Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística




Espanha cede 120 toneladas de quota de atum patudo a Portugal

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia dos Açores, Gui Menezes, revelou que Espanha concordou em ceder 120 toneladas de quota de atum patudo a Portugal, na sequência de negociações sobre esta matéria entre o Governo da República, por via do Ministério do Mar, e o Governo espanhol, conforme solicitado pelos Executivos açoriano e madeirense.

NO PICO E EM SÃO MIGUEL

Descarregadas 150 toneladas de atum em dia e meio

Em dia e meio foram descarregadas cerca de 150 toneladas de bonito nos portos de São Miguel e do Pico, no valor de 215,4 mil euros, o equivalente a um preço médio por quilo de 1.46 euros. Este poderá ter sido um dos records da pesca de bonito nos Açores em tão pouco tempo.

Barco de Fábio Coentrão salva pescadores no mar

Foi mais um susto para os pescadores de Vila do Conde que na madrugada de quinta-feira seguiam numa embarcação que se afundou. Entre 15 a 20 homens estavam à pesca da sardinha a cerca de 18 quilómetros do porto de Aveiro, quando a traineira ‘Cristo é Companheiro’ começou a meter água, pelas 03h30.

"Eles aperceberam-se que a embarcação estava a afundar e entraram em pânico. Só tiveram tempo de saltar para o barco de apoio e pedir socorro", disse, ao CM, José Festas, da Associação Pró-Maior. Foram resgatados, ao largo da Torreira, pela embarcação ‘Vitória Coentrão’ – do jogador Fábio Coentrão – que estava próximo do local.

DGRM determina redução das capturas diárias de sardinha em 15%

Desde 11 de Julho que está em vigor um Despacho (nº 41/DG/2018) da Direcção-geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) que determina a redução em 15% das capturas diárias da sardinha face aos limites previamente estabelecidos no Despacho nº 4334-A/2018, de 27 de Abril.

CARAPAU É BOA ONDA

Ministério do Mar quer incentivar consumo da espécie

O Ministério do Mar, liderado por Ana Paula Vitorino, quer “pôr os portugueses a comerem mais carapau”. Assim, a Docapesca — Portos de Lotas, tutelada por aquele Ministério, colocou, a 12 de Julho, uma campanha publicitária no ar para promover o consumo de carapau.

O carapau “existe com abundância todo o ano no nosso mar”, garante fonte da Docapesca, acrescentando que “é saudável e saboroso e pode ser considerado um verdadeiro peixe português, porque representa o que o nosso País tem de melhor: o mar, a genuinidade, a tradição, os sabores intensos, os bons momentos à mesa e a popularidade”.

Pesca nunca deu tanto dinheiro como em 2017

O pescado descarregados em lota nos portos da Madeira em 2017 andou perto das 8 mil toneladas, representando um aumento de 39% face ao ano anterior. De acordo com os dados provisórios das Contas Económicas da Agricultura Regionais (CEAREG), o total de pesca descarregada foi de 7.987 toneladas, sendo o valor de primeira venda de 21,6 milhões de euros, um aumento de 40%, que acompanha a proporção das capturas.

Governo revê sanções a pescadores e a comércio de aquicultura

O Governo está a rever o regime sancionatório da atividade de pesca comercial marítima, nas várias fases de produção, e do comércio de produtos de aquicultura, e pediu parecer à Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD).

AÇORES

Director Regional alerta: importante garantir pescaria sustentável de atum

O director Regional das Pescas dos Açores remeteu a 18 de Junho um comunicado às associações do sector da pesca alertando para “a importância” de garantir que a pescaria de atum seja realizada de “uma forma responsável e sustentável”. Refira-se que Portugal já atingiu 66% da quota de atum patudo.
No documento enviado, Luís Rodrigues congratulou-se com “a abundância de atum que se tem verificado no mar dos Açores”, mas adverte os parceiros do sector para “a necessidade de se fazer uma gestão das capturas” de tunídeos.

Açores e Madeira não deverão perder fundos para as pescas

Apesar do corte de 5% para as pescas previsto no próximo orçamento da União Europeia para o período 2021-2027, as Regiões Autónomas, que pela primeira vez disporão de um pacote financeiro próprio para o efeito (na qualidade de Regiões Ultra-Periféricas), não deverão ser prejudicadas.

PORTUGAL E ESPANHA ASSINAM ACORDO DE PESCAS PARA OS PRÓXIMOS CINCO ANOS

A Ministra do Mar de Portugal, Ana Paula Vitorino, e o Ministro da Agricultura, Pesca e Alimentação de Espanha, Luís Planas, assinaram esta segunda-feira, dia 18 de Junho, um novo Acordo Bilateral de Pescas, para o período 2018-2022. A assinatura do Acordo foi realizada no Luxemburgo, à margem do Conselho de Ministros da União Europeia.

