Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

COMANDANTE DO NAVIO ESCOLA ARGENTINO «A.R.A LIBERTAD»

Portugal é importante para a instrução de oficiais devido à tradição marítima

O comandante do navio escola "A.R.A Libertad", da Armada da República da Argentina, Pablo Lúcio Salonio, considera que Portugal é um país importante para a formação de oficiais devido à sua tradição marítima.
No Funchal, onde o "A.R.A Libertad" ancorou no início do mês, proveniente de La Guaria (Venezuela), Pablo Salonio disse que "este é um navio escola para a formação de guardas-marinhas e, nessa experiência marítima, é muito importante o contacto com outros países para a formação futura dos oficiais. Portugal é um país muito importante pela sua história marítima e o que isso significa para todos os marinheiros do mundo".

O "A.R.A Libertad" cumpre uma viagem de 189 dias, iniciada a 02 de junho e com final previsto para 08 de dezembro.

Perante o embaixador da Argentina em Lisboa, Jorge Faurie, o comandante Salonio disse que nesta viagem não existem instruendos de Portugal, mas realçou as relações cordiais que a Marinha Argentina tem com a sua congénere portuguesa.

"Temos um trato muito cordial com a marinha de Portugal, temos tido guardas-marinhas portugueses em função de acordos periódicos, conforme a conveniência e possibilidades das nossas armadas. Mas este ano não aconteceu", afirmou.

O "A.R.A Libertad" é um veleiro de 104 metros de comprimento, 14 de largura e seis de calado, foi construído em Buenos Aires entre 1956 e 1962 e, dois anos depois, fez a sua primeira viagem.
O mastro mais alto tem 50 metros, dispõe de 27 velas e dois motores.

Nesta viagem de instrução de guardas-marinhas, o navio transporta 329 pessoas, 105 das quais são estudantes.
O navio já escalou Salvador da Baia, Panaribe, Suriname, Charlestown, La Guaria, Funchal, onde já esteve há 15 anos, e Lisboa. Seguem-se Cádis, Casablanca, Las Palmas, Dakar, Tema, Luanda, Walvisbay, Cidade do Cabo, Rio de Janeiro, Montevideu e Buenos Aires.
 







Artigos relacionados:

  • Embaixador argentino prepara visita do ARA Libertad à Madeira