Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Ministro do Mar visitou novo Quebra-Mar de Angeiras

O Ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos, visitou no sábado o novo Quebra-Mar de Angeiras, infraestrutura construída pela DGRM (Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos) para aumentar a segurança da navegação neste porto.
Acompanharam a visita a Secretária de Estado das Pescas Teresa Coelho, a Presidente da Camara Municipal de Matosinhos Luísa Salgueiro, a Deputada à Assembleia da República Ana Paula Vitorino, e o Diretor-Geral da DGRM José Carlos Simão.

Ricardo Serrão Santos destacou que «face às anteriores condições de acesso marítimo à zona piscatória da Praia de Angeiras, muito desfavoráveis em termos de agitação e fundos, com implicações no número de dias de inoperacionalidade para a frota ou de operacionalidade em condições de grande risco, a Obra Marítima de Abrigo da Zona Piscatória de Angeiras provou ser uma obra fundamental para os pescadores desta região».

Já o Diretor-Geral da DGRM referiu que «o novo Quebra-Mar de Angeiras é uma infraestrutura construída sobre os afloramentos rochosos existentes, o que lhe dá uma solidez superior, cujo prisma de enrocamentos ToT (todo o tamanho), está revestido por submantos e por mantos em enrocamentos selecionados e, na cabeça, protegido por blocos Antifer de 100 kN. O Quebra-Mar foi selado através de uma coroa em betão em toda a sua extensão e a sua vida útil será de 50 anos».

O novo Quebra-Mar de Angeiras representou um investimento de 4,1 milhões de euros, contando com financiamento de 75% pelo PO MAR2020, tem 448 metros de cumprimento e permite proteger os pescadores na saída e regresso da faina, através da redução do efeito da agitação marítima nas embarcações.

Esta nova infraestrutura tem uma quota de 6,8 metros ao Zero Hidrográfico em toda a sua extensão de cerca de meio quilometro e uma quota de oito metros na zona da cabeça, onde tem instalado um farolim.