Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

GARANTE SECRETÁRIO DE ESTADO DO MAR

«Já está resolvido o financiamento para a 1.ª fase de melhoramento da Docapesca e lota de Matosinhos»

O Secretário de Estado do Mar, Manuel Pinto de Abreu, anunciou dia 28 já estar desbloqueado o financiamento para as primeiras obras de melhoramento da Docapesca de Matosinhos.
“Já está resolvido o financiamento para a 1.ª fase de melhoramento da Docapesca e lota de Matosinhos”, garantiu Manuel Pinto de Abreu, que falava na sessão de abertura da cerimónia de apresentação do projeto de limpeza do mar, denominado “Leixões – Oceano sem Resíduos”.

No dia 16, depois de efetuar uma visita ao local, o governante garantiu o avanço das obras urgentes na Docapesca de Matosinhos.

Na ocasião, Manuel Pinto de Abreu referiu que a situação da Docapesca era uma das que mais o preocupava, adiantando ser intenção do Governo “resolver questões de maior urgência, como o caso do saneamento básico, limpeza e reestruturação de algumas infraestruturas”.

Quanto a uma segunda fase do projecto, que passará por “preparar as instalações da Docapesca para outras necessidades da cidade e para os tempos modernos”, de acordo com o presidente da Câmara local, Pinto de Abreu garantiu que “esse desígnio de Matosinhos vai ser levado a cabo”.
 







Artigos relacionados:

  • «Mar pode render 60 mil milhões por ano em cobre, cobalto e níquel»
  • «O exemplo de Sesimbra tem que ser seguido pelos outros»
  • Secretário de Estado do Mar celebrou Dia do Pescador em Olhão
  • «O mar tem uma capacidade muito superior a tudo o que fazemos em terra»
  • Cerimónia de visita à «Conclusão da Empreitada de Revitalização dos Armazéns para Aprestos do Porto de Pesca Costeira da Figueira da Foz»
  • Secretário de Estado do Mar inaugurou obras no Porto de Pesca Costeira
  • Secretário de Estado do Mar no Porto de Sesimbra
  • Governo continua empenhado em contribuir para o combate à pirataria
  • Secretário de Estado desvaloriza críticas da Marinha e esclarece transferência de competências
  • «Competências contidas no IPTM vão continuar a existir»
  • Reformas para o «regresso de Portugal ao mar» vão começar
  • O IPIMAR vai renascer, para olhar o mar para lá das pescas