Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

TCL perto dos 90% da capacidade instalada

Pelo 11.º ano consecutivo, o TCL melhorou o movimento de contentores no porto de Leixões. Desde 2000, o crescimento acumulado supera os 70%.

O TCL movimentou no ano passado 482 370 TEU, superando assim o anterior máximo da concessão, fixado em 2009 nos 454 503 TEU, anunciou a empresa. O crescimento de 6,1% superou o aumento do número de contentores movimentados, que foi de 304 827 contra os 290 557 de há um ano (mais 4,9%).

Desde o início da concessão do terminal de contentores de Leixões, em meados de 2000, o movimento de contentores no porto nortenho subiu 71,5%, tendo partido de uma base de 281 258 TEU.

Com uma capacidade instalada de 550 mil TEU / ano, o TCL está agora a trabalhar a 88% do potencial nominal do terminal de contentores de Leixões, o que remete para a necessidade de ampliar as instalações do Terminal Sul.

O projecto já existe, tem vindo a ser conversado entre a concessionária e a administração portuária, mas até ao momento não é conhecido qualquer desfecho. A criação da Portaria Única de Leixões libertou espaço junto ao terminal, mas falta ainda a transferência da estação de mercadorias da CP, algo que se antevê mais problemático face aos constrangimentos orçamentais da transportadora ferroviária e da Refer.

O eventual avanço da ampliação do terminal de contentores Sul estará ainda dependente, claro, de um acordo sobre o financiamento das obras, o que, no limite, poderia levar a uma renegociação do contrato de concessão.

FONTE: TRANSPORTES & NEGÓCIOS