Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Já começou a ser instalado o cabo submarino de fibra óptica que liga o Brasil a Sines

Já está em curso a ligação entre o continente sul-americano e a Europa, a partir de Fortaleza, no Brasil, até Sines, em Portugal, através do cabo submarino de fibra óptica da EllaLink.

A instalação começou a 14 de Dezembro a com a ancoragem do cabo submarino na Praia do Futuro, em Fortaleza, informou o governo do Estado do Ceará.

Os trabalhos em Fortaleza vão estender-se pelos próximos meses, prevendo-se que a partir do segundo trimestre de 2021 entre em funcionamento a operação comercial desta ligação transatlântica, que irá permitir, pela primeira vez, o tráfego de dados entre os dois continentes.

"O sistema deve reduzir a latência e melhorar o desempenho das plataformas de telecomunicações", refere a nota do estado brasileiro do Ceará.

A ligação irá proporcionar um nível de conectividade internacional "sem precedentes", conforme explicou a empresa, em comunicado.

"A chegada do cabo EllaLink resultará em melhorias para todas as plataformas de telecomunicações, bem como para os serviços na Cloud, todos os tipos de negócios digitais e ainda a indústria de gaming", detalhou a EllaLink.

O cabo submarino da EllaLink, um investimento de 170 milhões de euros com uma extensão de 10 119 quilómetros, começa em Fortaleza, no Brasil, atravessa o Atlântico e entra na Europa, por Sines, e oferece uma capacidade de transmissão de dados de 72 terabits por segundo, com baixa latência.

Fabricado pela alcatel Submarine Networks, o cabo ficará ancorado em algumas regiões do Atlântico em profundidades de até cinco quilómetros.

A empresa explica que a rede EllaLink vai "estender-se por todo o Brasil a partir da região do Ceará, conectando os pontos principais em São Paulo e Rio de Janeiro".

Já na Europa, "oferece ligações seguras a Data Centers em Lisboa, Madrid e Marselha". A EllaLink "ligará também a Madeira e Cabo Verde, tendo já em vista outros potenciais pontos de ligação com Mauritânia, Marrocos e nas Ilhas Canárias".

fonte
 

















Artigos relacionados:

  • Sines vai ficar ligado por cabo submarino a Fortaleza, no Brasil
  • D. Pedro II trouxe os cabos submarinos para o Brasil