Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Colaboradores da APSS recebem formação em emergência

Colaboradores dos diversos Serviços da APSS, participaram, no dia 9 de outubro, numa formação em “Combate a Incêndios – 1ª Intervenção”, organizada em colaboração com a Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal.

A ação teve o objetivo de fornecer aos formandos conhecimentos teóricos e práticos para a primeira intervenção no combate a incêndios utilizando equipamentos de proteção individual. Os participantes puderam testar e praticar os conhecimentos adquiridos, na sessão prática nas instalações da central termoelétrica, na Mitrena, onde executaram exercícios com extintores e linhas de mangueiras.

Ainda na área da Segurança e Higiene no Trabalho, um colaborador da DSMP – Direção de Segurança Marítima e Portuária, participou no curso de formação de “Coordenadores de Emergência”, que decorreu de 1 a 10 de outubro.

Trata-se de um curso de 40 horas que visa dotar os elementos de chefia nas estruturas de emergência de conhecimentos técnicos elementares sobre a coordenação de cenários de emergência. Igualmente, esta formação incluiu uma forte componente prática, concretamente, dois dias de exercícios práticos de busca e salvamento, resgate de vítimas, atuação com manta apaga fogos, extintores, contenção de derrames, entre outros.