Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.

Janela Única Logística

Notícias

PRAZO DE CANDIDATURAS TERMINA A 15 DE ABRIL

Prémio para a Bravura Excepcional no Mar

Divulgamos a comunicação do Secretário-Geral da IMO, referente ao Prémio para a Bravura Excepcional no Mar, edição de 2011. Recorde-se que a fragata portuguesa 'Corte-Real' foi, em 2010, uma das contempladas com este prémio, distinção pelo seu papel na luta contra os piratas somalis.

O galardão foi criado pela IMO em 2006 para distinguir actos individuais de "excepcional bravura" no salvamento de vidas no mar ou em prevenir danos contra o ambiente marinho.

A Corte-Real, comandada pelo capitão-de-mar-e-guerra Gonçalves Alexandre, tem uma guarnição de 192 militares - 22 oficiais, 45 sargentos e 125 praças - e esteve a operar no golfo de Ádem e na costa da Somália durante o Verão de 2010, à frente da frota naval permanente da NATO (SNMG1, sigla em inglês).

Recorde-se que o flagelo da pirataria ao largo da Somália levou a comunidade internacional, a nível colectivo (NATO, UE) ou individual (EUA, Rússia, China, Índia, Irão, Noruega ou Austrália, entre outros países) a enviar navios para a região, a fim de proteger o tráfego comercial marítimo.