Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Sines com picos de congestionamento nas importações do Extremo Oriente

À excepção de Sines, apenas pequenos navios estão a chegar aos portos nacionais. No maior porto português, José Luís Cacho reconhece o atraso de algumas mercadorias de importação, mas diz que a maior parte dos congestionamentos está a aligeirar.

VÍDEO RTP - 1975

Comercialização de Bacalhau

Reportagem de Pitacas Antunes sobre a comercialização de bacalhau, a propósito da sessão de formação de fiscais da Direcção-Geral da Fiscalização Económica (DGFE), orientada por técnicos da Comissão Reguladora do Comércio do Bacalhau (CRCB).

Porto de Lisboa assinala «recuperação gradual» com 178 mil TEU movimentados até Junho

O Porto de Lisboa continua a navegar a rota da revitalização operacional, assim confirmando as perspectivas de José Castel-Branco (administrador da APL) e de Diogo Vaz Marecos (administrador Yilport Iberia). Entre Janeiro e Junho, a plataforma portuária movimentou 178 mil TEU.

Mais de 80 projectos aquícolas em curso com investimento de 102,8 milhões

Mais de 80 projectos aquícolas estão em curso, sobretudo no Algarve, envolvendo 102,8 milhões de euros de investimento, com 40,9 milhões de euros de apoio público, através do programa operacional Mar 2020, foi anunciado.

"Com apoio do Mar 2020, 81 projetos de empresas aquícolas estão em curso, envolvendo um investimento de 102,8 milhões de euros e que contam com um apoio público de 40,94 milhões de euros", lê-se numa nota divulgada no 'site' do Mar 2020.

Veleiros no Porto de Leixões

O Porto de Leixões acolhe na Estação de Passageiros, em Leça da Palmeira, dois veleiros muito especiais.
O AVONTUUR pertencente à comunidade TIMBERCOAST e que se dedica ao transporte ecológico de mercadorias, utilizando a energia eólica, e o DE GALLANT pertencente, desde 2017, à companhia Blue Schooner Company, que se baseia igualmente numa alternativa ecológica ao transporte marítimo tradicional.

VÍDEO RTP - 1976

Guindastes para o Bahrein

Setúbal, carregamento e transporte de dois guindastes construídos pela empresa de construção civil "Mague", para uma encomenda do Bahrein, no Golfo Pérsico. (21.11.1976)

Economia do Mar: As oportunidades azuis que Portugal não pode deixar escapar

Em Portugal, a economia do mar assume-se de extrema relevância: corresponde a cerca de 5% do PIB, 5% das exportações e 4% do emprego nacionais. Estes valores estão entre os mais elevados nos Estados-membros da União Europeia (UE). A isto, soma-se o facto de ser verdadeiramente resiliente em tempos de crise: em 2008, os setores da economia do mar mantiveram-se robustos na geração de receita ena retenção de emprego. Contudo, importa equacionar as ameaças: desde as alterações climáticas e os seus efeitos até à atual crise pandémica, que desafios enfrenta a economia do mar?

Empresa do Dubai desenvolve sistema que promete agilizar armazenamento e transporte de contentores

A DP World, uma operadora portuária sediada no Dubai, desenvolveu uma inovação que permite economizar tempo e espaço, noticia a ‘CNN’. A tecnologia, que está a ser testada no porto de Jebel Ali, visa agilizar, melhorar e automatizar a maneira como os contentores são armazenados, transportados e entregues.

Mar 2020 com taxa de execução de 56% em Julho de 2021

A Autoridade Gestora do Programa Operacional Mar 2020 informa que, em final de Julho, 6.326 projectos estavam aprovados, os quais envolvem um investimento de 701,5 milhões de euros e contam com um apoio público de 470,7 milhões de euros.
Desses projectos, 60% da despesa aprovada está já executada. Já a taxa de execução do programa é agora de 56% da dotação programada.

Porto de Viana do Castelo recebeu o «TITLIS» para operação de descarga de estilha de madeira

O Porto de Viana do Castelo recebeu a escala do navio ‘TITLIS’, proveniente de Tarragona, em Espanha, para descarregar estilha de madeira destinada à fábrica de papel D.S. Smith.

O Porto de Viana do Castelo vinca, no seguimento desta operação de descarga, que se encontra «idealmente situado para atender às necessidades desta importante unidade industrial». Recorde-se que esta empresa, pela actividade industrial que desenvolve, assume «uma posição relevante no contexto florestal português», assinala ainda a infra-estrutura portuária.

276 mil euros para a Portos dos Açores apoiar cluster do mar dos Açores

O Governo dos Açores decidiu autorizar a celebração de um contrato-programa entre a Região Autónoma dos Açores e a empresa Portos dos Açores, S.A., no montante de 275.997,32 euros, para os anos económicos de 2021 a 2024, destinado a apoiar a empresa com os encargos da mesma no apoio técnico ao projecto integrado no “cluster do mar dos Açores”.

