Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




CONTENTORES DESCERAM 8,9% FACE A 2018

Sines lidera com quota de 52,2% e Leixões com 25,2%

Neste segmento, refere-se que o Porto de Sines mantém a liderança com uma quota de 52,2%, inferior em -6,3 pontos percentuais ao anterior máximo, registado em 2018. Na posição seguinte encontra-se Leixões, com 25,2%, que reflecte um aumento homólogo de +2,8 pontos percentuais.

GRUPO SOUSA

«Operações com foco no cliente» e «sustentabilidade» são prioridades para 2020

No arranque de 2020, os objectivos do Grupo Sousa foram enumerados por Pedro Amaral Frazão, Administrador e CSO do grupo, em artigo de opinião publicado no ‘Jornal Económico‘. Segundo o administrador, o grupo encara o ano de 2020 «com expectativa e forte determinação», tendo planeado um «reforço das operações com foco no cliente» e o compromisso de «assegurar a sustentabilidade ambiental, económica e social» das actividades do Grupo Sousa «nos mercados nacional e, sobretudo, internacional».

«Não há stocks que resistam» ao COVID-19

Os últimos meses abalaram a supply chain a diversos níveis: guerra comercial entre os EUA e a China, saída do Reino Unido da União Europeia, e mesmo o abrandamento da economia mundial verificado no final de 2019, com as exportações, vestuário e têxtil, que há uma década andavam em crescimento, a cair. A chegada do vírus Corona abalou a cadeia de abastecimento a um alto nível, devido ao peso que a Ásia tem no sector.

+ 14% face a 2019

Porto da Figueira da Foz começa 2020 a crescer

O movimento acumulado do Porto da Figueira da Foz no primeiro mês de 2020 foi 167 mil toneladas, valor que supera janeiro de 2019 em 14%. No segmento da Carga Geral Fracionada registou-se um crescimento de 42%, seguindo a tendência que já se vinha a verificar desde o final de 2019.

O movimento de navios e a sua dimensão também surgem no início do presente ano com tendência de subida. O número de navios que escalaram o Porto da Figueira da Foz cresceu 11% face ao primeiro mês de 2019, tal como a arqueação bruta que registou uma variação positiva de 9%.

AÇORES

Porto das Lajes das Flores reforçado com novo empilhador «reach stacker»

«Trata-se de um novo empilhador do tipo Reachstacker para substituir um outro do mesmo tipo e características, mas dotado de tecnologia mais antiquada e que foi sinistrado aquando da passagem do Furacão Lorenzo pela Ilha», explica a Portos dos Açores. Este novo equipamento, capaz de elevar cargas até 45 toneladas a uma altura máxima de três contentores, «está equipado com a mais recente tecnologia e com motores mais eficientes, eficazes e por isso mais amigos do ambiente».

ADERE confundiu matérias-primas com «lixo», explica a APDL

A Associação Década Reversível (ADERE) denunciou existir no Porto de Leixões lixo a céu aberto – uma denúncia sem fundamento, que, de forma célere, a administração portuária da APDL dissipou, explicando tratar-se, sim, de matéria-prima importada para fábricas de reciclagem e utilizada em mobiliário de plástico - nada mais que carga geral «que estava a ser descarregada de um navio».

«PERDAS ECONÓMICAS SIGNIFICATIVAS»

Coronavírus ameaça portos em Espanha

As empresas esperam que as consequências aumentem nas próximas semanas e já alertam para “perdas económicas significativas nos terminais”, bem como “outros agentes da cadeia logística”.

Leixões, Setúbal, Lisboa e Viana do Castelo com variações homólogas positivas em 2019

Entre os portos que movimentaram mais carga em 2019 do que no ano anterior, distinguem-se, em termos de volume, Leixões com +348,5 mil toneladas (+1,8%) e Setúbal com +188,2 mil toneladas (+3,1%), sendo que Viana do Castelo registou um acréscimo de +16,5% (+54 mil toneladas) e Lisboa de +0,04% (+4,9 mil toneladas). Estes dados confirmam a trajectória de estabilização operacional e recuperação vivida em 2019 pelo Porto de Setúbal (depois das perturbações sócio-laborais que afectaram a produtividade do porto na recta final de 2018), a fuga às perdas homólogas por banda do Porto de Lisboa (que procura ainda tempos de maior estabilidade, que tardam em surgir) e o consistente rumo de crescimento de Leixões.

Caniçal recebeu descarga de peças que compõem as maiores torres eólicas instaladas em Portugal

A Transinsular Madeira (que faz parte do Grupo ETE) deu conta da escala, no porto madeirense do Caniçal, do navio ‘Erik’, para a descarga de peças que compõem 4 unidades de Torres eólicas produzidas pela Enercon. Tratam-se das maiores Torres eólicas alguma vez instaladas em Portugal, informa a Transinsular Madeira.

FALECIMENTO DO DR. JOÃO ATÁIDE DAS NEVES

Nota de Pesar do Conselho de Administração da APFF

A Administração do Porto da Figueira da Foz - APFF, S.A. expressa o seu profundo pesar pelo falecimento do Dr. João Ataíde das Neves.

Como Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz teve, desde o início do seu primeiro mandato, uma estreita ligação ao porto, exercendo, por inerência, desde a sua fundação, o lugar de Presidente da Assembleia Geral.

