Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Janela Única Logística

Notícias

IPTM NORTE E DOURO

Requalificação do Cais do Pinhão

No âmbito da melhoria de acolhimento e segurança dos clientes da via navegável, a delegação Norte e Douro do IPTM lançou o concurso que possibilitará a requalificação do cais do Pinhão, situado no concelho de Alijó, enquadradas estas intervenções no âmbito do Programa ON.2 - O Novo Norte (Programa Operacional Regional do Norte 2007/2013), num investimento de cerca de 612.000 mil euros.

As intervenções em questão, possibilitarão, nomeadamente, a ampliação/qualificação do cais fluvial do Pinhão, a criação/ampliação do sistema local de fluvinas e a requalificação das margens do rio Pinhão, com os consequentes benefícios para o turismo de recreio e criação de pólos turísticos-fluviais, visando dotar o rio Douro e afluentes de condições as atividades de animação turístico-fluvial.

Esta acção será desenvolvida, fundamentalmente, nas duas vertentes principais seguintes:

1. Rearranjo e beneficiação da margem esquerda do Rio Pinhão, consistindo na requalificação de uma faixa marginal da área terrestre, através da criação de um caminho pedonal em calçada de blocos de granito, arranjos exteriores e instalação de novos equipamentos flutuantes.

2. Instalação de novo Cais Flutuante Turístico-Fluvial com 84m de frente acostável, para embarcações de turismo de cerca de 80m de comprimento, da classe “barco hotel” e, cujo equipamento flutuante será o do quebra-mar flutuante da Marina da Régua, o qual será desmontado e transferido para o Pinhão.

Para a realização dos trabalhos está assegurado que a intervenção não interferirá com a normal operação no Cais Turístico-Fluvial do Pinhão, nem com a circulação de veículos na Travessa da Marginal.

fonte


 

VISITE OS RECURSOS DA APLOP (ASSOCIAÇÃO DOS PORTOS DE LÍNGUA PORTUGUESA), NA WEB