com cerca de 1.500 pessoas a bordo, a tragédia e o mistério envoltos no náufrago do Titanic continuam a atrair muitas pessoas. No dia 15 deste mês, assinalam-se os 108 anos do naufrágio do grande navio e, por isso mesmo, o National Geographic transmite quatro programas em homenagem ao fenómeno tão retratado pela cultura pop. 

Para além de notícias recentes, recuperamos, nesta newsletter temática, alguns dos artigos publicados no portal da APP aquando do centenário do terrível naufrágio

TITANIC

5 obras sobre o naufrágio mais famoso da História

Operado pela White Star Line, o navio RMS Titanic foi projetado pela Harland and Wolff, em Belfast. A segunda embarcação da Classe Olympic foi lançada ao mar em maio de 1911, e ficou famosa após naufragar no dia 14 de abril de 1912. Veja a seguir 5 obras memoráveis que retratam o Titanic, e que se encontram disponíveis na Amazon.

TITANIC

Curiosidades sobre o naufrágio mais famoso da história

Uma história de amor impossível em meio ao naufrágio encantou o mundo e conquistou nada menos que 11 Oscars. Além de lançar a carreira de Leonardo DiCaprio rumo ao estrelato, o filme atiçou a curiosidade de muita gente acerca do que havia realmente acontecido com o gigante de aço da White Star Line, e até hoje o barco segue navegando pela imaginação das pessoas. Conheça algumas curiosidades sobre o caso.

Recuperamos, nesta newsletter temática, alguns dos artigos publicados no portal da APP aquando do centenário do terrível naufrágio

NAUFRÁGIO DO TITANIC

Que tempo estava durante o naufrágio?

O banco de dados de reanálise (ERA20-C) permitiu a reconstrução aproximada dos padrões atmosféricos da madrugada de 15 de abril de 1912. Análises preliminares revelam que o local do naufrágio estava sob o domínio de um ar muito frio de norte associado a um sistema de alta pressão no leste canadiano. A temperatura do ar era de aproximadamente 4.1 °C e a do oceano cerca de 7.3 °C. Muitas mortes foram de hipotermia devido às baixas temperaturas do ar e da água.

Regresso do navio Sagres a Lisboa recebido com tristeza a bordo

O navio-escola Sagres já deu meia volta para regressar a Lisboa depois da viagem de celebração dos 500 anos da circum-navegação de Fernão de Magalhães ter sido interrompida devido ao risco da covid-19.

Estava prevista a passagem do navio por 22 portos de 19 países diferentes mas o navio-escola Sagres só conseguiu passar por seis, antes de iniciar viagem de regresso a Lisboa.

 

6.225 COMBOIOS, MILHARES DE CAMIÕES RETIRADOS DA ESTRADA

Ramal Ferroviário do Porto de Aveiro inaugurado há 10 anos [27.03.2010]

Esta sexta-feira, 27 de Março de 2020, cumpriram-se dez anos da inauguração oficial do Ramal Ferroviário do Porto de Aveiro.

Nesta década circularam pelo ramal um total de 6.225 comboios, tendo chegado a atingir o valor de 4 composições diárias no período de um ano, equivalendo a uma cota modal de 30% para a exportação e de 15% para o total do tráfego.

Assinalando a efeméride, difundimos newsletter temática, respigando alguns artigos publicados no portal da APP ao longo destes anos.
 

FIGUEIRA DA FOZ

Faina maior em exposição no Núcleo Museológico do Mar

Para esta mostra, patente no Núcleo Museológico do Mar (Buarcos), o Arquivo Fotográfico Municipal seleccionou um conjunto de fotografias que retrata parte da frota nacional de navios de pesca do bacalhau à linha.
Pretende-se enaltecer a grandiosidade destas embarcações que engalanavam a doca da Figueira da Foz.
Paralelamente apresenta-se o testemunho vivo de um antigo pescador, João da Costa da Gorda, recolhido pela Câmara Municipal da Figueira da Foz em 2007.

DESCOBERTO POR ACASO

Mergulhadores encontraram um raro submarino da 1ª Guerra Mundial na Dinamarca

O L10, submarino britânico desaparecido da 1ª Guerra Mundial, foi encontrado por acaso no fundo do mar, a 143 quilómetros ao norte da ilha de Terschelling. A descoberta foi feita pela companhia dinamarquesa JD-Contractor, que já encontrou 37 submarinos afundados nos mares em redor da Dinamarca.

NAVIO-ESCOLA SAGRES | A GRANDE VIAGEM

Diário de Bordo

Hoje [12 de Março], dois dias depois, voltámos a ter cobertura satélite. As comunicações por satélite são o meio de comunicação que nos permite efetuar as chamadas telefónicas, enviar e-mails e, inclusive, enviar as fotos e textos que alimentam este diário de bordo. Serão vários os locais do mundo, por onde iremos passar, onde existirão falhas no sinal ou zonas sem cobertura.

Há uns anos atrás, seria impossível mantermos o contacto com o mundo exterior, de forma tão acessível como agora, principalmente, como agora, em que estamos a atravessar um oceano!

Navio-Escola Sagres na Argentina

O Navio-Escola Sagres já está em Buenos Aires, na Argentina, onde chegou sexta-feira e irá permanecer até ao dia 3 de março. Este é o quinto porto, dos 22 previstos, em que o navio português atraca, após largada de Lisboa no dia 5 de janeiro.

Recuperados novos artefactos do HMS Erebus, um dos navios que se perdeu no Ártico em 1845

Uma equipa de investigadores continua a tentar resolver o mistério do misterioso desaparecimento da expedição de Sir John Franklin em busca da Passagem Noroeste. Agora, os arqueólogos subaquáticos revelam mais de 350 artefactos recém-recuperados do HMS Erebus, um dos dois navios perdidos nas águas do Ártico.

Forte da Barra de Aveiro | Resenha histórica

Uma vista ingénua de 1764, de um desenhador amador, Jacob Henrique Severim, cônsul da Holanda em Aveiro, mostra a Ria e os dois fortes, aí identificados já com a designação tradicional: Forte Novo (Mó do Meio) e Forte Velho (Vagueira). Segundo o desenho, ambas as estruturas respeitavam os princípios da arquitectura militar abaluartada.

VIAJANDO PELA HISTÓRIA

A Rota do Cabo: A proeza marítima. (séculos XV-XVII)

A ideia de formar a ligação marítima com a Índia já existia nas mentes da coroa portuguesa há muito. O comércio das especiarias era muito cobiçado porque apenas os italianos possuíam o controlo da entrada das especiarias pelo Mediterrâneo, com o uso de viagens por terra. A viagem de Vasco da Gama deu origem à ligação anual entreLisboa e os portos da Índia, o que veio a revolucionar todo o comércio mundial.

GAFANHA DA NAZARÉ

Concurso Público para a «Concessão da exploração do Forte da Barra»

Divulgamos o Concurso Público para a Concessão da Exploração do Forte da Barra, integrado no programa Revive.
O Processo de Concurso encontra-se disponível, na plataforma eletrónica, através do endereço http://www.anogov.com/op-portoaveiro/faces/app/dashboard.jsp, onde pode ser acedido, mediante registo prévio e respetiva password de acesso, bem como na sede da APA - Administração do Porto de Aveiro, S.A., onde pode ser consultado, durante os dias úteis das 09h30 às 12h30 e das 13h30 às 17h30 até ao termo do prazo fixado para a apresentação das propostas.

Total: 836