PORTO DE AVEIRO

Aveiport comandou descarga de 2,3 toneladas de «waste woodchips» no terminal ro-ro

O operador portuário Aveiport – que integra o Grupo ETE desde 2007 – comandou a operação de descarga de 2,328 toneladas de waste woodchips (cavacos de madeira) no terminal ro-ro do Porto de Aveiro, na sequência da escala no navio ‘Amberland’

PORTOS DOS AÇORES

EMPRESA PÚBLICA ENCARREGUE DA GESTÃO UNIFICADA DOS PORTOS DA REGIÃO AUTÓNOMA DOS AÇORES COMPLETA 10 ANOS

Cumpriu-se este domingo, 22 de agosto, 10 anos da constituição da Portos dos Açores, S.A. (PA), em resultado da publicação do diploma regional que determinou a administração e gestão unificada dos portos das Região Autónoma dos Açores, tarefa cometida, então, há uma década, a esta sociedade comercial, em substituição de um modelo tripolar, já na altura de cariz empresarial público, que vigorava desde 2003 e que se prolongou até 2011.

ATÉ FINAL DE 2019

Concessões portuárias representaram um investimento total de 1,1 mil milhões

De acordo com o último relatório da AMT sobre o Ecossistema Portuário, as 26 concessões foram alvo, desde o seu início até Dezembro de 2019, de investimentos de 1,1 mil milhões de euros, sendo 86,7% deste investimento assumido pelas concessionárias e 13,3% pelas Administrações Portuárias (concedente). Este valor total excede largamente, os 732 milhões de euros previstos nos contratos de concessão.

Urge captar novos talentos:

«Indústria marítima precisa de trabalhar mais para se promover»

O horizonte do sector do transporte marítimo poderá navegar águas tumultuosas no futuro, devido à crescente escassez de marítimos – depois da Drewry, foi a BIMCO a alertar para o problema estrutural que poderá ameaçar o desenvolvimento do sector. Para Henrik Jensen, da Danica Crewing Specialists, urge captar novos talentos: para tal, a indústria tem de «trabalhar mais para se promover» de forma mais apelativa.

Sines entre os 100 maiores terminais de contentores do mundo

O Porto de Sines ocupa a 98ª posição do “World Top Container Ports 2021” da revista especializada “Container Management”, registando uma subida de sete lugares comparativamente ao “ranking” do ano anterior.

O Terminal de Contentores de Sines (Terminal XXI) encerrou o ano de 2020 com um crescimento homólogo de 13%, com um total de 1.611.963 TEU movimentados, o que lhe permitiu subir sete posições no ranking internacional, voltando a integrar o Top 100 mundial na 98ª posição. No corrente ano, Sines mantém a senda de crescimento e fechou o primeiro semestre com um crescimento homólogo de 22,5%, prevendo-se, no final de 2021, uma movimentação total muito próxima de 1,8 milhão de TEU.

Yilport Setúbal:

Serviço de inspecção fitossanitária aumenta «atractividade» do porto sadino

Após alguns meses a desenvolver o projecto, em cooperação com a Autoridade Portuária de Setúbal, a Alfândega e a operadora Tersado, a Yilport Setúbal está agora em condições de fornecer aos seus clientes «scanner e serviços de inspecção fitossanitária no Posto de Inspecção Fronteiriça».

Através de um investimento optimizado e beneficiando de área comum e equipamento no porto sadino, a Yilport Setúbal e a Tersado – Terminais Portuários do Sado, (que gere o Terminal Multiusos Zona 1 do Porto de Setúbal) podem agora fornecer os serviços exigidos para exportar e importar mercadorias – nomeadamente frutas e vegetais refrigerados em contentores reefer – assim procedendo à «expansão da atractividade do terminal».

MAR

Registo Internacional de Navios da Madeira cresce 7,6% no primeiro semestre

Entre 31 de Dezembro de 2020, quando estavam registadas no MAR 730 embarcações, e 30 de Junho deste ano, deu-se um aumento líquido de mais 56 navios, perfazendo um total de 786 registos. Ou seja, em termos percentuais e em apenas 6 meses, o MAR assinalou um crescimento de 7,6%.

EUA preparam acção regulatória para multar operadoras marítimas e vigiar «players» ferroviários

O Executivo liderado por Joe Biden e os congressistas democratas preparam-se para implementar uma acção regulatória e legislativa para lidar com o problema da disrupção logística provocada pela escalada imparável dos fretes e pelos congestionamentos, cada vez mais usuais: um fenómeno global que se vem agravando intensamente nos EUA e que tem sido alvo de muitas queixas por parte de vários elos das cadeias logísticas.

Conheça o projecto B-WaterSmart

O projecto B-WaterSmart visa a transformação de cidades costeiras da Europa para uma gestão inteligente da água, fomentar a recuperação dos recursos e a economia circular através da criação de novos modelos de mercado e de gestão de dados para múltiplos utilizadores e sectores. A investigação é baseada em problemas específicos de seis cidades costeiras que funcionam como laboratórios vivos: Alicante – Espanha, Bodø – Noruega, East Frisia – Alemanha, Flandres – Bélgica), Lisboa – Portugal e Veneza – Itália. O projeto é coordenado pelo IWW (Alemanha) e conta com a participação de 35 parceiros.

Total: 5165
1 2 3 4 [5] 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259