Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




DGRM anuncia medidas extraordinárias para fazer face à pandemia COVID-19

A DGRM anunciou o lançamento de «linhas de orientação» para a adopção de «medidas extraordinárias resultantes da pandemia COVID-19», que se aplicarão a todos os proprietários registados, fretadores registados para regimes de fretamento a casco nu, gestores e representantes de navios que arvoram a bandeira portuguesa.

DOCA DOS PESCADORES | PORTO DE SETÚBAL

Concluído investimento de 217 mil euros para proteger passadiços flutuantes

O Porto de Setúbal concluiu a 20 de Março os trabalhos de instalação da Estrutura Dissipadora de Energia junto ao Molhe de Proteção à Doca dos Pescadores, obra que representa um investimento de 217 mil euros.

Abastecimento marítimo aos Açores a decorrer conforme o esperado

O Governo dos Açores assegura que o abastecimento da região por via marítima “está a decorrer conforme o esperado”, após ter sido decretada a requisição civil dos trabalhadores portuários em Lisboa.

“A Secretaria Regional dos Transportes e Obras Públicas, em contacto com os armadores que operam para os Açores, informa que o abastecimento da Região por via marítima está a decorrer conforme o esperado, após ter sido decretada a requisição civil dos trabalhadores portuários em Lisboa”, lê-se numa nota enviada às redações.

Navio-escola Sagres cancela viagem e regressa a Lisboa em maio

A viagem de celebração dos 500 anos da circum-navegação de Fernão de Magalhães vai ser interrompida e o navio-escola Sagres vai regressar a Lisboa em "meados de maio" devido ao risco da covid-19, anunciou esta terça-feira o Governo português.

APSS implementa plano de resposta e prevenção ao Covid-19

No seguimento das medidas preventivas decretadas pelo Governo e seguindo as recomendações da Direção-Geral de Saúde, a Administração do Porto de Setúbal e de Sesimbra, em estreita articulação com as autoridades competentes, ativou o seu Plano de Contingência para emergências de Saúde Pública, com o objetivo de ajudar a controlar a atual situação epidémica causada por COVID 19.

Chumbo do terminal de contentores do Barreiro gera ninho de empresas

Após a ideia da instalação de um terminal de contentores no Barreiro, a Câmara Municipal decidiu investir numa nova estratégia, e utilizar o espaço que seria dedicado a esse fim para consolidar um ninho de empresas nesta região.

PORTO DE LISBOA

Portugal inicia operação conjunta para repatriar 1.338 passageiros de navio de cruzeiro

Segundo o Porto de Lisboa, as autoridades competentes, em conjunto com a MSC Cruises, estão "a desenvolver esforços que lhes permitam repatriar os passageiros que viajam no MSC Fantasia com a maior celeridade possível".

Balanço positivo no Porto de Leixões

Registou-se uma das cinco melhores semanas de sempre no Terminal de Contentores de Leixões, onde se operaram 32 navios e movimentaram-se 17.366 TEU, segundo a Yilport Leixões.

O movimento aumentou não só na frente de cais, mas também no parque, através da entrada e saída de contentores, com camião ou comboio. Na semana passada contaram-se 8.700 caixas entre recepções e entregas, e no dia 7 de Março foram movimentados 3.814 TEU de sete navios.

Porto de Lisboa volta à normalidade sem contar com estivadores da A-ETPL

A Associação de Operadores do Porto de Lisboa (AOPL) revelou que o Porto de Lisboa retomou a atividade normal e reafirmou que os trabalhadores da empresa de trabalho portuário A-ETPL já não integram o efetivo daquela infraestrutura portuária.

APAT

Sistema logístico com «responsabilidade aumentada» face à ameaça do COVID-19

A disseminação do COVID-19 encontra-se na fase exponencial em Portugal e o tempo é de reunir as forças logísticas do país para manter o fluxo de mercadorias a circular até àqueles que mais necessitam – é neste contexto que a APAT frisa, em comunicado, que o sistema logístico, de cujo desempenho depende o sucesso do combate ao novo coronavírus, precisa de apoios adicionais por parte do Governo para ser o mais efectivo possível.

APDL não pára!

O Conselho de Administração da APDL agradece e saúda reconhecidamente todos os profissionais e suas famílias que, em tempos difíceis, continuam a operar para que nada falte aos portugueses e para que a economia não pare.

Os 4 fundamentos básicos da gestão de equipas de trabalho à distância

Com o cenário actual resultado do Covid-19, o trabalho remoto converteu-se repentinamente na realidade diária de um elevado número de pessoas e organizações. Como gerir a sua equipa em trabalho remoto com êxito, garantindo a produtividade?

A Robert Walters explica os 4 fundamentos em que se deve basear esta modalidade de trabalho de forma a assegurar a máxima eficácia.

