Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Terminal de Contentores de Alcântara terá escala regular para os EUA

O Terminal de Contentores de Alcântara, concessionado à Liscont, vai ter a primeira escala regular transatlântica para os Estados Unidos, em Janeiro, resultado de um acordo com um consórcio de vários armadores liderados pela Ocean Network Express (ONE).

A escala, para todo o tipo de carga contentorizada, terá uma periodicidade mensal. O objectivo é evoluir para quinzenal e, numa fase posterior, tornar-se semanal.

Esta escala regular para os Estados Unidos vem, assim, aumentar a competitividade do terminal de contentores de Alcântara e abrir a porta a novas rotas transatlânticas com as quais Portugal tem relações comerciais, melhor servindo a indústria nacional.

Recorde-se que a exploração do terminal está entregue à Yilport – que detém a Liscont –, até 2038, e que anunciou um plano de investimentos de 123 milhões, no âmbito do aditamento à concessão, assinado com a Administração do Porto de Lisboa.

A primeira fase do investimento está já a ser implementada em obras de infraestrutura e na substituição de equipamentos de movimentação de mercadorias, no sentido de melhorar a eficiência da operação e permitir a operação de navios de maior dimensão, de forma mais sustentável.

Com este projeto, o Porto de Lisboa pretende ainda aumentar a fluidez nas operações e reduzir a pegada ambiental, contribuindo para mais um passo na descarbonização das operações portuárias.