Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística

Notícias

AÇORES

«Cruzeiro do Canal» regressou ao mar

Depois de três meses e meio em reparações, o "Cruzeiro do Canal" recebeu o certificado de navegabilidade do IPTM.
O navio de passageiros iniciou as operações nas ilhas do triângulo a 25 de Dezembro. A Transmaçor volta, a partir de agora,a ter, de novo, dois barcos à disposição.

Nas últimas semanas, o Cruzeiro do Canal esteve a realizar testes de mar e agora já está, finalmente, operacional.
A empresa Transmaçor deixará, por isso, de efectuar as ligações com São Jorge durante a noite, como vinha fazendo nos últimos meses.

O regresso do "Cruzeiro do Canal" vem dar descanso ao Cruzeiro das Ilhas, o único barco que navegou no Triângulo desde Setembro.

A Transmaçor está, entretanto, a preparar a operação de Verão do próximo ano.

O "Expresso do Triângulo", um dos barcos rápidos da empresa, está já varado no porto da Horta, a sofrer melhoramentos, para ficar pronto a tempo da época alta.

Notícia: Ricardo Freitas, Antena 1 Açores