Sempre atribuiu ao porto um papel fundamental na economia local e regional, sem nunca esquecer a elevada importância que atribuía à relação com a cidade.

Exportação de Mais uma Carga de Projeto no Porto de Aveiro

Saiu esta quinta-feira, 20 de Fevereiro, do Porto de Aveiro, o navio BF AYITA, transportando uma peça metalúrgica com 77 toneladas - um digestor, peça para triturar toros de madeira -, tendo como destino o Canadá.
A operação de carga decorreu no Terminal Norte, com recurso aos meios próprios do navio.
O navio BF AYITA foi agenciado pela Marmedsa e operado pela Aveiport.

Lancha hidrográfica da Marinha realiza investigação científica com Espanha

A lancha hidrográfica Andrómeda efectuou, na zona do Canhão da Nazaré, uma missão enquadrada na cooperação entre o Instituto Hidrográfico da Marinha Portuguesa e a Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN).

Presidente da AMT visitou o novo Simulador de VTS da APDL

O Presidente da Autoridade da Mobilidade e dos Transporte (AMT), João Carvalho, deslocou-se ao Porto de Leixões para visitar o novo Simulador de Ponte de Navio, Full Mission Bridge Simulator da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), que se encontra no Centro de Formação do porto nortenho.

Navio deu à costa após andar mais de um ano à deriva

Um navio de carga que, durante mais de um ano, navegou à deriva entre os continentes americano, africano e europeu deu à costa numa vila piscatória da Irlanda, durante a tempestade Dennis.
O "MV Alta", de 77 metros de comprimento, tinha sido sequestrado em setembro de 2018 de um porto na Guiana, na América do Sul, numa altura em que a sua tripulação fora já resgatada e encaminhada para Porto Rico, devido a uma avaria na embarcação.

YILPORT LEIXÕES VOLTA A TESTAR OS 3000 TEU/DIA

"Faltou um bocadinho assim...” para o Terminal de Contentores de Leixões voltar a tocar a marca dos 3000 TEU movimentados num único dia. A fasquia ficou perto no dia 7 de Fevereiro, o melhor dia da semana nº 6, quando foram movimentados 2817 TEU, relativos à descarga/carga de 1691 contentores de seis navios, entre eles o que viria a ser o Navio da Semana.

PORTO DE LEIXÕES

Câmara de Matosinhos visita as Obras de Requalificação do Terminal de Contentores Sul

No dia 13 de fevereiro, representantes da autarquia de Matosinhos visitaram, a convite da Yilport, as obras de requalificação do Terminal de Contentores Sul do Porto de Leixões.

A comitiva, constituída pela Câmara de Matosinhos, representada pela Presidente, Luísa Salgueiro e Executivo, o Vice-Presidente Fernando Rocha e demais Vereadores, Correia Pinto, Valentim Campos e José Pedro Rodrigues, pelos Administradores da Matosinhos Habit, Tiago Maia e Matosinhos Sport, Vasco Pinho e Helena Vaz, tiveram a oportunidade de ver, no terreno, o curso desta importante obra de requalificação infraestrutural. A conclusão da obra está prevista ocorrer até ao final deste ano 2020.

AÇORES

Requalificação do Porto das Pipas voltará a «virar Angra do Heroísmo para o Mar»

A visão é do presidente do do município de Angra do Heroísmo, Álamo Meneses: o projecto de requalificação do Porto de Pipas vai voltar a virar Angra do Heroísmo para o Mar, contrariando uma tendência de afastamento. A opinião foi proferida na sequência do anúncio do arranque das obras, que deverá acontecer ainda durante este primeiro semestre de 2020.

Medidas de contingência de saúde pública relativas ao «COVID-19» em execução no Porto de Sines

Ciente da atual situação e em articulação estreita com as autoridades competentes, a APS informa que, na sua área de jurisdição, foram tomadas diversas medidas relativas à epidemia causada pelo “COVID-19”, na sequência das orientações recebidas da Autoridade de Saúde local.

SINES

Investimento superior a 2.5 mil milhões de euros pode duplicar a população do concelho

Milhares de milhões para nova refinaria da Repsol, expansão do porto, cabo transatlântico e terminal de hidrogénio vão aumentar a população da cidade e dos concelhos vizinhos, que tem estado em declínio.

Porto de Sines recebe Secretário da Energia dos EUA

Dan Brouillette, Secretário da Energia dos Estados Unidos da América visitou o Porto de Sines esta quarta-feira, dia 12 de fevereiro, acompanhado pelo Embaixador daquele país em Lisboa, George Glass.
Pedro Nuno Santos, Ministro das Infraestruturas e Habitação e Alberto Souto de Miranda, Secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, receberam a comitiva, acompanhados pelo Conselho de Administração da APS.

A visita veio confirmar o crescente interesse que o governo americano tem demonstrado pelo Porto de Sines, nomeadamente no que diz respeito ao incremento das trocas comerciais de GNL – Gás Natural Liquefeito. De facto, a visita iniciou-se no Terminal de GNL de Sines, responsável pelo fornecimento de cerca de 90% das necessidades do nosso país, tem vindo a receber parte do GNL que importa dos EUA (o designado Shale Gas).

Total: 4334