Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA

Submarino português atravessa o Atlântico Norte

Pela primeira vez em 99 anos de existência de submarinos na Marinha Portuguesa, um submarino nacional vai realizar a travessia do Atlântico Norte. A convite da Marinha norte-americana, o NRP Tridente parte esta sexta-feira da Base Naval de Lisboa para uma missão que durará cerca de três meses, com o objectivo de participar no “War of 1812 – FleetEx” - exercício aeronaval que decorrerá na costa leste dos Estados Unidos, ao largo de Norfolk, entre 19 e 29 de Junho, e que contará com mais de vinte navios e aeronaves de oito países.


As elevadas capacidades dos novos submarinos portugueses, nomeadamente a autonomia em imersão e o grande raio de ação (na ordem das 12 mil milhas) possibilitam que, pela primeira vez, se efetue esta travessia. O “War of 1812 – FleetEx” constitui uma ocasião ímpar para a Marinha Portuguesa e para a Esquadrilha de Submarinos, que comemora este ano 99 anos de existência.

Com a participação de Portugal, EUA, Reino Unido, Alemanha, Dinamarca, Noruega, Canadá e Brasil, o “War of 1812 – FleetEx” vai permitir a obtenção dos indispensáveis níveis de adestramento da guarnição no NRP Tridente e permitirá a certificação do sistema de armas de bordo. O exercício está integrado nas comemorações do bicentenário da Guerra de 1812, também conhecida por Guerra Anglo-Americana, que opôs as tropas dos Estados Unidos da América às do Império Britânico, e que durou até 1815.

O NRP TRIDENTE é comandado pelo Capitão-tenente Amaral Henriques e a sua guarnição é constituída por 33 militares (7 oficiais, 12 sargentos e 14 praças).

MAIS DETALHES







Artigos relacionados:

  • Tridente participa em exercício norte-americano
  • Submarino «Barracuda» abriu como museu
  • O novo brinquedo dos milionários: submarinos próprios
  • O desaparecimento do USS SCORPION nas páginas do «Diário de Lisboa»
  • O mistério do submarino alemão afundado ao largo da Nazaré
  • Navio de dois canos atingido e... submarino ao fundo
  • Marinha brasileira anuncia construção de submarinos com tecnologia francesa
  • Submarino-robot filma erupção vulcânica no fundo do mar
  • Trimares, o submarino fabricado no Porto
  • Submarino «Arpão» no Dia da Marinha
  • Veículos Submarinos Autónomos na Marinha Portuguesa
  • Submarino de titânio e carbono chegará a 8.000 m de profundidade
  • Apresentada a terceira edição do livro «Os Submarinos na Marinha Portuguesa»
  • Chegou a Portugal o submarino Arpão
  • Submarino «Arpão» chega hoje a Portugal
  • Por dentro do submarino Tridente
  • Traficantes de droga colombianos já usam submarinos
  • Universidades portuguesas criam submarino para o Brasil