Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

INSCRIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO SEM COMUNICAÇÃO TERMINAM HOJE, 31 DE OUTUBRO

Oitava edição das Jornadas do Mar - NA ESCOLA NAVAL, DE 12 A 16 DE NOVEMBRO DE 2012

A oitava edição das Jornadas do Mar vai realizar-se na Escola Naval, Base Naval de Lisboa, na semana de 12 a 16 de Novembro de 2012, subordinada ao tema “O Reencontro com o Mar no século XXI”.
Desde 1998 e de dois em dois anos, as Jornadas do Mar têm-se constituído como um Colóquio de Estudantes para Estudantes, para dinamizar a Comunidade Universitária em torno dos saberes relacionados com o Mar, entendido este como uma via privilegiada de sustentação do desenvolvimento de Portugal, e, dar corpo à necessidade de conhecer e reconhecer, de forma abrangente, o valor dos Oceanos, assegurar a sua preservação e planear o seu uso em benefício de toda a Humanidade.

Nas Jornadas do Mar 2012 são convidados a participar:
• Todos os alunos matriculados no Ensino Superior (com ou sem comunicação) dos
1º Escalão: 1º e 2º ciclos (Licenciatura e Mestrado)
2º Escalão: 3º ciclo (Doutoramento)
• Professores que desejem acompanhar e orientar estudantes ou participar nas actividades programadas.

CONSULTE O REGULAMENTO

A organização das Jornadas do Mar está a cargo da Comissão Executiva que dispõe de um Secretariado a funcionar nas instalações da Escola Naval, o qual pode ser contactado por:
• Telf: 21 090 2024 / 21 090 1949
• Telm: 912 188 976
• Email: jornadasdomar@marinha.pt

As inscrições para comunicação deverão ser efectuadas de 01 de Maio a 10 de Setembro de 2012 e dirigidas à Escola Naval por um dos seguintes meios:
• Ficha de Inscrição anexa ao Folheto de Divulgação (a divulgar), remetida ao Secretariado via correio eletrónico ou postal;
• Através do email jornadasdomar@marinha.pt contendo os dados de identificação constantes na Ficha de Inscrição:
o Instituição;
o Departamento;
o Escalão;
o Estudante ou Professor;
o Área temática;
o Título do trabalho;
o Nome;
o Localidade;
o Código Postal;
o Telefone;
o Email.
o NIB

Aspectos importantes a considerar:
• Os Membros da Comissão Científica avaliarão a qualidade e o mérito dos trabalhos nos seguintes domínios do conhecimento:
o Matemática, Modelação e Engenharia
o Geografia, Oceanografia, Ambiente e Ciências Naturais
o História e Sociologia
o Economia e Gestão
o Relações Internacionais, Direito e Estratégia
o Literatura e Linguística
o Tecnologias da Informação e Comunicação
o Ciências Militares
• No final das Jornadas um júri a designar pela Comissão Científica atribuirá, dentro de cada área temática e de cada escalão, um 1º Prémio no valor de 1.500,00€;
• A Escola Naval providenciará transporte diário, gratuito, do Terreiro do Paço para a Escola Naval e regresso, em horário a divulgar;
• A Escola Naval fornecerá gratuitamente, nas suas instalações, as refeições (pequeno-almoço, almoço e jantar) aos participantes que assim o pretendam;
• A Escola Naval fornecerá alojamento gratuito aos estudantes e professores participantes que o solicitarem, até ao limite da sua capacidade. Será dada preferência aos alunos com comunicação e aos provenientes de fora da área de Lisboa;
• A Escola Naval organizará atividades sociais e culturais que serão também abertas a acompanhantes;
• Todos os Estudantes participantes receberão um diploma comprovativo de presença;
• No caso de participação coletiva, um dos elementos de cada grupo participante deverá ser identificado como elemento de ligação ao Secretariado das Jornadas;
• Após 14 de Setembro de 2012 e até 31 de Outubro de 2012, poderão ser aceites inscrições para participação sem comunicação.

Com o tema “O Reencontro com o Mar no século XXI” procura-se potenciar a apresentação de trabalhos que dêem realce aos seguintes aspectos:
- O papel do mar no mundo globalizado e a importância da situação estratégica de Portugal que deve levar o país a explorar as vantagens do seu centralismo atlântico em diversas vertentes nomeadamente no que concerne ao comércio internacional e ao desenvolvimento do sistema marítimo-portuário associado a uma cadeia logística que reforce as potencialidades do país como plataforma de distribuição à escala global;
- A importância e a afirmação de Portugal sempre estiveram ligados à sua maritimidade, e nesta senda, para que o mar continue a constituir um fator de competitividade e valorização do país. é muito importante a aposta determinada no desenvolvimento sustentável das atividades económicas associadas, desde a pesca ao turismo, e na investigação científica que igualmente terá efeitos potenciadores na economia;
- Os largos benefícios que o país pode obter, caso as Nações Unidas aceitem a proposta nacional elaborada pela equipa da Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental tendo em vista a extensão da nossa Plataforma Continental, o que representará um acréscimo de cerca de 2 milhões de km2 aos espaços marítimos sob soberania ou jurisdição nacional ou seja um acréscimo de superfície correspondente a 22 vezes o território nacional;
- A crescente necessidade de se velar pela segurança do mar face à sua importância geoestratégica às ameaças e riscos variados a que está exposto, desde os acidentes poluentes até á criminalidade organizada com crescentes sintomas de globalização;
- A visão estratégica do mundo durante este século e o papel do mar devido á sua importância como meio importante de comunicação, de exploração de recursos e de potencial fonte geradora de conflitos devido à luta quer pelos espaços quer pelos recursos.