Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Marinha e o Instituto Superior Técnico estabelecem protocolo de cooperação para a investigação

A Marinha e o Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa celebraram recentemente um protocolo de cooperação, para os próximos cinco anos, para a colaboração em atividades de investigação.

​​​​O protocolo visa, entre outros aspetos, a colaboração em atividades de investigação e desenvolvimento nos âmbitos científicos e tecnológicos, no interesse de complementar e inovar a ciência e a pedagogia do Instituto Superior Técnico com a especialização militar da Marinha.

A Marinha e o Técnico com este protocolo procuram promover a colaboração pedagógica, científica e tecnológica nas áreas das duas especializações, bem como desenvolver trabalhos científicos e tecnológicos conjuntos.

As duas entidades reconhecem o interesse no estabelecimento de condições de cooperação tendo em vista a produção de conhecimento capaz de criar e aprofundar sinergias, quer nas áreas do ensino afetas às ciências e às engenharias, quer no âmbito específico da sua aplicação à vertente militar.​