Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

«LE GRAND BLEU» JÁ FOI DE ABRAMOVICH

Mega-iate de luxo no Porto do Funchal

O mega-iate "Le Grand Bleu", um dos maiores do mundo, deixou esta sexta-feira o Porto do Funchal, onde esteve durante dois dias para reabastecimento e descanso da tripulação, uma escala incluída na viagem transatlântica de reposicionamento da Europa para as Caraíbas.

O "Le Grand Bleu" tem 114 metros de comprimento e foi construído na Alemanha no ano 2000, nos estaleiros Vulkan, em Bremen. Entre 2002 e 2006 pertenceu ao bilionário russo Roman Abramovich.

Está registado no Porto de Hamilton, Bermudas, e navega habitualmente com uma tripulação de 50 pessoas, transportando a bordo outras duas embarcações - um veleiro de 24 metros e uma lancha de 20 metros, dispondo ainda de um heliporto, situado à proa.

O 'Le Grand Bleu' foi originalmente propriedade de John McCaw Jr., empresário norte-americano, sendo em 2006 oferecido por Roman Abramovich ao seu grande amigo Eugene Shvidler.
Em 2008, e já como propriedade de Eugene Shvidler, foi novamente submetido a trabalhos de remodelação, tendo sido introduzido um sistema ecológico de tratamento de esgotos, o que permite a reutilização de águas residuais em vez da descarga dessas mesmas águas para o mar.
 

COLABORAÇÃO: ANA GOUVEIA (APRAM)







Artigos relacionados:

  • «Le Grand Bleu», de Luc Besson