Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

DGRM participou nas jornadas do projeto GUAD20 - Guadiana, Património Natural Navegável

A Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) participou nas jornadas de encerramento do “Projeto GUAD20 – Guadiana, Património Natural Navegável”, do Programa INTERREG V-A 2014-2020 Espanha-Portugal, que decorreram esta quarta-feira nas instalações do Porto de Huelva.

O Projeto GUAD20 – Guadiana, Património Natural Navegável” contemplou o estabelecimento da navegabilidade do rio Guadiana no troço Alcoutim-Pomarão, fazendo parte do conjunto de intervenções:
• O estabelecimento de um canal navegável de 30 metros de largura;
• A colocação do assinalamento marítimo;
• A construção de vários cais de acesso e de amarração das embarcações;
• E a produção das Cartas Náuticas de todo o troço internacional do Rio Guadiana entre Vila Real de Santo António e o Pomarão.
O evento de hoje contou com um painel inicial de oradores, constituído pela Presidente do Porto de Huelva, Pilar Miranda, pelo Diretor-Geral da Agência Pública de Puertos da Andaluzia, Rafael Merino López, pelo Diretor-Geral da DGRM, José Carlos Simão, e pelo Diretor-Geral do Instituto Hidrográfico, Carlos Ventura Soares.

Seguiu-se um conjunto de apresentações técnicas dos trabalhos realizados no âmbito do projeto GUAD20, nas quais se destacaram o projeto de navegabilidade e assinalamento apresentado pela DGRM e as novas Cartas Náuticas apresentadas pelo Instituto Hidrográfico.

Foram também abordados os trabalhos futuros, a desenvolver no próximo programa do INTERREG, que passam pela concretização da navegabilidade no último troço entre Pomarão e Mértola, pela realização de mais infraestruturas de acostagem e de acesso de pessoas ao Rio, e ainda, pela necessidade de uma nova intervenção ao nível da barra do Guadiana.

Deverão também ser realizados esforços para promover este ativo natural e cultural, que devem ser dinamizados com requisitos de segurança e controlo, preservando igualmente os valores ambientais, presentes em todo o vale do Guadiana.

Como mote geral das Jornadas, ficou a mensagem de que o rio Guadiana, alvo das intervenções já realizadas e futuras, será cada vez mais um motivo de união entre Portugal e Espanha e um motor para o desenvolvimento económico e criação de emprego nos municípios envolventes, designadamente pelas atividades de náuticas de recreio e de turismo.