Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto de Sines realiza simulacros de Protecção e Segurança

Realizaram-se, nas duas últimas semanas, exercícios e simulacros de protecção e segurança em várias instalações do Porto de Sines, nomeadamente na área alargada dos terminais de Granéis Líquidos e Petroquímico, com os operadores CLT, Repsol e Euroresinas e no Terminal de Gás Natural concessionado à REN Atlântico, em que participaram também os serviços de segurança da Administração do Porto de Sines (APS).

Os cinco terminais especializados do Porto de Sines foram os primeiros, a nível nacional, a obter a certificação no âmbito do Código Internacional para a Protecção dos Navios e das Instalações Portuárias, Código ISPS, implementado pela Organização Marítima Internacional (OMI) desde 1 de Julho de 2004, com o objectivo de melhorar a protecção do transporte marítimo e sua cadeia logística.

A realização destes simulacros de protecção pretende contribuir para a melhoria contínua dos processos relacionados com a segurança, e teve a colaboração de várias autoridades com competências na área, como a Capitania do Porto de Sines, o Posto de Fronteira 205-Sines do SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, o Destacamento Territorial de Santiago do Cacém e o Destacamento de Controlo Costeiro de Sines, ambos da GNR – Guarda Nacional Republicana e a Administração do Porto de Sines.

Os simulacros de segurança foram enquadrados no PEPS – Plano de Emergência do Porto de Sines que tem por objectivo definir os procedimentos para a gestão de eventuais situações de emergência originadas por incidentes ou acidentes de carácter tecnológico, natural ou social, por forma a reduzir ao máximo as consequências de eventuais sinistros que ocorram. Desta forma, foi também possível a alguns dos operadores dar cumprimento à Directiva Seveso II, relativa à prevenção de acidentes graves envolvendo substâncias perigosas (Directiva 96/82/CE).