Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

PORTO DE LISBOA LIDERA CARGA AGROALIMENTAR

Movimentação de soja atinge um milhão de toneladas

O Porto de Lisboa registou em 2020 um total de 4 656 555 toneladas (3 496 261 em descarga e 1 169 294 em carga) na movimentação de Granéis Sólidos, destacando-se entre estes os produtos destinados à produção agroalimentar, posicionando Lisboa como o porto nacional líder neste segmento.

Lídia Sequeira (na foto), Presidente do Porto de Lisboa, afirma que “durante a pandemia, este desempenho na movimentação de granéis sólidos, com impacto decisivo no abastecimento alimentar dos portugueses, revela a importância estratégica do Porto de Lisboa e a sua liderança no panorama dos portos nacionais no setor agroalimentar.”

Não obstante a ligeira quebra de 5% nos Granéis Sólidos, face ao período homólogo de 2019, algumas tipologias de granéis, no setor agroalimentar, como a cevada, o malte e a soja cresceram significativamente, com esta última a atingir valores nunca atingidos nos últimos 10 anos.

• O tráfego de Soja, à importação, verificou um incremento de 10% face a 2019, sendo o quinto melhor registo dos últimos 21 anos e o melhor da última década. A soja é importada, na sua maioria dos Brasil e Estados Unidos e tem como destino a utilização em óleo de soja para alimentação humana, farinhas e bagaços para rações de animais e produção de Biodiesel, em duas instalações localizadas no porto de Lisboa em Palença e em Alhandra.
• Destacam-se igualmente as boas prestações, na importação, na movimentação de Cevada (+33%) e, na exportação, de Malte (+125%) sendo a Cevada utilizada, na fabricação da cerveja e ainda utilizada em alimentação animal como forragem, enquanto o Malte tem como principal destino a fábrica da Central de Cervejas na Nigéria. A Cevada tem o Reino Unido e França como os países de origem.
• Em 2020 a Colza registou igualmente um crescimento de +19% face a 2019. As principais utilizações de Colza são para produção de biodiesel e de rações animais, tendo a mesma como país de origem a Ucrânia.
• O Clínquer, usado para obter cimento, foi outro dos produtos que, no segmento dos Granéis Sólidos, e na exportação, registou uma evolução positiva de +22%, sendo os seus principais destinos a Colômbia e países da costa ocidental africana.