João Aguiar Machado debateu pescas com Gui Meneses

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia dos Açores, Gui Meneses, reuniu-se em Bruxelas com o Director Geral dos Assuntos Marítimos e das Pescas da Comissão Europeia (CE), João Aguiar Machado, com quem discutiu assuntos em preparação na CE e que terão repercussão no arquipélago, em particular relacionados com a pesca.

ESTE SÁBADO

Almograve comemora Dia do Pescador

Realiza-se este sábado, dia 16 de junho, na aldeia de Almograve a 16ª edição da Comemoração do Dia do Pescador no concelho de Odemira, uma iniciativa que tem por objetivo refletir sobre desafios do setor e ao mesmo tempo promover o convívio entre a comunidade piscatória do concelho.

Karmenu Vella satisfeito com resultados da indústria europeia de processamento de pescado

A indústria de processamento de pescado da União Europeia (UE) registou um volume de negócios próximo dos 30 biliões de euros em 2015, segundo um relatório da Comissão Europeia agora divulgado. Segundo o documento, o valor acrescentado bruto (VAB) atingiu os 6 biliões de euros e os empregos totalizaram 126.413 (dos quais 45% relativos a mulheres). Além disso, entre 2008 e 2015, nesta indústria, os salários cresceram 22%.

Já arrancou projecto-piloto do DPe+

Já arrancou o projecto-piloto de aplicação do Diário de Pesca eletrónico (DPe+) a bordo de navios de pesca, promovido pela Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

AÇORES

FEAMP apoia parcerias entre cientistas e pescadores com 1,2 milhões de euros

O Secretário Regional do Mar, Ciência e Tecnologia dos Açores, Gui Menezes, anunciou a criação de um novo regime de apoio para investimento no desenvolvimento de parcerias entre cientistas e pescadores, dotado de 1,2 milhões de euros. A medida enquadra-se no âmbito do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas (FEAMP) e poderá contemplar até seis projectos, com um valor máximo de apoio público por projecto de 200 mil euros.

NAZARÉ

Apreensão e doação de 150 quilos de polvo

A DGRM – Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos informa que a Unidade de Controlo Costeiro, através do Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré, apreendeu no dia 24 de Maio, no Porto de Abrigo da Nazaré, 150 quilos de polvo.
A apreensão foi efetuada no âmbito de uma ação de fiscalização ao transporte de pescado, moluscos bivalves vivos e crustáceos, tendo os 150 quilos de polvo sido apreendidos por não possuírem o peso regulamentar de venda (750 gramas).

O pescado apreendido, depois de submetido ao controlo higio-sanitário pela entidade competente, foi entregue a várias instituições de solidariedade, por se encontrar próprio para o consumo.

Governo atribui desconto na gasolina à pequena pesca artesanal e costeira

O Governo vai atribuir um desconto na gasolina aos pescadores que se dediquem à pequena pesca artesanal e costeira, conforme indica uma portaria publicada em Diário da República.

O subsídio, suportado pela Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) até ao montante máximo de 500.000 euros, insere-se no âmbito do auxílio de minimis (conjunto de ajudas que os Estados podem conceder às empresas residentes, não afetando, de forma significativa, o livre comércio e concorrência) ao setor da pesca e corresponde a uma redução no preço final da gasolina, "equivalente ao que resulta de redução da taxa aplicável ao gasóleo consumido na pesca".

Pescadores garantem que há mais sardinha

Os pescadores algarvios garantem que este ano têm detetado mais sardinha no mar. O preço alcançado em lota cifra-se, em média, entre 1,50 e 2 euros/quilo, o que é um valor superior ao atingido em igual período de 2017.

"Há uma evidência clara da recuperação do recurso", revela ao CM Miguel Cardoso, presidente da Olhãopesca - Organização de Produtores de Pesca do Algarve. Este responsável acredita que o cruzeiro de monitorização que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera está a realizar no Algarve confirme que "há mais sardinha".

FIGUEIRA DA FOZ

Pesca da sardinha regressa em força

Fresca, com "óptimo tamanho" e em quantid-de. Boa, já se sabe que é, quando se fala de sardinha capturada na costa da Figueira da Foz. O presidente da Cooperativa de Produtores de Peixe Centro Litoral, o armador figueirense António Miguel Lé, faz balanço positivo dos primeiros lances do regresso ao mar para capturar o mais popular pescado entre os portugueses, nesta época do ano.

DOCAPESCA ASSINA ACORDO DE EMPRESA COM SINDICATOS

Cumprindo a orientação estabelecida pela Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, e pela tutela financeira, o Conselho de Administração Docapesca - Portos e Lotas, S.A. assinou quarta-feira, dia 23 de Maio, com a Federação dos Sindicatos do Sector das Pescas, afeta à Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses – Intersindical Nacional (CGTP–IN) e com o Sindepescas - Sindicato Democrático das Pescas, afeto à União Geral de Trabalhadores (UGT), as alterações ao Acordo de Empresa.

Total: 362
1 2 3 4 5 6 [7] 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19