Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Notícias

Titanic italiano afunda acções da Carnival

O acidente na costa da Toscânia, em Itália, este fim-de-semana com o navio Costa Concordia gerou esta segunda-feira uma forte pressão vendedora sobre os títulos da Carnival, a empresa responsável pelo cruzeiro.

Em Londres, onde as acções são negociadas, os títulos da Carnival registavam às 12:40 uma desvalorização superior a 15%, depois de já hoje terem perdido quase um quarto do seu valor.

Além dos accionistas da maior operadora de cruzeiros do mundo, que também é cotada na bolsa de Nova Iorque, o acidente deverá ainda gerar prejuízos de 405 milhões de euros para o ramo segurador, segundo fontes citadas pela Bloomberg.
Recorde-se que o Costa Concordia fazia parte da frota de cruzeiros da linha de cruzeiros da Carnival Costa Crociere.

As autoridades continuam a realizar buscas no lugar do acidente com o intuito de encontrar 17 pessoas que continuam desaparecidas. De acordo com dados oficiais, cerca de 60 pessoas ficaram feridas depois de o navio, que transportava mais de 4 mil pessoas, ter embatido em rochas que estavam submersas no mar Tirreno.

A frota da Carnival é composta por 23 cruzeiros que realizam viagens com a duração entre três a 17 dias pelas Bahamas, Caribe, Riviera mexicana, EUA, Canadá, Europa, Bermudas, Tahiti e ilhas Fiji.

fonte

VEJA IMAGENS DAS CÂMARAS DE VIGILÂNCIA DA CAPITANIA DO PORTO DE GIGLIO, POUCOS MINUTOS APÓS O NAUFRÁGIO







Artigos relacionados:

  • Portugueses reprogramam férias em cruzeiros
  • Tamanho de navios dificulta resgate em naufrágios
  • ONU equaciona mudar regra marítima após naufrágio na Itália
  • Juíza argentina de 72 anos nadou para escapar de naufrágio
  • Antonello Tievoli, protagonista involuntário da tragédia
  • Medo de uma «bomba ecológica» faz a ilha de Giglio tremer
  • Sobe para cinco número de mortos em acidente do Costa Concordia
  • «Parece-me óbvio que foi um enorme erro humano», diz ministro italiano
  • Detido comandante do navio que naufragou
  • Onze portugueses estavam a bordo do navio que encalhou
  • Sobreviventes do «Costa Concordia» escapam em salva-vidas
  • Conselho Europeu de Cruzeiros anuncia investigação «completa e exaustiva» do naufrágio
  • Carnival expressa «profunda tristeza» pela «terrível tragédia»
  • Costa Concordia, um palácio flutuante
  • Passageiros portugueses criticam comandante
  • Duro golpe para o turismo de cruzeiros?
  • Os piores naufrágios ocorridos na Europa, nos últimos 20 anos
  • Oito mortos em evacuação de navio de cruzeiro que encalhou
  • Costa Concordia embateu no cais do Porto de Palermo
  • Tragédia às portas do paraíso