Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Notícias

Decisão sobre futuro dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo adiada para Outubro

Ficou adiada a decisão sobre o futuro dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, que deveria ser anunciada esta sexta-feira, em Lisboa, na assembleia-geral da EMPORDEF, a holding do Estado responsável pelo equipamento das Forças Armadas.

Anteontem à tarde, da reunião entre o director executivo da holding e o Governo, saiu um adiamento para Outubro, com a garantia de que até lá, os postos de trabalho estão salvaguardados.

O ministro da Defesa concedeu um prolongamento "entre Setembro e Outubro" do prazo para que seja encontrada uma solução para os Estaleiros Navais de Viana de Viana do Castelo (ENVC), disse à agência Lusa fonte da Defesa.

A decisão de José Pedro Aguiar-Branco foi transmitida numa reunião com representantes da administração da holding das indústrias de Defesa, a Empordef.

À saída da reunião com o ministro da Defesa, o administrador executivo da Empordef, Miguel Novais, limitou-se a confirmar o pedido formulado a José Pedro Aguiar Branco para o prorrogamento do prazo face à existência de "três novos projetos de investimento, quatro parcerias possíveis e seis propostas de carteiras comercial" para construção e reparação de navios.

"Este pedido foi-nos concedido e vamos iniciar com a devida ponderação e consciência da urgência e gravidade da situação. Vamos agora começar uma análise mais ponderada de todas estas situações", disse.

Entretanto, cerca de 500 trabalhadores dos Estaleiros Navais de Viana do Castelo (ENVC) são esperados hoje, 2 de Setembro, em Lisboa, para uma marcha de 1700 metros até à sede da Empordef, reclamando a viabilização da empresa. (Mais detalhes aqui)
 



FONTES: SIC; LUSA; DIÁRIO DE NOTÍCIAS







Artigos relacionados:

  • Entrada de grupo europeu pode ser solução para Estaleiros de Viana
  • Ferry «Atlântida» realizou provas de mar e já está em Lisboa
  • Manutenção de iates de luxo? Ou infra-estruturas para energias renováveis?
  • Estaleiros de Viana são discutidos hoje no Parlamento
  • Estaleiros Navais de Viana do Castelo
  • Estaleiros Navais de Viana do Castelo - Filme de 1952
  • Brasil, eólica e navios militares entre os cenários de futuro dos estaleiros de Viana