Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

APSS assina protocolo com Associação de Pesca Artesanal e Local do Centro e Sul

A APSS – Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, SA e a AAPCS – Associação de Armadores de Pesca Artesanal e Local do Centro e Sul assinaram um protocolo de colaboração para a utilização de quarenta caixas destinadas à guarda de aprestos marítimos e um empilhador eléctrico para a sua movimentação.

A cerimónia decorreu no passado dia 5 de Setembro, no Porto de Sesimbra, pelas 17.00horas, na qual a APSS entregou formalmente as caixas e o empilhador à AAPCS, que procederá à sua distribuição pelos seus associados.

As caixas, que se encontram numeradas de um a quarenta, são da responsabilidade de cada utilizador, bem como a sua manutenção, conservação e limpeza. À AAPCS cabe a responsabilidade do uso e manutenção do empilhador, estabelecendo regras de utilização do mesmo.

Com este protocolo concretiza-se uma experiência piloto que tem por objectivo introduzir uma melhoria significativa nas condições do armazenamento dos aprestos marítimos, bem como uma organização e limpeza visual do espaço portuário. Caso a experiência resulte, esta acção será continuada no futuro.