Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

APS concessiona Porto de Recreio de Sines

A APS – Administração dos Portos de Sines e do Algarve celebrou o Contrato de Concessão do Porto de Recreio de Sines com a empresa “Mermaid Objective”, pelo prazo de 10 anos, na sequência do concurso público realizado.

Esta concessão, efetivada a partir de 1 de julho, tem por objeto principal o direito de exploração comercial do Porto de Recreio de Sines, em regime de serviço público, e implica a transmissão para a concessionária de todas as situações jurídicas atualmente na titularidade da APS relacionadas com as atividades ali desenvolvidas.

Recorde-se que em Sines está localizado o único porto de recreio da costa marítima entre Setúbal e o Algarve, sendo por isso ponto de paragem das embarcações que percorrem a costa portuguesa, contribuindo para o desenvolvimento turístico de Sines e de toda a Costa Vicentina.

Apesar da concessão, a APS irá assumir este ano todos os compromissos previstos no âmbito da candidatura do Porto de Recreio de Sines ao Programa Bandeira Azul 2021, incluindo as atividades de educação ambiental. No dia 15 de julho entre as 10h e as 18 horas, sob o tema “Recuperação de ecossistemas”, a APS e o Centro de Ciência Viva do Lousal (CCVL) realizam várias atividades com o objetivo de sensibilizar a população para a sustentabilidade e proteção do meio ambiente.


Confira a lista de atividades de educação ambiental:
Data/hora: 15 de julho de 2021 – das 10h às 18h
Local: Porto de Receio de Sines

Ainda sou do Tempo - Utilizando um jogo de tabuleiro criado pelo CCVL, será dinamizada uma atividade onde os participantes terão de explorar várias alterações morfológicas associadas a riscos geológicos. Com esta atividade pretende-se desafiar os participantes a entenderem diferentes alterações geomorfológicas, dando a conhecer o motivo dessas alterações e como poderá influenciar a dinâmica da paisagem

O que me acontece depois... Esta atividade chama a atenção para as práticas erróneas de descarte de resíduos de utilização única para o meio ambiente. Servirá para consciencializar os participantes para a utilização de produtos biodegradáveis e sustentáveis. Por outro lado, alerta para a problemática associada à poluição das águas, à eutrofização dos ecossistemas, à proteção ambiental, à consciencialização ambiental e às alternativas sustentáveis

Pegada ecológica - O objetivo desta atividade é dar a conhecer o conceito de pegada ecológica e alertar os participantes para a sua redução. No decorrer da atividade os participantes deverão indagar formas de reduzir a sua Pegada. Serão ainda discutidas dicas de como reduzir a pegada ecológica

Óleo/Água, mas afinal! Através de um modelo que simula uma descarga incorreta de óleo alimentar, os participantes terão a oportunidade de ficar a conhecer os impactes ambientais negativos consequentes das práticas incorretas de descarte de óleos usados no nosso quotidiano. Irão também ficar a conhecer as alternativas que visam a sua reciclagem e reutilização, promovendo o conceito de sustentabilidade.

Verdik – Sustentabilidade para conservar. A atividade consiste em dar a conhecer a importância das florestas para a absorção de CO2 na atmosfera, para a regulação do clima, entre outros aspetos essenciais como, a erosão dos solos e a destruição de habitats, entre outros

Algoteca - Workshop de construção de um algário, no qual se pretende desenvolver o interesse pelo conhecimento das diversas espécies de flora marinha e dunar das praias do concelho, com o objetivo de sensibilizar para a necessidade de proteger estes ecossistemas e dar a conhecer a sua utilidade no sentido ambiental