Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Janela Única Logística

Notícias

COSTA CONCORDIA

Histórias trágicas de um naufrágio

Um jovem músico que embarcou pela primeira vez num cruzeiro, uma criança de cinco anos cujo pai desapareceu na escuridão, duas amigas que ninguém encontra. Histórias trágicas do naufrágio do Costa Concordia no Mediterrâneo. E entre as 24 pessoas que continuam desaparecidas desde a fatídica noite em que o cruzeiro afundou, também há figuras heróicas.

O músico

Giuseppe Girolamo, um músico de 30 anos, nascido em Bari (sul da Itália) começou a trabalhar para uma orquestra de cruzeiros no dia 4 de dezembro.

Na última foto no Facebook do baterista, com data de 27 de dezembro, aparece alegre acompanhado de um grupo de amigos, todos com gorros de Natal.

De acordo com testemunhas, Giuseppe estava a tocar no momento em que o navio encalhou mesmo em frente à ilha italiana de Giglio. Um colega viu-o entrar num barco e colocar o colete salva-vidas. Mas ao perceber que uma criança chorava, cedeu o seu lugar no bote. Um gesto altruísta que provavelmente lhe custou a vida. Agora aparece na lista de desaparecidos, apesar dos seus amigos no Facebook não perderem a esperança de encontrá-lo com vida.

O pai e a filha de cinco anos

William Arlotti, de 36 anos, e a filha Dayana, de 5 anos, foram separados da mulher que os acompanhava, a namorada do pai, durante a caótica evacuação. A mulher agarrou-se a uma escada enquanto o pai, ao lado da filha, deslizava na escuridão por causa da inclinação do navio. A mãe da menina, divorciada de William Arlotti, acompanha agora as buscas na ilha, mas, à medida que o tempo passa, menores são as esperanças.

O casal Francês

A última mensagem do casal francês, Mylène, de 23 anos e Mickaël, de 25 anos, chegou na fatídica sexta-feira 13 às 23H15 (hora local), exatamente uma hora depois do choque no banco de areia na ilha de Giglio. Na mensagem enviada pelo telemóvel aos pais de Mickaël descrevem telegraficamente a situação: "O barco está a inclinar-se, temos coletes salva-vidas, evacuação caótica, todo a gente empurra. Envio esta (mensagem) para mantê-los informados". Desde então nada se sabe sobre eles. A família mantém a esperança: "Se não encontram os corpos é porque estão vivos".

As Sicilianas

As sicilianas Maria Grazia Trecarichi, 50 anos e Lucia Virzi, 49 anos, viajavam com a filha de uma delas e o namorado. Estavam prontas para entrar no barco quando uma delas quis voltar à cabine para buscar um casaco no meio da evacuação. Ao chegar à margem, a jovem liga para a mãe que a tranquiliza: "sim, já estamos nos botes". Uma mentira piedosa. Pouco depois liga ao marido, narra o caos a bordo e diz: "estamos a morrer no mar".

fonte
 

 







Artigos relacionados:

  • Lei não obriga capitão a ficar no navio, dizem especialistas
  • Bilhetes para uma nova viagem à venda dois dias após o naufrágio
  • Encontrado mais um cadáver, balanço do naufrágio sobe para 12 mortos
  • Especialistas avaliam se Costa Concordia deve ser consertado ou desmontado
  • «CONCORDIA - O comandante cobarde»
  • «Volta para bordo, porra!»
  • Dominika, a bailarina que defende o comandante
  • «Não fumo, não bebo, não me drogo»
  • Oficial que repreendeu comandante de navio vira herói em Itália
  • T-shirts com a frase «Volte a bordo, c!» à venda em Itália
  • Familiar de vítima do Titanic sobrevive a naufrágio do Costa Concordia
  • Portugueses reprogramam férias em cruzeiros
  • Titanic italiano afunda acções da Carnival
  • Tamanho de navios dificulta resgate em naufrágios
  • ONU equaciona mudar regra marítima após naufrágio na Itália
  • Juíza argentina de 72 anos nadou para escapar de naufrágio
  • Antonello Tievoli, protagonista involuntário da tragédia
  • Medo de uma «bomba ecológica» faz a ilha de Giglio tremer
  • Ouça o telefonema polémico do comandante do Costa Concordia
  • Uma hora de grande tensão transcrita na íntegra
  • Marido salvou Nicole Servel antes de desaparecer
  • Tripulação vestiu coletes antes dos passageiros
  • Mulher estava numa caixa de magia durante naufrágio
  • As últimas horas a bordo do Concordia
  • Comandante do Costa Concordia colocado em prisão domiciliária
  • Cronologia dos principais acidentes marítimos desde o Titanic
  • Sobe para cinco número de mortos em acidente do Costa Concordia
  • «Parece-me óbvio que foi um enorme erro humano», diz ministro italiano
  • Detido comandante do navio que naufragou
  • Onze portugueses estavam a bordo do navio que encalhou
  • Sobreviventes do «Costa Concordia» escapam em salva-vidas
  • Conselho Europeu de Cruzeiros anuncia investigação «completa e exaustiva» do naufrágio
  • Carnival expressa «profunda tristeza» pela «terrível tragédia»
  • Costa Concordia, um palácio flutuante
  • Passageiros portugueses criticam comandante
  • Os piores naufrágios ocorridos na Europa, nos últimos 20 anos
  • Oito mortos em evacuação de navio de cruzeiro que encalhou
  • Costa Concordia embateu no cais do Porto de Palermo
  • Tragédia às portas do paraíso