Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

DADOS DO INSTITUTO HIDROGRÁFICO E DO PORTO DE LISBOA REVELAM:

Marés vivas podem provocar inundações no Seixal

Dados do Instituto Hidrográfico e do Porto de Lisboa revelam que poderão ocorrer cheias e inundações rápidas junto à Baía do Seixal, especialmente na freguesia do Seixal, bem como a formação de lençóis de água na estrada, entre os dias 27 e 29 de Setembro, das 16h00 às 17h30 horas.

Esta possibilidade deve-se às marés vivas que se vão registar nesses dias e que poderão atingir os 4,3 metros de altura na preia-mar.

A população deve preparar-se para, se necessário, tomar as seguintes medidas de auto-protecção: isolar as portas com anteparas e vedante ou sacos de areia e retirar os bens de valor e documentos das zonas mais baixas dos edifícios. A circulação automóvel deve fazer-se com cautela. O trânsito será desviado durante os períodos em que a altura da água na faixa de rodagem impeça a circulação rodoviária em condições de segurança.

A Câmara Municipal do Seixal, as juntas de freguesia e os agentes de Protecção Civil darão o apoio adequado à população, colocando no terreno os meios que vierem a revelar-se necessários.

FONTE: CORREIO DA MANHÃ