Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




ANTÓNIO COSTA:

Sines será um dos grandes centros do desenvolvimento económico do nosso país no século XXI

Na apresentação pública do projeto Sines 4.0, que contempla um investimento de 3,5 mil milhões de euros para a instalação de um megadata centre em Sines, o primeiro-ministro afirmou que a cidade "será um dos grandes centros do desenvolvimento económico do nosso país no século XXI".

Ao longo da intervenção, António Costa destacou as diversas potencialidades de Sines, como a ligação a cabos marítimos de dados, a capacidade para a produção de energia verde ou ainda o Porto de Sines como "um enorme activo".

Porto de Lisboa movimentou 1,4 Milhões de toneladas de mercadorias para as ilhas em 2020

O Porto de Lisboa registou em 2020 um total de 1,4 Milhões de toneladas na movimentação de mercadorias com as Regiões Autónomas dos Açores e Madeira, representando 15% do total de mercadorias movimentadas no Porto de Lisboa. De salientar que, do total da carga contentorizada movimentada na Região Autónoma dos Açores, 60% tem origem ou destino no porto de Lisboa, enquanto que na Região Autónoma da Madeira, esta quota sobre para 88%, posicionando Lisboa como o porto nacional líder neste tráfego.

APDL estreita cooperação com Porto da Corunha

O Presidente da APDL, Nuno Araújo e o Presidente do Porto da Corunha, Martín Fernández Prado, realizaram, a 19 de Abril, no Porto de Viana do Castelo, uma reunião de trabalho, na qual participaram José Maria Costa, Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo e o Secretário Geral do Eixo Atlântico, Xoán Vasquéz Mao.

A visita visou o reforço das relações institucionais bilaterais existentes entre os dois portos, nomeadamente o acordo de cooperação na área dos Cruzeiros, que já tem promovido importantes operações na faixa Atlântica.

Porto de Sines quer usar aeroporto de Beja para ser uma zona franca comercial e industrial

Concurso para o terminal Vasco da Gama deve avançar quando houver confirmação no mercado de que há operadores interessados em movimentar carga na infra-estrutura. Presidente da Comunidade Portuária e Logística de Sines diz que aeroporto de Beja tem de assumir o seu papel na cadeia.

A ambição é desenvolver Sines em pelo menos três áreas estratégicas: na energética (com o hidrogénio, à cabeça); no agro-negócio (já há uma parceria assinada com a Câmara de Comércio Luso-Brasileira para avaliar todas as possibilidades de transformar Sines na porta de entrada dos cereais brasileiros para a Europa); e na área do digital (o cabo submarino de fibra óptica, que é a única ligação da Europa ao continente norte-americano, deve ser inaugurado durante a presidência portuguesa do Conselho Europeu; e tendo em conta que o aeroporto de Beja poderá ser uma infra-estrutura relevante para dar resposta, com escala, ao crescimento do comércio electrónico).
 

MADEIRA

Porto de Recreio de Santa Cruz vai ser reabilitado

A obra de reabilitação do Porto de Recreio de Santa Cruz deve estar no terreno em meados de outubro deste ano e vai desenvolver-se em duas fases.

A convicção é do Vice-Presidente do Governo Regional que visitou o local recentemente, onde anunciou que a primeira fase prevê a recuperação de todo o acesso rodoviário e das instalações sanitárias e a segunda, a construção do reforço marítimo, bem como a reabilitação de todo o terrapleno, parcialmente destruído pelo mar.

APDL promove Empreitada de Dragagens de Manutenção de Fundos no Porto de Viana do Castelo

A APDL está a promover, desde o início de março, a dragagem parcial da antiga doca comercial de Viana do Castelo. Esta intervenção prevê a dragagem da metade poente da doca até à cota -3,0 m em relação ao Zero Hidrográfico, num volume total estimado de cerca de 15,5 mil metros cúbicos.

Navaltagus e Grupo ETE destacam-se em «importante» operação logística multidisciplinar

O Grupo ETE transportou, entre os dias 15 e 18 de Março, os novos passadiços (construídos nos estaleiros da Navaltagus, empresa que integra o grupo português) montados recentemente na estação Sul e Sueste do Terreiro do Paço) até ao Porto de Lisboa.

