Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

POR CATARINA CARVALHO

O mar. Distância ou oportunidade?

Sempre achei estranho como, nos Açores, as terras vivem de costas viradas para o mar. Não estou a falar das pessoas. Estou a falar das próprias terras. É claro que as terras são feitas – construídas e não só – pelas pessoas. Mas quando as suas escolhas e decisões se sedimentam em terras já se pode dar-lhes um sentido mais lato, não apenas individual mas histórico… ou sociológico, ou antropológico. Como queiram. Nos Açores, pelo menos nas ilhas que conheço e a que as minhas raízes familiares me levaram, sobretudo em São Miguel, as povoações organizaram-se, de origem, todas de costas para o mar. Esplanadas são um assunto recente – a maior parte delas acabam simplesmente a ser frequentadas por turistas. E apartamentos com vista são uma raridade.

Leia aqui a versão integral desta crónica
Notícias Magazine #1048
 







Artigos relacionados:

  • «O início da Europa»
  • O inferno é água salgada
  • Não estragar o natural
  • Desenvolver a pesca
  • No Sado «é uma festa ver passar tantos golfinhos»
  • «Quando sais da praia, leva o teu lixo contigo!»
  • É urgente debater o mar para o rentabilizar
  • O mar é «uma fonte inesgotável de recursos»
  • A maritimidade
  • «Objectivo é ter um mapa do nosso mar»
  • Um barco não tem travões...
  • Durante seis meses, com início a 1 de Julho