Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

APDL prolonga Trabalhos de Manutenção da Ponte Móvel de Leixões

A Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) anuncia que a Ponte Móvel do Porto de Leixões, encerrada para realização de trabalhos de manutenção, irá prolongar o período de interrupção que se iniciou a 30 de março, até que estes trabalhos se encontrem concluídos e seja garantido o bom funcionamento e a segurança de operação do equipamento.

De facto, os trabalhos de manutenção preventiva, no âmbito desta interrupção, já foram realizados e decorreram com sucesso, tendo incluído a mudança do cilindro do lado Norte/Nascente e da rótula Sul/Nascente (única que ainda não tinha sido objeto de substituição).
Não obstante os trabalhos efetuados, durante os testes finais, foi detetada uma anomalia no cilindro Norte/Poente, que obrigará à substituição de uma das suas rótulas, operação sem a qual não é possível concluir sobre a génese da patologia que impede o normal funcionamento desta infraestrutura.
Nesta conformidade, a Administração da APDL entendeu proceder de imediato à substituição daquela peça e à afinação do respetivo sistema hidráulico que aciona o funcionamento dos cilindros, na convicção de que, com esta diligência, ficará reposta a normalidade.

Tudo isto sem prejuízo do que vier a ditar o relatório do Grupo de Trabalho multidisciplinar que integra as empresas que estão na génese da construção da ponte, que ficará concluído no final do corrente mês.

Recorda-se que o Grupo de Trabalho em questão, liderado pelo INEGI, tem como missão a elaboração de diagnóstico da causa das avarias prematuras que têm vindo a ocorrer através da instrumentação e modelação provisória com simulações em computador e, com base no referido diagnóstico, a elaboração de um plano que permita, no futuro, antecipar avarias através de uma manutenção informada e planeada.

Consciente dos constrangimentos que o prolongamento da interrupção do trânsito causa na comunidade, a Administração da APDL continuará a assegurar gratuitamente o transporte de transeuntes entre Matosinhos e Leça da Palmeira, sendo o trânsito automóvel direcionado para o viaduto da A28.

O transporte entre as margens continuará assegurado por autocarros fretados pela APDL para o efeito, que vão funcionar durante 24 horas, de 10 em 10 minutos durante o dia (das 7h00 às 22h00) e de 20 em 20 minutos durante a noite (das 22h00 às 7h00).

As paragens situam-se, em Matosinhos, no acesso nascente à Ponte Móvel (junto à paragem da MARÉ) e, em Leça da Palmeira, por baixo da Ponte (junto à paragem dos STCP).
A APDL lamenta os transtornos causados por esta intervenção e agradece a compreensão da população por um período de mais três semanas.