Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Guarda das margens do Rio Novo do Príncipe é um nome bonito.

A função de António Dias da Silva e dos outros guardas da J.A.R.B.A. talvez não. Só gosta dos guardas quem deles se socorre e eram poucos; muitos mais os denunciados, autuados, despedidos.

A Junta Autónoma era ao tempo gorda de poderes, era da Ria e da Barra de Aveiro.
Os guardas escreviam cartas contando os sucessos da jorna, denunciando albertos com alcunha de espantar – “O Imaginário”.
Arregimentavam blademiros para atazanar a vida ao Labareda e ao Espeta. Havia os que eram delas, também: o João da Jacinta, o Manoel da Laura.
Havia murros e houve tiros de susto: cresceram para mim todos os três indivíduos | descarreguei um tiro | atira para o meu cú.

Havia barqueiros, dragadores, arrais, proprietários que ensaiavam atitudes desmanchadas desafiando a farda. Porrada a valer quando os meios suasórios não atingiam os fins previstos.
Eles, os guardas, escreviam para os engenheiros-directores lerem e ditarem inapeláveis sentenças: eliminar os que forem considerados indesejáveis | proceder energicamente contra os “meneurs” da greve | trabalhar mais e converçar menos.

A História com H GRANDE não gosta de ser servida com miúdos. Gosta das obras, do fausto, do respeito, da ordem, com Saúde e Fraternidade, sempre a Bem da Nação.
Mas a História dos nobres feitos argamassa-se, dia e noite, das estórias sem h, da petite histoire que o povo-denunciado vai serzindo, para o povo fardado de polícia poder denunciar.

As cartas aqui expostas ajudam-nos a revelar instantâneos do quotidiano ria fora, porto dentro, 1925 a 1949. Aguarelam-nos a vida como ela era, dos que faziam para o sustento, dos que transgrediam, dos que tentavam fintar a má sina da pobre vida, e dos encontros obrigatórios com a ordem, as leis, os regulamentos. Os guardas da J.A.R.B.A.

Para as leituras que cada um queira fazer.

Com mais ou nenhuma paixão, pêndulo descaindo para os autuados, pêndulo batendo-se pela Ordem.

Eram, todos eles, os que não sabiam escrever o nome, os que escreviam os nomes deles e os que decidiam da sorte das carnes de tais nomes, Trabalhadores. Trabalhador-arrais, Trabalhador-polícia, Trabalhador-Engenheiro-Director.

Pelo meio, lá fora, houve uma guerra mundial.
 



PASTA 76 e 76-A - Participações dos guardas da Junta Autónoma da Ria e Barra de Aveiro e avulsos – 1925-1949

Patente de 3 a 28 de Abril de 2012 no Centro Cultural da Gafanha da Nazaré.

MAIS DETALHES SOBRE A EXPOSIÇÃO
 


FICHA TÉCNICA

Pasta 76 e 76-A. Participações dos guardas da Junta Autónoma da Ria e Barra de Aveiro e avulsos. 1925-1949
Exposição documental e de peças museológicas do Arquivo Histórico-Documental do Porto de Aveiro

Organização | Arquivo Histórico-Documental do Porto de Aveiro [AHDAPA]
http://arquivodoportodeaveiro.org

Alto Patrocínio | Comunidade Portuária de Aveiro

Colaboração | Centro Cultural da Gafanha da Nazaré
Concepção e coordenação | Dinis Manuel Alves [APA, S.A]
Coordenação Executiva | Sérgio Dias, Ricardo Paulo [APA, S.A.]
Digitalização e tratamento de documentos | Maria João Gamelas [APA, S.A]
 




 







Artigos relacionados:

  • «PASTA 76 e 76-A - Participações dos guardas da JARBA e avulsos 1925-1949»
  • Desventuras de um surdo-mudo
  • A fúria do arrematante das ervas das encostas do canal de acesso ao cais
  • Porto de Aveiro e Museu da Cidade selam parceria
  • Palavras-chave
  • Geolocalização Do ancoradouro da Gafanha ao Rio Novo do Príncipe
  • «Soluções para o seu problema marítimo, a partir do século XVII»
  • Milhares de documentos do Arquivo Histórico digitalizados nos próximos meses
  • «O Pôrto de Aveiro Sua função local e regional»