Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Maior navio de vela do mundo fez escala em Portimão

Dia 7 de novembro, o Porto de Cruzeiros de Portimão voltou a receber a visita do “Royal Clipper” da Star Clippers que, com os seus cinco imponentes mastros e 5202 m² de área vélica, faz com que seja considerado o maior navio do mundo no seu género.

Com capacidade para 227 passageiros e 106 tripulantes, este cruzeiro transatlântico iniciou a viagem a 26 de outubro em Civitavechia, o porto de Roma, e tem como destino final Bridgetown (Barbados) no dia 23 de novembro.
Inspirado no lendário Tall Ship Preussen, o Royal Clipper é um navio moderno que alia à mística dos grandes cruzeiros os melhores equipamentos e tecnologias, mas também o maior e único barco a vela de cinco mastros construído desde que o seu predecessor foi lançado ao princípio do século XX.
As próximas escalas no Porto de Cruzeiros de Portimão estão previstas para 3 e 8 de dezembro com o “Seabourn Spirit” (Seabourn) e o “Black Watch” (Fred Olsen Cruise Lines), respetivamente.