Os dois passadiços foram descarregados com recurso a duas gruas (uma flutuante e uma em cais) para uma das barcaças do Grupo ETE (munidas de uma capacidade de 2.500 toneladas e comprimento de 90 metros), sendo depois transportados por via fluvial até ao Terminal de Santa Apolónia. A garantir esta manobra estiveram presentes as várias equipas da ETE Fluvial, S&C e Navaltagus, todas empresas do Grupo ETE. Já no terminal, os passadiços foram descarregados para o navio Monte Brasil (do armador Transinsular) que viria a transportá-los na madrugada seguinte para a estação fluvial do Terreiro do Paço, onde seriam finalmente colocados.

Projectos do Centro Internacional de Investigação do Atlântico envolvem investimento de 35 milhões de euros até 2024

Vai ser instalada uma nova estação recetora de dados de satélite nos Açores que receberá diretamente em tempo real os dados enviados pelos principais satélites que cobrem o Atlântico Norte.

Estes projetos são promovidos através do Laboratório de Observação da Terra do AIR Centre, instalado desde 2019 no TERINOV, em Angra do Heroísmo, onde são desenvolvidas aplicações de dados de satélite para resolver ou mitigar desafios ambientais, incluindo a erosão costeira, os desastres naturais e a proteção das pescas e da biodiversidade.

NUNO MASCARENHAS

Porto de Sines possui «todas as condições para exportar o que quer que seja»

Em entrevista concedida à Lusa, Nuno Mascarenhas, Presidente da Câmara Municipal de Sines, mostrou-se confiante nas capacidades operacionais e geoestratégicas do Porto de Sines, considerando que a infra-estrutura portuária «tem todas as condições para exportar o que quer que seja» para a Europa e para o mundo. A região vive um «momento de viragem» e encara com afinco a aposta no cluster energético alternativo.

APDL e Yilport dão novos passos para reforçar «eficiência da portaria do Porto de Leixões»

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), em articulação com a Yilport Leixões (que gere o Terminal de Contentores de Leixões), passou a disponibilizar a informação relativa ao estado da autorização integrada para levante de contentores no Porto de Leixões, através do site da administração portuária e da APP Rodovia.

Fundos e/ou receitas do leilão 5G financiam infraestruturas críticas portuárias

A proposta de lei das Grandes Opções para 2021-2025 prevê a mobilização de fundos comunitários e/ou receitas do leilão 5G para apoiar o desenvolvimento de provas de conceito da quinta geração em infraestruturas críticas portuárias.

De acordo com as Grandes Opções (GO), aprovadas na quinta-feira pelo Conselho de Ministros, “serão mobilizados fundos comunitários e/ou receitas de leilão 5G com vista a apoiar o desenvolvimento de provas de conceito do 5G em infraestruturas críticas portuárias, de forma a identificar oportunidades de inovação e desenvolvimento e integração/parceria entre atores relevantes”.

Centro Biomarinho com maternidade de bivalves inaugurado na Nazaré

O Centro Biomarinho, constituído por laboratórios e maternidade de bivalves, que a empresa Oceano Fresco instalou no Porto da Nazaré, foi inaugurado EM cerimónia que contou com a presença do ministro do Mar e da secretária de Estado das Pescas.

Trata-se de um investimento global a rondar os 3,6 milhões de euros que pretende contribuir para “a produção sustentável de alimentos, produzindo sementes para pré-engorda de espécies autóctones, nomeadamente amêijoa boa e amêijoa macha”.

José Castel-Branco:

Portos têm «posição decisiva na manutenção do sector económico nacional»

«Temos uma posição absolutamente decisiva na manutenção da qualidade de vida e do sector económico nacional», frisou, ao ‘Diário de Notícias’, José Castel-Branco, lembrando que nem sempre é fácil explicar às pessoas a real dimensão do «gigantismo» e da «capacidade logística que o país tem de ter para abastecer cerca de 11 milhões de habitantes». Neste desafio, o Porto de Lisboa é uma das peças importantes do puzzle e não pode falhar.

PORTO DE AVEIRO

Movimento portuário em permanente crescimento

O Porto de Aveiro registou no primeiro trimestre de 2021 um crescimento de 4% face ao período homólogo. Este crescimento "foi marcado pelo aumento da movimentação dos granéis líquidos em cerca de 13% e num aumento da carga geral fracionada de cerca de 9,9%", refere a APA em comunicado. O número de navios e a sua 'arqueação Bruta' registaram também um crescimento neste trimestre, de cerca de 5% e 9%, respectivamente, face ao período homólogo de 2020.

