Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Exercício de protecção no Porto de Setúbal

A APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, SA participou num exercício de proteção portuária promovido pelo Oficial de Proteção da Instalação Portuária, envolvendo o Centro Coordenador de Operações de Proteção do Porto (CCOPP), que teve lugar, dia 26 de outubro, no Terminal Multiusos Zona 2, concessionado à Sadoport.

O exercício procurou aferir a articulação das diversas Autoridades ao simular duas intrusões no Terminal e refúgio a bordo do navio M/V Vento Di Grecale, tendo sido acionada a implementação de procedimentos de contenção e comunicação ao Oficial de Proteção do Porto e demais Autoridades.

Salienta-se a participação da Polícia Marítima, Polícia de Segurança Pública, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, Polícia Judiciária, APSS, Sadoport, Tersado, armador TARROS, ACPTMP e Normaportus, que atuaram de forma concertada, complementar e articulada numa resposta bastante eficaz.

Estas ações são extramente relevantes na promoção do entrosamento entre entidades, na facilitação da coordenação no terreno, na identificação da disponibilidade de recursos e da capacidade de intervenção das forças de segurança do porto.