Nota de Pesar pelo falecimento da Dra. Alexandra Mendonça

A Direcção da APP manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento da Dra. Alexandra Mendonça, que entre 2008 e 2017 integrou o Conselho de Administração dos Portos da Madeira, primeiro como Vogal, depois como Presidente.
Alexandra Mendonça fez também parte, durante vários anos, dos Corpos Sociais da Associação dos Portos de Portugal.

O seu empenho, entrega e determinação serão sempre recordados, bem como a forma profissional como promoveu os Portos da Madeira internacionalmente.

APS comunica o falecimento do Eng. José Manuel Dias

O Conselho de Administração da APS, SA comunica, com profundo pesar, a toda a Comunidade Portuária, às suas famílias e demais amigos que faleceu dia 20 de março, o Eng. José Manuel Dias, que serviu na APS durante mais de 20 anos.

Desempenhando atualmente o cargo de Diretor de Sistemas de Informação, Planeamento e Comunicação, o Eng. José Manuel Dias teve um papel determinante nos processos de digitalização do sistema portuário nacional, contribuindo empenhadamente para a simplificação e agilização dos procedimentos no Porto de Sines. A determinação com que encarava os projetos nos quais esteve inserido ficará para sempre na nossa memória.

AGEPOR apoia «inequivocamente» requisição civil no Porto de Lisboa

A Associação dos Agentes de Navegação de Portugal (AGEPOR) manifestou o seu apoio à decisão do Governo de decretar uma requisição civil dos estivadores do Porto de Lisboa.
“A AGEPOR apoia inequivocamente a decisão do Governo de proceder à Requisição Civil dos trabalhadores portuários”, afirma a associação, em comunicado enviado às redações.

Para a AGEPOR, “é inconcebível que se continue uma greve em total indiferença para com a situação dramática que o país vive”, considerando que “é mais uma manifestação do desfasamento do SEAL [Sindicato dos Estivadores e da Atividade Logística] para com a realidade”.

Patrões acusam estivadores de violação de estado de emergência

A empresa de estiva de Lisboa Sotagus acusou esta quinta-feira o sindicato dos estivadores de inviabilizar o transporte de alimentos e material médico para a Madeira e Açores, apesar da declaração de estado de emergência.

Segundo um comunicado da Sotagus, “dos 29 trabalhadores que se deveriam apresentar ao trabalho às 08:00 da manhã de hoje, apenas cinco o fizeram, o que não permite ter sequer uma equipa mínima para trabalhar os navios”.

Governo da Madeira agradece celeridade na requisição civil no Porto de Lisboa

Pedro Calado agradeceu a celeridade do Governo da República em decretar a requisição civil no Porto de Lisboa.
"Estamos satisfeitos e agradeço a celeridade que o Governo da República manifestou com a nossa preocupação e decretou, de imediato, a nossa solicitação de requisição civil", disse.
O Vice-presidente falava aos jornalistas no final de um encontro com representantes das instituições bancárias sedeadas na Madeira.

Segundo o governante, com essa requisição civil fica "salvaguardado o transporte de mercadorias para a região", pelo que "não há necessidade, nem há neste momento grandes motivos de alerta".
 

Governo dos Açores satisfeito com requisição civil no Porto de Lisboa

O Governo dos Açores declarou-se satisfeito com a requisição civil decidida para o Porto de Lisboa, acrescentando que na segunda-feira e na terça se deram os alertas "mais graves" no acompanhar da greve dos estivadores.

O QUE DIZ O DECRETO SOBRE O ESTADO DE EMERGÊNCIA

Direito à greve está suspenso

Depois de na terça-feira à noite o Conselho de Ministros ter decretado a requisição civil dos estivadores do Porto de Lisboa que não asseguraram os serviços mínimos que estavam definidos ao alargarem sucessivamente os períodos da greve, agora o direito à greve fica mesmo “suspenso”. Porque, justifica-se no texto, pode “comprometer o funcionamento de infra-estruturas críticas ou de unidades de prestação de cuidados de saúde, bem como em sectores económicos vitais para a produção, abastecimento e fornecimento de bens e serviços essenciais à população”.

GREVE EM PLENA PANDEMIA

Governo decreta requisição civil no Porto de Lisboa

O Ministério das Infraestruturas e da Habitação, liderado por Pedro Nuno Santos, decretou esta terça-feira, dia 17 de Março de 2020, a requisição civil no Porto de Lisboa para fazer face aos constrangimentos provocados pela greve dos estivadores em plena crise da covid-19.

De acordo com o Governo, “o sindicato que declarou a greve e os trabalhadores por ela abrangidos não asseguraram os serviços mínimos fixados, pondo em risco o abastecimento das regiões autónomas dos Açores e da Madeira e da região de Lisboa”.

Total: 4330