Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Royal Caribbean a crescer 20% em Portugal

Até à primeira quinzena de Maio, a Melair, representante da Royal Caribbean, vendeu cerca de 11.500 lugares, entre cruzeiros já realizados e a realizar, estando 20% acima do mesmo período de 2010.

Com este resultado a empresa está no bom caminho para ultrapassar o objectivo definido para este ano, de vender 17 mil lugares. Francisco Teixeira, director-geral da Melair, atribui o crescimento em tempo de crise económica a vários aspectos, por um lado “a maior apetência do público por este produto”, em detrimento de outros na oferta turística, factor potenciado por o preço médio dos cruzeiros ter vindo a baixar. Outra razão, a maior proximidade dos portos de partida, pelo facto de a Royal Caribbean ter colocado metade da sua frota no continente europeu.

Para lá do crescimento, as preferências dois portugueses em termos de cruzeiros mantém-se, com 65% das vendas da Royal Caribbean/Melair a destinarem-se a cruzeiros no Mediterrâneo, 15% nas Caraíbas e perto de 6% no Norte da Europa, com o restante a dividir-se pelo resto do mundo, com cruzeiros na América do Norte, Austrália, América do Sul, Dubai e outros destinos.

FONTE: TURISVER