Portos de Portugal
Viagem ao Centro do Mundo

Porto de Viana do Castelo,
Alberga o maior estaleiro do País

Porto de Leixões
Referência na Região Norte do País

Porto de Aveiro
Uma solução Intermodal competitiva

Porto da Figueira da Foz
Promotor da Economia da Região Centro

Porto de Lisboa
Atlantic Meeting Point

Porto de Setúbal
Solução Ibérica na Região de Lisboa

Porto de Sines
Porta do Atlântico

Portos da Madeira
O Paraíso dos Cruzeiros

Portos dos Açores
A sua plataforma no Atlântico

Quem Somos

A APP – Associação dos Portos de Portugal é uma Associação sem fins lucrativos constituída em 1991, com o objectivo de ser o fórum de debate e troca de informações de matérias de interesse comum para os portos e para o transporte marítimo.

Pretende-se que a APP contribua para o desenvolvimento e modernização do Sistema Portuário Nacional, assumindo uma função que esteve subjacente à sua criação: constituir-se como um espaço privilegiado de reflexão e de decisão.



Newsletter

Clique aqui para se registar na newsletter.

Clique aqui para sair da newsletter.

Janela Única Logística



Notícias

Porto de Aveiro com 31 Milhões de Orçamento para 2021

“Os desafios do Porto de Aveiro”. O tema levou a que Rotary Club de Aveiro e o Rotary Club de Ílhavo promovessem uma conferência no dia 14. A palestrante, Fátima Alves, Presidente da Administração do Porto de Aveiro, deixou claro que esta infra-estrutura tem um enorme potencial: “É um porto de futuro”.

Exemplos? Para 2021, a Administração do Porto de Aveiro (APA) tem contemplados 31 milhões de euros para o Plano de Actividades e Orçamento, sendo 26 milhões para investimentos estratégicos. Um deles passa pela infra-estruturação da Zona de Actividade Logísticas e Industriais (ZALI). A eficiência de processos e conectividade digital é outra das metas do ano que vem, explicitou a professora da Universidade de Aveiro, que preside à Administração da APA. A par da descarbonização, Fátima Alves falou também do eixo de reabilitação do património histórico do Porto de Aveiro, nomeadamente através do REVIVE – que tem como objectivo promover a requalificação e subsequente aproveitamento turístico de um conjunto de imóveis do Estado com valor arquitectónico, patrimonial, histórico e cultural –, que vai proporcionar a recuperação do Forte da Barra.

Num ano que Fátima Alves considerou muito difícil, tendo em conta o forte impacto provocado pela pandemia COVID-19, a presidente da APA enfatizou o papel determinante da Comunidade Portuária, que se “mostrou muito resiliente”. O resultado será, ao que tudo indica, que o Porto de Aveiro deverá movimentar, até ao final do corrente ano, 4,700 milhões de toneladas. “É o resultado de um porto que trabalha muito com a indústria”, justificou.

para ler na íntegra aqui