Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PONTO DE INTERROGAÇÃO

Atlântico porquê?

O nome deste oceano provém da mitologia grega e significa "Mar de Atlas". Segundo a lenda, Atlas é um descendente dos titãs, uma raça de gigantes que personificam as forças da natureza. Devido à revolta dos titãs contra os deuses do Olimpo, Zeus, o líder espiritual dos homens e dos deuses, castigou Atlas a carregar o mundo e os céus nas suas costas. Daí o significado de Atlas, portador ou tolerante, e a razão pela qual é representado com um globo às costas.

O Oceano Atlântico formou-se há cerca de 200 milhões de anos com a fractura da Pangea.
Na sua origem está a separação das placas americanas da euroasiática e africana. Esta fractura deu origem a uma cordilheira de montanhas, que se chama Crista Média Atlântica.

Esta crista faz parte das cristas oceânicas, que se prolongam por todos os fundos marinhos, com uma extensão total 4 vezes superior à Cordilheira dos Andes, das Montanhas Rochosas e Himalaia juntas. A Crista Média Atlântica estende-se em forma de S, desde o Oceano Árctico até à ilha de Bouvet, a cerca de 1.700 Km da Antárctida, dividindo a bacia atlântica em duas. Com uma extensão de 16.000 Km, tem uma profundidade média de aproximadamente 3.000 m, surgindo à superfície em alguns pontos, originando ilhas como os Açores, a Islândia ou as ilhas Surtsey, formadas apenas em 1963.

No caso dos Açores, as ilhas do grupo ocidental (Corvo, Flores, Faial), estão do lado da placa americana, enquanto que as restantes estão do lado da placa euroasiática. Ao afastarem-se, as placas provocam um crescimento do Oceano Atlântico. Desde a viagem de Cristóvão Colombo, em 1492, até aos nossos dias, o continente americano e europeu afastaram-se 20 metros.

fonte







Artigos relacionados:

  • O que é o Baixo Vouga Lagunar?
  • Conhece os nudibrânquios?
  • O que é a espuma do mar e como se forma?
  • Pepinos do mar - um legume ou um animal?
  • O que é um TEU?
  • O que é o Fundo Europeu das Pescas?
  • O que é a Carta dos Sedimentos Superficiais da Plataforma Continental Portuguesa?
  • O que é a águia-pesqueira?
  • Sabe o que é uma gabarra?
  • Quanto plástico é ingerido pelos peixes?
  • O que é o zooplâncton Estuarino?
  • Porque é que a água do mar é mais salgada em alguns dias do que noutros?