Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística


Ministério do Ambiente quer monitorização mais rigorosa do litoral

A ministra do Ambiente pretende apostar numa monitorização mais rigorosa da orla costeira, definindo como prioridade a segurança de pessoas e bens e a prevenção de riscos nas arribas.
A ministra da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território, Assunção Cristas, afirmou que o Plano de Acção de Valorização e Protecção do Litoral 2012-2015 quer assegurar que as acções de intervenção definidas sejam concretizadas.

ARH do Tejo investe oito milhões de euros em sete praias

A Administração Regional Hidrográfica do Tejo anunciou que vai investir oito milhões de euros em obras de consolidação de arribas da região até ao final de 2013, onde foram identificadas 78 situações de perigo. "Está em curso uma intervenção, na ordem dos 1,7 milhões, em S. Pedro de Moel, e estão previstas outras obras que se estimam em cerca de oito milhões de euros", informa a Agência Portuguesa do Ambiente.
A obra na Praia de S. Pedro de Moel, no concelho da Marinha Grande, consiste na execução de uma estrutura de protecção na base da arriba e na realização de um sistema de drenagem de águas.

VOLVO OCEAN RACE

Surfista português lidera acção ambiental na regata

João Parrinha, surfista e artista plástico da associação Skeleton Sea, aliou-se a mais uma acção de alerta ambiental – Keep the Oceans Clean! –, com os organizadores da Volvo Ocean Race na praia de Algés, com centenas de pessoas a limpar a praia e recolher objectos e lixo que serão transformados em esculturas. «As pessoas precisam de estar mais conscientes acerca do ambiente e do impacto que o lixo deixado nas praias causa aos oceanos», afirmou o surfista português, que lidera também os workshops diários para crianças e adultos na Race Village, na doca de Pedrouços.

Unesco faz ultimato à Austrália porque a Grande Barreira de Coral está em risco

A Unesco fez um ultimato ao governo australiano para que tome medidas urgentes de protecção da Grande Barreira de Coral, em risco devido ao boom da indústria mineira e da exploração de gás. Se nada for feito, a organização ameaça incluir o maior recife de coral do mundo – classificado como Património Mundial desde 1981 – na lista do património “em perigo”.

COM DESTAQUE PARA AREAIS DO SUL

Quercus atribui qualidade de ouro a 290 praias

O concelho de Albufeira, no Algarve, é o que tem mais praias com qualidade de ouro - 18 -, segundo os critérios da Quercus. Num total de 526 zonas balneares, a associação ambientalista distingue este ano 290, mais quatro do que no ano passado. Apesar deste sinal positivo, aumentou o número de praias com qualidade “má” (seis, mais cinco do que em 2011) e diminuiu o das zonas balneares com qualidade “excelente”.

Peixe-robot monitoriza qualidade da água em tempo real

Universidades europeias que participam do chamado projecto Shoal desenvolveram um peixe-robot que analisa a qualidade da água em tempo real. A tecnologia empregue reduz o tempo que se leva para detectar a poluição da água. De semanas, passou a ser de poucos segundos.
O produto será vendido às autoridades portuárias, companhias de abastecimento de água e aquários, entre outros interessados.
Além das universidades, o consórcio tem a colaboração de empresas privadas e do porto de Gijon, em Espanha.

Radioactividade de Fukuxima em atum da Califórnia

O atum pescado recentemente no Pacífico, ao largo da costa da Califórnia, revelou "níveis moderadamente elevados" de dois isótopos radioativos. Os cientistas que detectaram a situação atribuem a contaminação à radioactividade libertada no mar pela central nuclear de Fukuxima, em Março do ano passado, mas asseguram que esses aumentos não constituem problema para a saúde dos consumidores, dado que estão abaixo dos limites de segurança.

Porto de Setúbal com reach stacker ecológico

O Porto de Setúbal passou a dispor de mais um equipamento de movimentação de carga. A Tersado – Terminais Portuários do Sado, SA, concessionária do Terminal Multiusos Zona 1, colocou à disposição dos seus clientes um novo reach stacker, que se notabiliza pela sua vertente ecológica, com baixas emissões de gases de escape.

Madeira quer área marinha das Selvagens como zona protegida

O secretário regional do Ambiente e Recursos Naturais da Madeira anunciou que pretende desenvolver o processo para tornar a área marinha da Reserva Natural das Ilhas Selvagens numa zona também protegida. “O passo seguinte vai ser alargar a zona de protecção especial das Selvagens, no âmbito da Rede Natura 2000, à área marinha. Vamos criar, associada à área terrestre, uma área de protecção marinha para defesa das aves e correspondente àquela que tem sido a recomendação da própria União Europeia”, disse o governante Manuel António Correia.

Capitão do cargueiro que causou derrame na Nova Zelândia condenado a prisão

O capitão e o primeiro-oficial do Rena, cargueiro que naufragou em Outubro último e que causou um derrame de combustível na Nova Zelândia, foram condenados a sete meses de prisão por navegação perigosa e entraves à Justiça.
Mauro Balomaga e Leonil Relon estavam ao comando do cargueiro, com pavilhão da Libéria, quando, a 5 de Outubro, este encalhou no recife Astrolábio, a 22 quilómetros de Tauranga, Nova Zelândia. Dia 25, ambos compareceram no Tribunal de Tauranga para ouvirem a sentença.