NOS DOIS DÍGITOS

Porto de Sines cresce 10% no total e 16% nos contentores

Os primeiros três meses de 2021 mostraram que o Porto de Sines mantém a trajectória de crescimento apresentada no final de 2020. Nos contentores, os 440.645 TEU movimentados de janeiro a março representaram uma evolução homóloga de 16%, com a carga contentorizada de importação e exportação a atingir os 104.391 TEU.

Embaixador da Irlanda visitou o Porto de Leixões

O embaixador da Irlanda, Ralph Victory, visitou esta quinta-feira, 15 de abril, a infraestrutura portuária da Leixões. O representante diplomático em Portugal deslocou-se ao porto com o objetivo de conhecer os seus terminais portuários e os elevados níveis de eficiência que são reconhecidos à operação.

Corveta João Roby conclui missão na Zona Marítima dos Açores

O Navio da República Portuguesa João Roby terminou a 11 de Abril mais uma missão na Região Autónoma dos Açores, com duração de cerca de três meses.
Em colaboração com o Centro de Coordenação de Busca e Salvamento das Lages (RCC Lages), a corveta João Roby realizou diversos exercícios de busca e salvamento marítimo – SAREX (Search and Rescue Exercises) diurnos e nocturnos, em conjunto com o helicóptero EH-101 da Força Aérea Portuguesa (FAP), eplica fonte institucional da Marinha Portuguesa.
 

Janela Única Logística entrou em produção no Porto de Lisboa

O dia 14 de abril de 2021 assinala mais uma etapa de desenvolvimento na actividade do Porto de Lisboa e do sector marítimo portuário em geral, com a entrada em produção da JUL – Janela Única Logística.

Este é mais um marco importante na evolução das soluções digitais de apoio ao negócio do Porto de Lisboa, caminho iniciado há muito e que tem sido feito de forma colaborativa com outros portos.

Pandemia acelerou utilização do Balcão Eletrónico do Mar, com mais de 100 mil certificados emitidos

O recurso a este tipo de certificados eletrónicos tem subido em flecha desde que o serviço está disponível, com a emissão de 5.171 certificados no primeiro ano, 2018; 36.473 acumulados em 2019 e 88.538 em 2020, de acordo com o dados fornecidos pela DGRM. 

Concluída obra de Reabilitação da Via-Férrea no Terrapleno da Doca 2 Sul do Porto de Leixões

No dia 29 de Março foi concluída a obra de Reabilitação da Via-Férrea no Terrapleno da Doca 2 Sul do Porto de Leixões, promovida pela Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL).

Este investimento, fixado em cerca de 242 mil euros, tem como principal objectivo permitir o transporte de matéria prima (sucata) e produto acabado (ferro/aço) entre o Porto de Leixões e a SN Maia – Siderurgia Nacional, S.A., por ferrovia. Por ano são movimentados, entre produto acabado e matéria prima, mais de um milhão de toneladas entre a SN Maia e o Porto de Leixões, pelo que esta infra-estrutura irá desempenhar um papel importante na diminuição da pegada ambiental, ao permitir reduzir o tráfego rodoviário associado a este fluxo de mercadoria.

Total: 5162
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 [14] 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62 63 64 65 66 67 68 69 70 71 72 73 74 75 76 77 78 79 80 81 82 83 84 85 86 87 88 89 90 91 92 93 94 95 96 97 98 99 100 101 102 103 104 105 106 107 108 109 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119 120 121 122 123 124 125 126 127 128 129 130 131 132 133 134 135 136 137 138 139 140 141 142 143 144 145 146 147 148 149 150 151 152 153 154 155 156 157 158 159 160 161 162 163 164 165 166 167 168 169 170 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185 186 187 188 189 190 191 192 193 194 195 196 197 198 199 200 201 202 203 204 205 206 207 208 209 210 211 212 213 214 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 225 226 227 228 229 230 231 232 233 234 235 236 237 238 239 240 241 242 243 244 245 246 247 248 249 250 251 252 253 254 255 256 257 258 259