Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Janela Única Logística

Notícias

13 DE NOVEMBRO DE 1923

Navios da «República dos Sovietes» impedidos de entrar no Tejo

A 13 de Novembro de 1923, são tomadas medidas rigorosas para navios que entrem no porto de Lisboa, pertencentes a países que não estejam reconhecidos por Portugal, como os da República dos Sovietes. Assim, estes navios não poderão entrar no Tejo, devendo ficar em Paços de Arcos, sob vigilância da polícia marítima.
Curiosamente, foi nesse preciso dia que a primeira bandeira oficial da União Soviética, que havia sido desfraldada durante curtos quatros meses, foi substituída, passando a ostentar a foice e o martelo.

 

Fonte: O Primeiro de Janeiro n.º 266 de 13-11-1923 (55.º ano de publicação), p. 3.

Para amenizar, e ainda a título de curiosidade, dizer que foi a 13 de Novembro de 1923 que nasceu a "Bomba Atómica", a actriz Linda Christian, primeira "Bond Girl" da história.