Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

ADERE confundiu matérias-primas com «lixo», explica a APDL

A Associação Década Reversível (ADERE) denunciou existir no Porto de Leixões lixo a céu aberto – uma denúncia sem fundamento, que, de forma célere, a administração portuária da APDL dissipou, explicando tratar-se, sim, de matéria-prima importada para fábricas de reciclagem e utilizada em mobiliário de plástico - nada mais que carga geral «que estava a ser descarregada de um navio».

MATOS FERNANDES:

Hidrogénio verde arranca em 2021

Já foi assumido como uma das prioridades do Governo em matéria de energia para os próximos anos, e na quarta-feira o Ministro do Ambiente voltou a reforçar a ideia no Parlamento. Segundo Matos Fernandes, o Executivo quer arrancar “no início do próximo ano com o projeto de produção de hidrogénio verde à escala industrial”.

Surf Clube de Viana contribui para um planeta mais sustentável

O Surf Clube de Viana (SCV) levou a cabo duas iniciativas ligadas à sustentabilidade ambiental: a “Limpeza da praia do Cabedelo”, em Viana do Castelo, no dia 8 de fevereiro, e a “Plantação de árvores de espécies nativas”, na Serra de Alvão, em Vila Pouca de Aguiar, a 17 de janeiro passado.

A limpeza de praia, com o lema “Small acts add up! Let's get Stoked”, foi organizada por Viktor Drewes e por Chiara Russotto, voluntários europeus no SCV ao abrigo do projeto Europe Surfing Solidarity, do European Solidarity Corps.

Leixões, Setúbal, Lisboa e Viana do Castelo com variações homólogas positivas em 2019

Entre os portos que movimentaram mais carga em 2019 do que no ano anterior, distinguem-se, em termos de volume, Leixões com +348,5 mil toneladas (+1,8%) e Setúbal com +188,2 mil toneladas (+3,1%), sendo que Viana do Castelo registou um acréscimo de +16,5% (+54 mil toneladas) e Lisboa de +0,04% (+4,9 mil toneladas). Estes dados confirmam a trajectória de estabilização operacional e recuperação vivida em 2019 pelo Porto de Setúbal (depois das perturbações sócio-laborais que afectaram a produtividade do porto na recta final de 2018), a fuga às perdas homólogas por banda do Porto de Lisboa (que procura ainda tempos de maior estabilidade, que tardam em surgir) e o consistente rumo de crescimento de Leixões.

Caniçal recebeu descarga de peças que compõem as maiores torres eólicas instaladas em Portugal

A Transinsular Madeira (que faz parte do Grupo ETE) deu conta da escala, no porto madeirense do Caniçal, do navio ‘Erik’, para a descarga de peças que compõem 4 unidades de Torres eólicas produzidas pela Enercon. Tratam-se das maiores Torres eólicas alguma vez instaladas em Portugal, informa a Transinsular Madeira.

FALECIMENTO DO DR. JOÃO ATÁIDE DAS NEVES

Nota de Pesar do Conselho de Administração da APFF

A Administração do Porto da Figueira da Foz - APFF, S.A. expressa o seu profundo pesar pelo falecimento do Dr. João Ataíde das Neves.

Como Presidente da Câmara Municipal da Figueira da Foz teve, desde o início do seu primeiro mandato, uma estreita ligação ao porto, exercendo, por inerência, desde a sua fundação, o lugar de Presidente da Assembleia Geral.

Sempre atribuiu ao porto um papel fundamental na economia local e regional, sem nunca esquecer a elevada importância que atribuía à relação com a cidade.

Siemens constrói maior «tomada eléctrica» para navios da Alemanha

O porto de Kiel, na Alemanha, adjudicou à Siemens a construção de um sistema de fornecimento de energia em terra para navios, o maior projeto da Alemanha nesta área até hoje. Com uma potência de 16 MVA, a solução Siharbor permite, pela primeira vez, o fornecimento de energia “verde” certificada a dois navios, em simultâneo, o que reduzirá as emissões anuais de CO2 em mais de 8 mil toneladas.

APSS investe na eficiência energética

A APSS está a renovar a iluminação pública através da substituição de 79 luminárias por tecnologia LED, mais eficiente energeticamente e mais amiga do ambiente, em Setúbal (nas zonas do Cais 3 e Jardim Eng.º Luis da Fonseca) e Sesimbra (nas pontes cais nº 1, 2 e 3), um investimento de cerca de 68 mil euros.

Exportação de Mais uma Carga de Projeto no Porto de Aveiro

Saiu esta quinta-feira, 20 de Fevereiro, do Porto de Aveiro, o navio BF AYITA, transportando uma peça metalúrgica com 77 toneladas - um digestor, peça para triturar toros de madeira -, tendo como destino o Canadá.
A operação de carga decorreu no Terminal Norte, com recurso aos meios próprios do navio.
O navio BF AYITA foi agenciado pela Marmedsa e operado pela Aveiport.

