Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Estudo LABCARGA alerta para erosão costeira na Galiza

“Estudo da Erosão Costeira na Costa da Galícia”, elaborado pelo Laboratório de Cartografia e Geologia Aplicada (LABCARGA), em parceria com a Universidade de Santiago de Compostela (USC), alerta para os níveis de erosão detectados e insta a uma maior ponderação da força do mar na planificação urbanística para evitar problemas futuros.

O projeto CartGalicia, desenvolvido no âmbito da elaboração do Plano de Ordenamento do Litoral galego, indica que um possível cenário de subida do nível do mar em cerca de dois metros agrava os processos de erosão. Este estudo refere igualmente que as ondas de 11 metros registadas em 2010 contribuíram para um aumento do nível de erosão e da movimentação de blocos que estavam estabilizados. Contrariando a imagem de estabilidade, a análise pormenorizada de massas constata um grande dinamismo na costa galega, sobretudo nas massas rochosas.

Durante os trabalhos de elaboração do Plano de Ordenamento do Litoral foram analisados os riscos costeiros derivados da possível subida do nível do mar. Como instrumento-chave foi conceptualizada uma Área de Dinâmica Litoral, que delimita zonas de risco a médio e longo prazo e constitui um elemento crucial para preservar a segurança das populações.

O projeto foi coordenado por Helder Chaminé (LABCARGA) e pelo geógrafo Augusto Pérez Alberti (USC), analisando dados referentes à evolução de aproximadamente 2.100 quilómetros de costa entre 1956 e 2008. A participação do ISEP contou ainda com os contributos de Ana Pires, Catarina Rodrigues e Liliana Freitas.

Os resultados finais do estudo financiado pelo Ministério do Meio Ambiente, Território e Infraestruturas espanhol serão apresentados em Novembro, no decurso do congresso internacional Coastal Management 2011.

FONTE