Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PORTO DE SETÚBAL

Primeira transporte directo de veículos fabricados na Autoeuropa para fora da UE

O ro-ro “Atlas Highway” embarcou, no dia 4 de Fevereiro, no Terminal Roll-on Roll-off do Porto de Setúbal, a primeira carga de veículos fabricados na Autoeuropa com destino ao Porto de Toyohashi, no Japão, naquele que foi o primeiro embarque directo para o exterior da União Europeia. O navio da K-Line foi fretado pela Volkswagen Logistics, agenciado pela Navigomes e operado pela Navipor.

Tratou-se do carregamento de 382 viaturas do modelo Sharan e 11 do modelo Scirocco, previamente parqueadas no Terminal da Volkswagen Autoeuropa no Porto de Setúbal. Salienta-se que esta é a viagem de introdução do novo modelo Sharan no mercado japonês, estando a chegada prevista para o dia 5 de Março.

Até à data, os veículos com destino ao Japão, têm sido enviados via Porto de Emden, na Alemanha. A escala adicional no Porto de Setúbal justifica-se para um volume de carga superior a 300 viaturas, o que significa uma economia de custos em termos de handling, frete marítimo e tempo de transporte.

Nesta operação inédita, ficou provada a capacidade de todas as entidades intervenientes: Alfândega de Setúbal; Despachante J. H. F. Lopes; Sintax Navigomes; Navigomes; Navipor e APSS.