Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Quatro toneladas de carapau apreendidas na Figueira da Foz

Cerca de quatro toneladas de carapau imaturo, algum com apenas cinco centímetros, foi apreendido na quinta-feira na Figueira da Foz, tendo como valor comercial perto de 20 mil euros, informa o Destacamento de Controlo Costeiro da zona.

O major Jorge Caseiro, comandante do Destacamento, disse à Lusa que os 3.750 quilos de carapau eram provenientes da pesca de arte xávega na Praia de Mira e foram apreendidos na Figueira da Foz num armazém de uma empresa que comercializa pescado.

Com esta apreensão, eleva-se para sete toneladas a quantidade de carapau imaturo apreendido "só na última semana e meia, todo proveniente da pesca de arte xávega”, na área de intervenção do Destacamento de Controlo Costeiro da Figueira da Foz, que abrange a costa entre Nazaré e Aveiro.

O carapau agora apreendido estava acondicionado em 375 caixas e o seu valor comercial, avançado por aquele organismo da GNR, é de 19.687,50 euros.
Segundo Jorge Caseiro, os carapaus tinham entre cinco e dez centímetros, quando o tamanho mínimo legal para a captura da espécie é de 15 centímetros.
Durante a ação, os militares da GNR presenciaram a descarga de uma viatura, junto à empresa de comércio de pescado, cujo proprietário foi autuado.

O carapau acabou por ser transportado para a lota da Figueira da Foz, onde foi sujeito a controlo regulamentar.
O comandante do Destacamento de Controlo Costeiro da Figueira da Foz considera “preocupante” o facto de não ter sido encontrado “nenhum carapau com o tamanho mínimo legalmente exigido” e o facto de “sempre que é montada uma operação de fiscalização serem apreendidas centenas de quilogramas de carapau imaturo".
 
LEIA TAMBÉM







Artigos relacionados:

  • GNR apreende 560 quilos de carapau imaturo
  • Este ano não vai faltar sardinha no S. João!
  • Sardinha é rainha em mostra gastronómica
  • «Sardinettes» vão apregoar livro durante as festividades
  • Festas de Lisboa começam hoje à meia-noite
  • Costa portuguesa perde 55% de sardinha em dez anos
  • Vem aí sardinha cara e congelada!
  • Criatividade pesca sardinhas para servirem de mala e de pulseira
  • Concurso para escolher as sardinhas das Festas de Lisboa gera contestação
  • Comer peixe português é seguro
  • Bendito chicharro
  • Bruxelas e Noruega chegam a acordo sobre captura de bacalhau
  • Sardinhas ilustradas
  • As sardinhas de 2016
  • Sardinhas com estilo