Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

MAERSK AMIGA DO AMBIENTE

Exige madeira certificada no fabrico de contentores

A Maersk Line decidiu não adquirir mais contentores que utilizem madeira não certificada, como forma de minimizar o escoamento de madeira procedente de desflorestação ilegal.

De acordo com a companhia, todos os contentores que tem adquirido desde Janeiro deste ano têm pavimento feito de madeira de lei - que usa práticas florestais responsáveis - ou de materiais alternativos, como bambu e plástico reciclado.

A Maersk aceitará apenas madeira tropical certificada como legal pela resolução Forest Stewardship Council. Cerca de 64 mil contentores em linha com a nova política foram comprados pela empresa neste ano e há planos de aquisição de três milhões do messmo tipo nos próximos cinco anos.

O director de Clima e Meio Ambiente da Maersk, Jacob Sterling, afirmou que a acção visa fazer a companhia participar dos esforços pró-meio ambiente: "O desmatamento ilegal é largamente reconhecido como uma séria ameaça às florestas, às pessoas e à vida selvagem. Sentimo-nos obrigados a assegurar que a madeira que usamos nos pavimentos dos contentores vem de reflorestamentos responsáveis", enfatizou.

FONTE: CARGO