RODRIGO COSTA:

Terminal de GNL de Sines: um dos «mais eficientes de toda a Europa»

«Faz parte da nossa missão mostrar aquilo que fazemos e aquilo que de bom Portugal tem. Considerado um dos terminais de gás natural mais eficientes de toda a Europa, é para mim e para os meus colegas, um orgulho representar este terminal. O ano passado tivemos um ano recorde em termos de actividade: realizámos 64 desembarque de barcos, praticamente 1,1 barcos por semana, o que é um número extraordinário para nós. Abastecemos o país de 90% do seu consumo de gás natural. Foi, portanto, um ano em que tudo correu bem», comentou, fazendo o balanço de 2019.

Lancha hidrográfica da Marinha realiza investigação científica com Espanha

A lancha hidrográfica Andrómeda efectuou, na zona do Canhão da Nazaré, uma missão enquadrada na cooperação entre o Instituto Hidrográfico da Marinha Portuguesa e a Plataforma Oceânica das Canárias (PLOCAN).

Obra em Portimão permite acostagem de dois navios

O Porto de Portimão iniciou obras de construção de dois duques de alba e de remoção de 27 mil m3 de areia, o que irá permitir a acostagem e amarração de dois navios em simultâneo, anuncia a autarquia.

A obra tem um custo de 1,88 milhões de euros e deverá terminar no mês de julho, sendo um resultado do investimento na melhoria das infraestruturas do cais comercial, em condições de segurança e operação de navios.

AGÊNCIA PORTUGUESA DO AMBIENTE GARANTE:

Efeitos do prolongamento do molhe de Leixões «são «pouco significativos»

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) refere que os hipotéticos efeitos do prolongamento do molhe do Porto de Leixões são «pouco significativos e passíveis de minimização» em Matosinhos e Porto.

MAR 2020

Empresas de transformação de produtos de pesca e da aquacultura podem pedir apoio até 29 de Fevereiro

A entidade gestora do Mar 2020 informa que, de modo a promover o reforço da competitividade das empresas de transformação dos produtos da pesca e da aquacultura, em particular das pequenas e médias empresas (PME), está aberto aviso para a apresentação de candidaturas até final de Fevereiro.

Os apoios dirigem-se ao aumento da eficiência energética; à inovação e valorização dos produtos e à melhoria dos processos produtivos.

Universidade de Aveiro descobre amêijoa asiática que limpa águas contaminadas

Uma equipa da Universidade de Aveiro (UA) descobriu que as amêijoas asiáticas conseguem limpar águas poluídas, nomeadamente uma das mais poluentes indústrias do sul da Europa: a da produção de azeite. Apesar de serem uma espécie invasora e destruírem gradualmente os ecossistemas ribeirinhos nacionais, podem ser muito úteis na hora de despoluir águas.

Porto de Setúbal promove formação sobre combate à poluição

O Porto de Setúbal realizou acções de formação sobre combate à poluição por hidrocarbonetos e outras substâncias perigosas, destinadas aos seus trabalhadores da área marítima, mestres, motoristas marítimos e marinheiros, visando dotá-los de ferramentas que permitam continuar a dar uma resposta eficaz à vigilância e combate à poluição do mar.

Presidente da AMT visitou o novo Simulador de VTS da APDL

O Presidente da Autoridade da Mobilidade e dos Transporte (AMT), João Carvalho, deslocou-se ao Porto de Leixões para visitar o novo Simulador de Ponte de Navio, Full Mission Bridge Simulator da Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL), que se encontra no Centro de Formação do porto nortenho.

Navio deu à costa após andar mais de um ano à deriva

Um navio de carga que, durante mais de um ano, navegou à deriva entre os continentes americano, africano e europeu deu à costa numa vila piscatória da Irlanda, durante a tempestade Dennis.
O "MV Alta", de 77 metros de comprimento, tinha sido sequestrado em setembro de 2018 de um porto na Guiana, na América do Sul, numa altura em que a sua tripulação fora já resgatada e encaminhada para Porto Rico, devido a uma avaria na embarcação.

MARC RECHTER:

Hidrogénio em Sines «vai ter um impacto maior na economia portuguesa do que a Autoeuropa»

No futuro, Sines vai poder exportar energia, como se fosse petróleo, mas limpo. Para Portugal é uma oportunidade maior do que a Autoeuropa. Se for bem implementado vai ter maior impacto na economia portuguesa do que a Autoeuropa. E não só em termos de exportações, porque também vai permitir reduzir em 20% a importação de gás natural. Faz sentido, mas não é simples de executar. Tem de ser um esforço colaborativo entre muitos atores de países diferentes, governos e empresas, e temos e manter velocidade.

SUBSTITUIÇÃO DE PROJETORES DE VAPOR DE SÓDIO POR LED NA ILUMINAÇÃO DOS TERMINAIS PORTUÁRIOS

Porto de Aveiro na rota da Descarbonização

Considerando os objetivos do desenvolvimento sustentável (ODS) das Nações Unidas, em concreto a melhoria do desempenho ambiental e o incremento da eficiência energética, definiu a Administração do Porto de Aveiro uma estratégia de descarbonização para o triénio 2019-2021, onde se inclui a ação de modernização dos equipamentos de iluminação pública, através da substituição dos projetores de vapor de sódio por equipamentos de tecnologia LED.

Esta iniciativa está alinhada com a Estratégia Nacional para a Neutralidade Carbónica da Economia Portuguesa 2050.