Estudo conclui que barcos e golfinhos usam as mesmas áreas no Sado

A zona preferida dos roazes no estuário do Sado é também a zona mais usada pelas embarcações, concluiu um estudo apresentado na semana passada e que abre a porta a um reforço da fiscalização naquelas águas, para proteger os animais.
Os 27 roazes (Tursiops truncatus) do estuário do Sado convivem com ferries, rebocadores, embarcações de pesca e recreio e navios destinados à zona industrial e aos estaleiros navais. Depois de meses nas águas do estuário, uma equipa da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa concluiu recentemente que o canal Sul do estuário é a zona mais usada pelos golfinhos mas também aquela que é mais utilizada pelas embarcações.

PARA AUMENTAR O NÚMERO DE GOLFINHOS

Assunção Cristas defende que despoluição do Sado é fundamental

A Ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, defende que o trabalho de despoluição do Sado é fundamental para o aumento da população de golfinhos no rio.
No âmbito do Dia Internacional da Biodiversidade, Assunção Cristas embarcou num galeão no Porto de Setúbal para observar a comunidade de golfinhos do estuário do Sado, que actualmente conta com 27 indivíduos. "Portugal tem aqui um exemplo da riqueza marinha que pode ser divulgado tanto aos portugueses como aos estrangeiros. Tem havido um esforço para despoluir esta zona, mas ainda há muito a fazer", afirmou a governante aos jornalistas.

COMEÇA ESTA SEGUNDA-FEIRA, 28 DE MAIO, EM VILA NOVA DE CERVEIRA

Conferência Internacional Ecologia e Conservação de Peixes de Água Doce

Vila Nova de Cerveira recebe de hoje a 2 de Junho, a Conferência Internacional Ecologia e Conservação de Peixes de Água Doce (International Conference Ecology & Conservation of Freshwater Fish – ECFF 2012). A organização é da Câmara Municipal, através do Aquamuseu do Rio Minho, da Escola Superior Gallaecia e do CIIMAR – Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental. Já há mais de meia centena de participantes estrangeiros inscritos, oriundos de quatro dezenas de países, de praticamente todos os continentes.

INUNDAÇÕES

Lisboa, Porto, Gaia e Coimbra mais vulneráveis

As zonas ribeirinhas de Lisboa, Porto, Gaia e Coimbra foram consideradas «particularmente vulneráveis» a inundações numa avaliação de um grupo de investigadores que realçam a importância de conhecer o risco para poder reduzir os seus efeitos. O trabalho abrange o país, mas «é mais detalhado para Lisboa, na zona ribeirinha e em Algés, Porto, Gaia e Coimbra», disse à agência Lusa o coordenador do grupo de estudo, Filipe Duarte Santos.
Como já tinha referido em Novembro à Lusa, a propósito da apresentação de alguns resultados preliminares, além destas cidades, a zona costeira é também afetada por inundações devido ao «problema da erosão».

22 DE MAIO - ESTE ANO O TEMA É A BIODIVERSIDADE MARINHA

Dia Internacional da Biodiversidade

A 22 de Maio comemora-se o Dia Internacional da Biodiversidade, dia em que, no ano de 1992, se adoptou o texto final da Convenção da Diversidade Biológica. Proclamada pelas Nações Unidas, esta efeméride visa aumentar a consciencialização acerca da importância da diversidade biológica. Este ano, o tema é a “Biodiversidade marinha”.

AÇORES

Corvo cria reserva para aves marinhas

O "Hotel dos Cagarros", com uma centena de ninhos e vista para o mar, foi criado no Corvo, Açores, num projecto pioneiro a nível mundial que visa criar uma colónia para aves marinhas sem predadores. Os terrenos onde foi criada a reserva foram escolhidos por terem condições para a nidificação das aves, mas também por não terem uso agrícola, estando em curso a recuperação da flora endémica.

Bandeiras azuis em 2012

Infografia do "Público" com informação detalhada sobre as praias portuguesas que, em 2012, conquistaram a almejada classificação de "Bandeira Azul".

BANDEIRA AZUL

Galardão atribuído este ano a 275 praias

Portugal tem este ano 275 praias com Bandeira Azul, mais quatro do que em 2011, revela a associação que atribui esta distinção da qualidade das zonas balneares. Segundo dados da Associação Bandeira Azul da Europa, divulgados numa conferência de imprensa em Lisboa, o número de Bandeiras Azuis atribuídas subiu nas regiões do Norte, do Centro, do Tejo e do Alentejo e desceu no Algarve, nos Açores e na Madeira.

PONTA DELGADA

Dois navios da Norwegian Cruise Line comemoram o Dia da Terra e Dia da Árvore

Numa iniciativa dos oficiais do navio Norwegian Epic, em parceria com a Portos dos Açores, S.A. e Bensaúde Shipping, realizou-se uma cerimónia nos jardins da avenida marginal de Ponta Delgada, relativa à comemoração do Dia da Terra.
O evento, realizado a 21 de Abril, consistiu na plantação de dez árvores e colocação de placas alusivas por parte das entidades envolvidas.

Há níveis consideráveis de toxinas mortais em moluscos da costa portuguesa

Um estudo desenvolvido nos centros de investigação da Universidade do Porto revela que existe nos últimos anos um aumento dos níveis de uma toxina mortal em moluscos recolhidos na zona costeira portuguesa. A Tetrodotoxina é responsável por um elevado número de mortes em humanos, especialmente no Japão, onde o fugu (peixe-balão) é uma iguaria muito apreciada e que, caso seja mal preparada, pode ser mortal pelos níveis de tetrodotoxina que contém.

Total: 397
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 [14] 15 16 17 18 19 20