Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Notícias

TOLLAN NO «DIÁRIO DE LISBOA» | 3 DE DEZEMBRO DE 1983

Uma cambalhota que ficou cara

Os relógios marcavam 20:20, noite de 2 de Dezembro de 1983. As ondas alterosas que se esperavam não apareceram porque o fim da cambalhota foi calmo e remansoso, com o “Tollan” a refastelar-se sobre o lodo do Tejo.
Os mirones que cederam aos apelos da comunicação social terão adivinhado mais do que visto. Mas ouviram claramente os apitos de muitos barcos que comemoraram o acontecimento, do mesmo modo que abrem caminho em manhãs de nevoeiro.
Diário de Lisboa, 3 de Dezembro, reportando a ansiada cambalhota do Tollan, pirueta que custou 130 mil contos, 985 mil dólares, 650 mil euros.
O “Tollan” voltou ao normal…

Recortes do espólio da Fundação Mário Soares

CLIQUE NAS IMAGENS PARA AS VER AMPLIADAS




 


Visite o Canal da Associação
dos Portos de Portugal no YOUTUBE

Estamos no Facebook, no Twitter e no Slideshare.


Conheça o portal da Associação dos Portos de Língua Portuguesa (APLOP)







Artigos relacionados:

  • 2 DE DEZEMBRO DE 1983 - Tollan: finalmente a cambalhota
  • Tollan virou nome de cafés, restaurantes e deu azo a muitas anedotas