Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

AÇORES

«Black Watch» hoje nas Portas do Mar

Este sábado, 7 de Janeiro, o navio de cruzeiros Black Watch, do armador inglês Fred Olsen Cruise Lines, realiza a primeira de quatro escalas previstas para este ano nos Açores. Proveniente das Caraíbas, mais propriamente de St. Maarten, visita Ponta Delgada no final de um cruzeiro de 25 noites, durante o qual os passageiros tiveram a oportunidade de apreciar ilhas daquela região como Antigua & Barbuda, Tortola, Barbados ou St. Lucia.

Com 763 passageiros a bordo, maioria dos quais britânicos, prevê-se a chegada às Portas do Mar pelas 11.00 horas e estima-se que cá permaneça até às 18.00, altura em que retomará a viagem com destino a Southampton.

Construído no já longínquo ano de 1972, nos estaleiros Wartsila, na Finlândia, foi o primeiro navio de um trio de encomendas para a já extinta companhia Royal Viking Line. Foi inaugurado como Royal Viking Star, e era de menores dimensões e capacidade do que a actualidade, pois acabou por ser aumentado em 1981 em cerca de 28 metros. Desde então, já assumiu outras designações em virtude de ter sido adquirido ou transferido para outras companhias. Até à denominação actual, o Black Watch já navegou como Westward e também como Star Odyssey.

Este navio, agora pertença do armador Fred Olsen Cruise Lines, mede 205 metros de comprimento, 25 metros de largura, 7,3 metros de calado, desloca 28,613 toneladas de arqueação bruta e tem capacidade máxima para 868 passageiros com 350 tripulantes. Possui 8 decks de passageiros, com 421 cabines, 43 das quais têm varanda privada, 383 têm janela e 48 são interiores.

No próximo mês de Abril, este navio tem agendada nova escala em Ponta Delgada, desta feita no dia 22.

MAIS DETALHES