Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística


Já há mais duas águias-pesqueiras a tomar banho na albufeira de Alqueva

O projecto para trazer de volta a águia-pesqueira ao Alentejo libertou, a 15 de Agosto, mais duas aves, que se juntam às oito que já voavam sobre a albufeira de Alqueva. Por estes dias, tomam banhos para se refrescar e aprendem a pescar sozinhas.
A rotina está mais ou menos estabelecida. “Chegam de manhã cedo, alimentam-se com o peixe que deixamos nas plataformas artificiais e partem. Depois, regressam ao final da tarde”, disse Andreia Dias, coordenadora operacional do projecto.

VÍDEO COM IMAGENS FABULOSAS

Águia-pesqueira em acção

O vídeo é da "BBC Natural History Unit", chancela de qualidade aposta, naturalmente. Imagens da águia-pesqueira em acção, rondando as presas, primeiro, para depois, num voo vertiginoso, as apanhar, sem dó nem piedade. Há presas de tamanho robusto e imagens da captura dentro de água. Obrigatório ver.

PONTO DE INTERROGAÇÃO

O que é a águia-pesqueira?

É uma espécie de ave de rapina de porte médio, com cerca de 57 cm de comprimento, 2 metros de envergadura e chega a pesar 2,1 quilos. É caracterizada por ter a cabeça e partes inferiores brancas, partes superiores do corpo pardo-anegradas, asas longas e estreitas com mancha negra, penas nucais eriçadas e cauda curta. As patas são cinzento-azuladas e o bico preto e enganchado.

A ameaça de plástico saltou fronteiras e já está no Atlântico

A área de Portugal, Espanha e Andorra não chegam para preencher a mancha de plástico microscópico do oceano. E há outra no Pacífico.
“A era do plástico vai levar ao suicídio da espécie humana.” Sem reservas, o investigador norte-americano Charles J. Moore lança o vaticínio, 15 anos após a descoberta da chamada “Ilha de Plástico do Oceano Pacífico” – uma área de mais de 690 mil quilómetros quadrados, entre a América do Norte e a Ásia, composta por pedaços de plástico de várias dimensões que flutuam à deriva e que matam anualmente mais de um milhão de aves e espécies marinhas. Um problema que já nos bateu a porta e chegou ao Atlântico.

 

«Mar Limpo» na Nazaré

Um grupo de jovens em férias recolheu lixo das águas do porto de abrigo, na Nazaré. Comentários de Jorge Barroso, presidente da C. M. da Nazaré. Reportagem da SIC.

COMEÇA ESTE DOMINGO E VAI ATÉ 31 DE AGOSTO

Semana Mundial da Água

A semana mundial da água é comemorada nos dias 26 a 31 de Agosto em Estocolmo, Suécia, e tem como tema principal "Água e segurança alimentar".
A Semana Mundial da Água 2012, organizada pelo Stockholm International Water Institute (SIWI) tem sido, desde 1991, o evento mundial fulcral para debate de questões urgentes relacionas com a água. Neste ano vai focar um dos mais antigos e urgentes desafios para o desenvolvimento humano: água e segurança alimentar.

COLABORAÇÃO DOS PORTOS DE AVEIRO E DE PENICHE

Projecto 3R-FISH concluído

Terminou o projeto 3R-FISH – Modelo de gestão integrada para a recuperação e reciclagem de resíduos sólidos próprios da atividade pesqueira e portuária, desenvolvido entre 2009 e 2011, com o intuito de evitar a descarga no meio marinho de redes e equipamentos de pesca fora de uso, caixas de poliestireno expandido (esferovite) e pilhas, durante as operações de pesca, bem como garantir o seu correto encaminhamento no porto, promovendo o aproveitamento destes resíduos através de uma adequada gestão e reciclagem.

VÍDEO

Cultivar lavagantes para repovoar

O Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, no Porto, e a Estação Litoral da Aguda, em Vila Nova de Gaia, estão a promover um projecto de cultivo do lavagante para fins de repovoamento. Segundo os promotores desta campanha de repovoamento, o lavagante europeu está a desaparecer do mar da Aguda devido à captura excessiva e escassas políticas de conservação. O projecto do ICBAS/ELA foi iniciado em 2006, quando os pescadores locais começaram a verificar que apanhavam cada vez menos crustáceos e mesmo os capturados eram de pequenas dimensões.

PROCURAM-SE! | RECOMPENSA DE 5 EUROS!

Sargos marcados com etiquetas do CO à solta na costa alentejana

No âmbito do projeto PROTECT- Estudos para a proteção marinha na Costa Alentejana, financiado pelo Programa Operacional Pescas 2007-2013 (PROMAR), está a decorrer uma campanha de marcação de sargos com etiquetas externas (de cor amarela ou verde), implantadas na zona da inserção da barbatana dorsal. Os peixes estão a ser capturados à cana e cuidadosamente marcados e libertados logo de seguida na Área Marinha Protegida da Ilha do Pessegueiro (Porto Covo, Sines).

NO ESTUÁRIO DO TEJO E NOS PORTOS DE SINES E CASCAIS

Estudar novas espécies invasoras

É um projecto pioneiro em Portugal. Estuda a entrada de espécies exóticas nos estuários portugueses, sobretudo no Tejo e também nos Portos de Sines e de Cascais.

ALEXANDRA CUNHA

A bióloga fascinada pelo azul profundo do mar

A PRESIDENTE DA LIGA PARA A PROTECÇÃO DA NATUREZA é fascinada pelo azul profundo do mar. Bióloga marinha e investigadora no Centro de Ciências do Mar da Universidade do Algarve, ganhou recentemente um prémio pelo seu projecto de protecção das pradarias marinhas. Mas o primeiro ordenado que ganhou foi numa oficina na vila oleira de Porches.

TRABALHO DE CONSERVAÇÃO VALE PRÉMIO INTERNACIONAL A ALEXANDRA CUNHA

Pradarias marinhas precisam de ser adoptadas!

As pradarias marinhas estão a desaparecer porque “ninguém as conhece”, afirma Alexandra Cunha. Estas “ervinhas que normalmente só são distinguidas pelas pessoas que fazem mergulho” podem não parecer importantes mas, de facto, são ecossistemas fundamentais quer do ponto de vista ecológico quer económico, pois proporcionam habitats para outras espécies, aumentam a biodiversidade marinha, servem de abrigo, ajudam a manter a qualidade e transparência da água, diminuem a erosão costeira, reduzem a quantidade de CO2 atmosférico, entre outras coisas.

Conheça o Projecto BIOMARES

O projecto Biomares nasceu da ideia de ajudar a preservar e a recuperar a biodiversidade do Parque Marinho Professor Luiz Saldanha, incluído no Parque Natural da Arrábida. Os estudos até agora realizados revelam que este Parque Marinho apresenta, do ponto de vista da conservação, aspectos extremamente interessantes e importantes a preservar. No entanto, dada a complexidade técnica e custo financeiro para implementar as medidas de protecção e gestão, foi necessário recorrer a fundos comunitários e co-financiamento, bem como a especialistas de universidades e centros de investigação portugueses e estrangeiros.

ENSAIO APOIADO PELO IPTM

Dispositivo de energia das ondas testado no porto da Nazaré

Nos dias 23 e 24 de Julho, foi testado no porto da Nazaré um modelo dum dispositivo flutuante para aproveitamento da energia das ondas. O dispositivo foi concebido e estudado no Instituto Superior Técnico. Os ensaios consistiram na verificação da estabilidade do sistema na água e na verificação dos equipamentos de medição, transmissão e registo dos dados do seu desempenho. O porto da Nazaré apoiou os ensaios e disponibilizou os meios logísticos em terra e na água.

PORTO SANTO

Limpeza no Ilhéu da Cal

A Câmara Municipal do Porto Santo e a empresa municipal Porto Santo Verde realizaram, sábado, uma acção de limpeza de algumas zonas costeiras, integrada nas comemoraçôs do Dia Mundial da Conservação da Natureza, iniciativa que contou com a participação de diversas entidades e com cerca de 25 pessoas.
Foi efectuada uma limpeza de zonas costeiras por mar.

Rede de Áreas Marinhas Protegidas do Porto Santo

A particularidade ecológica da área costeira da Ilha do Porto Santo, complementada pela presença de ilhéus rochosos, com particular relevância do ponto de vista da biodiversidade, assim como, o uso desta área de uma forma sustentada levou à criação da Rede de Áreas Marinhas Protegidas do Porto Santo.

DESTINADA À «PORTOS DOS AÇORES»

Empresa aveirense pioneira na construção de tremonha ecológica

Equipamento, de quase um milhão de euros, foi construído pela "Correcta Construções", que tem contado com o apoio do deputado Basílio Horta na sua internacionalização. O equipamento, adjudicado pelos Portos dos Açores à “Correcta”, demorou sete meses a ser criado, representando um investimento de quase um milhão de euros (956 mil).
Com uma capacidade de 45 metros cúbicos, a tremonha seguirá, agora, para a ilha de S. Miguel, nos Açores, num barco (com mais de uma centena de metros) especialmente fretado para o efeito.

HÁ MAIS DE 3 MILHÕES DE NAVIOS NO FUNDO DOS OCEANOS

Conheça os mais famosos restos de navios pelo mundo

A ONU estima a existência de mais de três milhões de navios naufragados no fundo dos oceanos. No entanto, também não é incomum encontrar restos de naufrágios em diversas praias desertas e recifes de corais ao redor do planeta. Veja a lista reunida pelo site The World Geography.

Palestra «Estuário do rio Minho: Guerra e Paz na Era Ecológica»

A palestra "Estuário do rio Minho: Guerra e Paz na Era Ecológica" realiza-se a 26 de Julho, às 21h00, no Centro de Monitorização e Interpretação Ambiental de Vila do Conde, no âmbito da exposição "Estuários: Berçários da Biodiversidade – Norte de Portugal e Galiza".

Reserva Natural do estuário do Sado aceita sugestões para nome de cria de roaz

Nasceu há poucos dias mais uma cria de roaz, no Sado. O golfinho, cujo sexo ainda não se conhece, também ainda não tem nome. E é esse o desafio que a Reserva Natural do estuário do Sado quer lançar à população. Aceitam-se sugestões para o nome da cria.

Total: 397
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 [12] 13 14 15 16 17 18 19 20